Mallu Magalhães, 15, e os novos rumos da música

Divulgação
Mallu Magalhães
1
Charles Cadé · Fortaleza, CE
1/2/2008 · 131 · 7
 

A cena britânica é uma das mais ávidas para revelar novos nomes. Faz isso até com uma certa sofreguidão, com uma ânsia desmesurada pelo novo. Com a internet, isso acabou virando uma tendência mundial. O nome da vez, no cenário independente brasileiro, é o de Mallu Magalhães. Com apenas 15 anos de idade, a jovem cantora compõe canções folk (ou rock acústico para alguns) em inglês.

O material pode ser conferido no espaço dela no MySpace. “Don’t you leave me” e “Tchubaruba” são algumas das canções. Essa última já foi escutada mais de 4 mil vezes. Mallu Magalhães tem vários shows agendados para fevereiro em São Paulo: dia 7 (no Milo Garage) e 15 e 22 (no Studio SP) de fevereiro.

Parece que a tendência cada vez mais se confirma: a música em si perde valor comercial; o artista passar a lucrar prioritariamente com shows. O que não é tão diferente de antigamente, bem verdade (a porcentagem do artista na venda de discos era ínfima). A diferença é que, muitas vezes, artistas ganhavam muito dinheiro em adiantamento para gravar álbuns. Além de muitas facilidades possibilitadas pelas gravadoras: rede de distribuição de discos consolidada, verbas infladas para gravar álbuns, esquema forte para divulgação dos trabalhos, todo o staff (assessores, relações públicas etc.) da gravadora em favor do seu trabalho entre outros.

Vale ressaltar que havia inúmeras variações de acesso a essa estrutura por parte dos artistas. Uns com mais, outros com bem menos. De qualquer forma, o cenário é bem distinto para novos nomes: militar via “faça você mesmo” pode não ser mais opção inicial mas sim o único caminho a ser seguido. Isso se você não estourar e conseguir certa visibilidade para chamar a atenção das combalidas gravadoras. E, para os menos “sortudos”, que o boca-a-boca on-line dê visibilidade ao trabalho.

compartilhe

comentários feed

+ comentar
Cintia Thome
 

Que maravilha... Mallu Magalhaes é perfeita, fui ao site.
Com certeza é sucesso garantido.
Parabens por este post e informação.

Cintia Thome · São Paulo, SP 1/2/2008 22:32
sua opinião: subir
Cintia Thome
 

No mercado de livros é isso, o autor fica com trocados...Espero que com ela, os shows e lógico que a mídia virá consolidar a carreira.

Cintia Thome · São Paulo, SP 1/2/2008 22:34
sua opinião: subir
Charles Cadé
 

Cintia, obrigado pela participação. Mallu Magalhães é nova. Então lançar um veredito sobre o sucesso ou não dela é complicado. Ainda mais no cenário musical atual, em transição.

Charles Cadé · Fortaleza, CE 16/2/2008 20:45
sua opinião: subir
[ds]
 

Se eu fosse o BobDylan a colocaria no colo (no bom sentido) pra fazer uns duos comigo. Adorei da menina tb :)

[ds] · Recife, PE 10/3/2008 20:37
sua opinião: subir
murilo silva
 

muito barulho por nada!

murilo silva · Vitória de Santo Antão, PE 22/4/2008 01:50
sua opinião: subir
Leandro F. de Paula
 

A Mallu é realmente incrível. Mas essa menina aqui tem tanto talento quanto a própria:

http://www.myspace.com/sabineholler

Recomendo.

Leandro F. de Paula · Curitiba, PR 29/4/2008 10:56
sua opinião: subir
Rodrigo Sabioni
 

adoreii

Rodrigo Sabioni · Birigui, SP 22/8/2008 14:40
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados