MarthaV é um tesão.

Daniel Duende e sua camerazinha de celular.
MarthaV no lançamento de seu primeiro disco, no Teatro Odisséia em 04/03/2007
1
Daniel Duende · Brasília, DF
12/3/2007 · 338 · 67
 

Quando vi a moça de roupa moderninha e sorriso largo, quase escondida por trás de uma enorme guitarra, corando em cima do palco quando algum de seus fãs ou amigos gritou "gostosa!" de algum lugar da platéia, decidi imediatamente, em um ato de molecagem duendesca, qual deveria ser o título desta matéria. Não estou também faltando com a verdade de forma alguma ao escolher este título. Admito que costumo ficar empolgado quando conheço um novo artista bacana, mas o show da MarthaV que assistí no domingo passado (04/03) me trouxe algo que eu precisava há algum tempo ver e sentir rolando sobre um palco e sobre uma platéia: Artistas com tesão de se apresentar, para um público com tesão de estar ali e ouvir e dançar -- tudo honesto e real. É por isso e, claro, pelas bochechinhas coradas da MarthaV sobre o palco quando a chamaram de gostosa, que o nome desta matéria não poderia ser outro.

Eu nem sabia para onde estava indo quando saí de casa. Apenas precisava desesperadamente sair, e uma amiga resolveu me socorrer me convidando para acompanhá-la ao tal Teatro Odisséia -- que eu ainda não conhecia -- para dar um rolé pelo Mercado Mistureba -- que eu também ainda não conhecia -- e assistir um show de alguém que nem eu nem ela sabíamos o nome. Talvez minha amiga seja distraída, e por isso ainda não conhecesse o trabalho da Martha. Eu, por minha vez, tenho a desculpa de ser ainda um estrangeiro nestas terras cariocas. Não é incomum para mim, de qualquer forma, ir parar em shows de bandas que nunca ouvi falar -- sou mesmo um tanto bocó de vez em quando em relação à galera nova que está surgindo -- mas fazia muito tempo que não curtia tanto um show. E pela expectativa e animação do público, parece que a pequena MarthaV já é um bocado conhecida por estas bandas cariocas. Ainda bem, pois ela me convenceu que merece a fama da qual já desfruta.

Quando, lá pelas oito e pouco da noite, ouvimos o anúncio do início do show pelos alto-falantes do Odisséia, descemos para ver, curiosos, quem era a tal MarthaV (cujo nome havíamos descoberto por conta dos cartazes vermelhos bacanas espalhados pelas paredes do lugar). Logo de cara me surpreendi com a altura do som. "Isso é bom!", pensei. Gosto muito de quem toca alto. E a moça realmente me convenceu da honestidade de suas músicas, apesar da vocação inegavelmente pop das mesmas. Não que haja a princípio algo de errado com o pop, contanto que não seja um pop desonesto. E MarthaV dançava, e MarthaV gritava, e MarthaV pulava e bagunçava as presilhas de seu cabelo, e MarthaV precisou de apenas uma música para me convencer do tesão e honestidade com que cantava. E MarthaV ganhou mais um fã.

Música após música -- e eu juro que gostaria de saber dizer-lhes o setlist na ordem em que foi executado -- MarthaV e sua banda mostraram mais do que tesão. Mostraram competência musical e intimidade com o público. O tipo de intimidade verdadeira que a gente geralmente só encontra em bandas independentes quando tocam em casa, e que é uma delícia de se ver. No intervalo entre as músicas, MarthaV batia papo com um ou outro conhecido na platéia que estava, graças a seu carisma meio tímido e às dimensões reduzidas do palco do Teatro Odisséia, bem ao seu alcance. Esta intimidade e naturalidade tornavam toda a sua apresentação ainda mais honesta e... err... "gostosa".

A empolgação de amigos, fãs antigos e novos fãs (como eu) durante o show fez parte do espetáculo. Durante os ótimos covers de Enjoy the Silence do Depeche Mode (há um vídeo deste cover, gravado em outro show, disponível no youtube) e de uma versão bacanérrima de Tempo Perdido (do Legião Urbana) ao som da melodia de Paranoid Android (do Radiohead), ou durante a execução de algumas das excelentes músicas da cantora, como Pra Quem Quiser, Dama de Plástico e Os 3 Lados (cujos videos que encontrei são, infelizmente, de outros shows), dava para sentir aquela coisa boa, preciosa, que a gente sente quando está naqueles shows que sabe que vão te acompanhar na lembrança por muito tempo.

A banda que acompanha MarthaV no palco é tão merecedora de elogios quanto ela. Mariana Davies (outra excelente artista, que eu já conhecia pelo rádio desde meus tempos de Brasília), Daniel Martins (que toca também no Benflos, no Rockz e com o Lobão), Rogério Bassani e Uirá Bueno (que "também não come carne") formam com a MarthaV um conjunto fantástico. Por falar na Mariana Davies, sua parceria com MarthaV na composição da música "Os 3 Lados" rendeu uma das canções mais bonitas que já ouvi nos últimos tempos. Tanto, que já devo tê-la ouvido umas vinte vezes enquanto escrevia esta matéria.

MarthaV já faz sucesso, mas eu sinto que ainda vai fazer muito mais. Seu jeito, sua música e as graças do público ainda podem levá-la muito longe. Isso é bom, e ela merece. Eu só espero, de tudo o coração, que o sucesso não destrua a honestidade e o tesão daquela moça que eu ví naquele domingo, pulando e se expondo tão honestamente sobre o palco. É precioso encontrar gente que faz rock-pop honesto e que dá vontade de ouvir mais e mais, não por causa de um refrão grudento, mas porque a música fala com você. É uma tristeza, por outro lado, que a maioria deles se perca nos caminhos estranhos do sucesso. Citando um amigo (que cita um sambista do qual sempre esqueço o nome), "O segredo do sucesso é saber segurar a onda". Espero que a MarthaV não se esqueça disso, e nem de quem é. De resto, desejo a ela toda a boa sorte e também um bocado de diversão. Aquele show realmente me fez muito bem. Ela merece.

Como disse por email para a Martha ontem, esta matéria já estava pronta desde a madrugada após o show, mas eu estava à espera da confirmação de algumas informações por parte de sua assessoria de imprensa antes de publicá-la. Ao não receber nenhuma resposta para meus emails, por pouco não resolvi deletar a matéria. Mas, por fim, resolvi deixar de ser escorpiano birrento e publicar a matéria mesmo assim. Fica, contudo, o toque: uma das coisas mais importantes que podem existir entre um artista e seu público é a atenção. Isso é particularmente verdade quando se trata do artista independente, que corta os intermediários e marketeiros anabolizantes, e cresce diretamente por conta do carinho e reconhecimento de seu público. O público presta atenção em você e, nada mais natural que espere receber de volta alguma atenção. Vale a pena então dar um pouco mais de atenção aos emails dos fãs, inclusive quando eles querem informações para escrever matérias sobre você e seu trabalho. Por outro lado, imagino que este tenha sido apenas um pequeno descuido do qual a Martha talvez nem tenha culpa, mas achei válido aproveitar para dar o toque que se aplica não só a ela, mas a todas as bandas e artistas, acima de tudo os independentes.

Pronto, está dada a bronca. De resto, o show e a arte de MarthaV são fantásticos. Não, mais do que isso! Como eu já disse, MarthaV, suas músicas e seu show são um tesão!


Serviço:

O site da banda com informações de contato, músicas, letras, fotos, links para vídeos de shows da banda publicados no Youtube e para outros projetos dos músicos é: http://marthav.com.br/

O post da agenda Overmundo a respeito do show tem também algumas fotos de MarthaV feitas por Bruna Peixoto e os MP3 de Pra Quem Quiser, Tema Livre, Super 8, Os 3 Lados, Clube dos 5 e Dama de Plástico.

Existe uma entrevista de MarthaV no site da WTN (Web Television Network).

vários videos de apresentações da MarthaV no Youtube. A maioria deles foi postado por Bruna Peixoto e Candy Saavedra.

Nenhum animal foi ferido durante a redação desta matéria. Nenhuma pretensão de imparcialidade ou objetividade foi utilizada durante a redação desta matéria.

O Ministério da Diversão adverte: Ser blasé não tem a menor graça.

compartilhe

comentários feed

+ comentar
Daniel Duende
 

Depois de escrever, reescrever, apagar, reescrever, reformar, remodelar, cortar, colar, descolar, reescrever, apagar, rescrever... ufa... enfim, depois de passar quase 3 dias fazendo e refazendo esta matéria, e depois de quase não publicá-la, aí está ela.

Mais do que um elogio de fã, é um experimento de gonzo-jornalismo e uma tentativa de relato pessoal da experiência que tive do show. Como estava conversando com a Gabi e com o Batone ontem, o público (nós) já está farto de relatos estéreis, assépticos, com cheiro de release e desinfetante, feitos a respeito da maioria dos shows e dos eventos de arte, independente ou não.

Esta matéria é um manifesto. Se você foi a um show e curtiu, e tem algo a elaborar sobre ele, basta chegar e contar o que viu e o que aquilo significou para você. Em tempos de auto-publicação, onde cada um pode contar a sua versão, porquê ficar preso à tentativa de imparcialidade e neutralidade? Quem quiser que conte seu outro ponto de vista, e assim nós teremos uma "conversa"!

Virei fã da MarthaV, curti o show, foi uma experiência importante para mim naquele momento, e eu quis relatar o que vi. Além disso, fiquei irritado com a falta de resposta para minhas perguntas por parte da assessoria de imprensa nomeada no site da MarthaV, e resolvi expressar isso também, até porquê isso me fez pensar na relação artista-público e outras coisas mais.

Em suma. A matéria é o que eu queria que ela fosse, e é tão honesta quanto o show que a Martha e o pessoal dela me presenteou. Espero que ela também faça sentido para vocês, e que eu tenha conseguido passar o que tentei expressar. Aqui em terras overmundanas, o que vale é experimentar...

Abraços do Verde.

Daniel Duende · Brasília, DF 9/3/2007 00:44
9 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Daniel Duende
 

Apesar de meu tom dramático-grandiloquente no comentário acima, estou totalmente aberto a sugestões e principalmente adições à matéria.

Abraços do Verde.

Daniel Duende · Brasília, DF 9/3/2007 00:53
6 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Adroaldo Bauer
 

Verde,
Não sei como acontece com os duendes, mas o parto de minha mãe para me dar à luz foi de 12 horas e a gestação de nove meses inteiros.
A vida cobra dedicação, criatividade, suor, suor, suor, suor , vez por outra, lágrimas, para as coisas boas acontecerem, como este teu artigo. Fosse eu a MarthaV, incorporava Armandinho, Hendrix, Bolan, Clapton ou Harrison, pra ficar nos do milênio passado, e fazia uma jam em agradecimento.
(E, só para ajudar, caro Verde, já que estamos aqui em edição e não o faria em outra seção. No penúltmo parágrafo, quatro esses, em assessoria: "Como disse por email para a Martha ontem, esta matéria já estava pronta desde a madrugada após o show, mas eu estava à espera da confirmação de algumas informações por parte de sua acessoria de..."
Achei bonito o estilo apaixonado delicado que nos leva a apaixonar pela moça. A crítica ainda poderia ter, se dominas, alguma informação sobre as divisões que fazem nas músicas e se são arranjos próprios as de outros autores. Por sugestão.
Vamos acompanhar a MarthaV.
Ah! Não deixe de gostar dela por não te responder de pronto. Artista adora o público, mas sempre foge de fã, no primeiro instante.

Adroaldo Bauer · Porto Alegre, RS 9/3/2007 09:53
4 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Roberto A
 

Na real ela não é um tesão e nem tão gostosa assim...

Roberto A · Cuiabá, MT 9/3/2007 11:46
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Adroaldo Bauer
 

Assim é, se lhe parece.

Adroaldo Bauer · Porto Alegre, RS 9/3/2007 12:08
6 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Daniel Duende
 

Olá meu caríssimo Adroaldo. Antes de mais nada, agradeço-te pela consideração e apreciação do texto, bem como pelo apontamento do meu pequeno deslize de escrita. Foi mesmo um trabalho de parto levar a cabo a redação e publicação deste texto, e pequenos deslizes de edição eram esperados em um texto que foi tão escrito e reescrito. Já corrigi a pequena troca de letras que você apontou.

Achei interessante (e vou me debruçar em fazer) algumas considerações a respeito dos arranjos feitos nas músicas, embora tivesse planos de fazê-lo, eventualmente, em uma eventual matéria para o guia onde me debruçaria sobre o album lançado em si. Não estou bem certo, contudo, de ter entendido do quê se tratam as "divisões que fazem nas músicas" que você zelozamente citou.

E não tenha dúvidas de que meu gosto pela MarthaV e seu trabalho não fica arranhado pelo eventual (e talvez acidental) descaso de sua assessoria de imprensa. Apenas aproveitei a matéria para usar o desabafo como um veículo para uma rápida consideração a respeito da maneira como os artistas devem dar mais atenção a seu público. Por outro lado, aproveito para destacar aqui que a Martha foi um bocado atenciosa comigo quando conversamos após o show, o que me leva a crer que talvez o deslize nem sequer tenha sido dela.

Por outro lado, também sei bem o quanto alguns fãs podem ser assustadores. Mas estes não são os que escrevem matérias ou abordam os artistas para falar sobre seu trabalho. São de outro naipe mais sórdido, acredito. :)

E quanto ao comentário do Roberto, o qual respeito com toda a apreciação que tenho pela diversidade de visões e experiências de mundo que grassam na terra, eu acho que não poderia ter respondido melhor do que o Adroaldo.

Escrevi o que me pareceu, e portanto assim é para mim. Respeito, contudo, aquilo que é para o Roberto se assim lhe parece. E assim ficamos todos, eu, Adroaldo, Roberto e Shakespeare, felizes em nossas parecências.

Abraços do Verde (que consegue fazer os mais verborrágicos comentários vez por outra....)

Daniel Duende · Brasília, DF 9/3/2007 13:23
5 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Adroaldo Bauer
 

Tchê, Verde:
Eu tenho um duende lá em casa, pequenino e marrozinho, uma lindeza de mulé.
Não se avexe, pois de inquirir, que já costumei.
É assim: Não são as divisões panzer nem as do nazista bush.
De orelha eu percebo 2x1, 2x2, 3x4 (um jazz básico), e outras que vão acrescentando elementos à pauta no mesmo espaço (tempo que é relativo mas não se dobra, senão que é o universo que o faz, assopraria Einstein).
Tem ainda a velocidade, do manhoso ao progressivo e daí ao hard. Falar disto sempre ajuda a escutar um texto numa boa crítica sobre música como a tua.

Adroaldo Bauer · Porto Alegre, RS 9/3/2007 14:11
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Adroaldo Bauer
 

Perdão ser assim tão...
É que esqueci de anexar o link da wikipédia que fala sobre o que estamos tratando:
é Tempo (Música)

Adroaldo Bauer · Porto Alegre, RS 9/3/2007 14:20
3 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Daniel Duende
 

Tchê, Adroaldo: devorei o texto que me referenciaste, que versa sobre coisas interessantes por demais. Confesso que era um total ignorante de qualquer rudimento de teoria musical antes de tal leitura, capaz apenas de aquendar ao óbvio existente aqui e alí em qualquer ciência humana. Obrigado pelas referências.

Reconheço-me, pois, um tal ignorante de tais assuntos e termos que não me meterei a versar sobre eles. Reconheço a referência cultural e estilística do Rock-Pop nas canções de MarthaV por pura identificação estilística/temática, advinda de meu arcabouço experiencial mas sem tanger de modo algum qualquer teoria. Poderia até dizer que outro ouvinte, com ouvido distinto ou distintamente treinado, poderia contestar minha aposição de rótulo musical.

Não sei, em resumo, falar sobre estas coisas. Mas a beleza de um conteúdo colaborativo é que qualquer um pode se achegar e completar meu texto com tais impressões e informações, somando à leitura/audição deste como uma guitarra se soma à base de um contrabaixo.

Espero, portanto, que este texto seja tão interessante a ponto de motivar outras pessoas, talvez até mesmo a MarthaV (que é também participante do Overmundo) a complementar as parciais e tão pessoais impressões ora apresentadas.

Trocando em miúdos: Está aberto o espaço para que outros se acheguem e falem sobre o assunto que você levantou. Isso seria bem bacana.


Abraços apertados do Verde, e, mais uma vez, obrigado pela atenção e pelo prestígio, meu amigo Adroaldo.

Daniel Duende · Brasília, DF 9/3/2007 17:31
4 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Adroaldo Bauer
 

Tem de que não. Eu também sei muito pouco sobre divisão e, tempo e contratempo, mas sei que isto é fundamental pra determinar, por exemplo, a competência técnica. Virtuosismo em música também é suor, suor, suor e um pouquinho de criatividade, que faz a diferença.
Acompanhava no mil~enio passado um dos melhores bateristas aqui do sul, que estudava no mínimo cinco horas por dia Gene Krupa. Depois fiquei sabendo que o Hendrix chegou a enfiar 100 (cem) horas diretas de estúdio pra tentar achar aquele ( ) que encaixasse em Purple Haze (parece que é essa a grafia).
Era isso que eu queria saber, porque isto também é possível fazer com voz e violão, como nos mostra o João Gilberto e o João Bosco, não querendo comparar o estilho e aqualidade dos dois.

Outra coisa: Já posso sair por aí dizendo que sou Amigo do Verde!rsrsrs
Té.

Adroaldo Bauer · Porto Alegre, RS 9/3/2007 18:10
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Daniel Duende
 

Tem razão, meu amigo Adroaldo. Pode sair por aí dizendo que é amigo do verde. hehehehe...

Aliás, no outro dia me perguntaram se o "Verde" advinha de algum posicionamento político ou ecológico. Eu respondi "mas é claro. eu sou um partidário da reflexão a respeito de todas as ecologias, inclusive a humana, a cognitiva e a da rede.". Parece que não entenderam, mas é isso aí mesmo... :D

Abraços do Verde.

P.S. podemos dizer que o Verde é a cor de todas as ecologias? Diz que sim.. diz que sim tio.. vai... deixa.... deixa! :D

Daniel Duende · Brasília, DF 9/3/2007 18:21
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Marcela Fells
 

Que lindão Dani... agora, tem q escutar neh.;

Marcela Fells · Belo Horizonte, MG 10/3/2007 22:16
4 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Daniel Duende
 

Pode escutar. As 3 músicas que coloquei são muito bacanas! A Martha falou que iria colocar mais. Vamos esperar. :)

Abraços do Verde.

Daniel Duende · Brasília, DF 10/3/2007 22:37
4 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Thiago Perpétuo
 

Grande Verde, grande matéria. No melhor estilo candango-carioca. Aliás, que fazes por estas bandas? Quanto à Martha, tesão mesmo... ouviremos falar bastante sobre esta senhorita.

Thiago Perpétuo · Brasília, DF 11/3/2007 18:26
3 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Daniel Duende
 

Mas que bom vê-lo de novo por aqui, meu amigo Thiago "o Perpétuo"! :D

Fico feliz que tenhas gostado da matéria. Ficou bem honesta, né? Foi, como eu disse, um experimento de fazer uma resenha sobre um show que falasse apenas a verdade da experiência, sem considerações ou elaborações artificiais.

Não apenas faço votos, mas também sinto que ainda ouviremos falar um bocado de MarthaV.


Abraços do Verde.

Daniel Duende · Brasília, DF 11/3/2007 20:02
3 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Ana Cullen
 

Delícia de matéria! Lembrei de você me mandando ouvir a banda pelo orkut e depois me mandando as músicas pq sabia que eu iria acabar enrolando ou não indo atrás!!! Valeu a pena! Eu gostei muito mesmo...
O texto ficou assim... bem você, sincero e intenso!
Roubando a metáfora do Adroaldo, o parto foi longo e dolorido, mas o filho vale!
Só os comentários verborrágicos seus que eu não tive paciência de ler, paciência tem limite né? Risos...
Ah! Oi Thiago, tá de volta? Êba! Dá uma olhada na Agenda de Brasília aqui do Overmundo... agora ainda estão na edição...
Abraços!

Ana Cullen · Brasília, DF 12/3/2007 12:11
3 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Daniel Duende
 

Hahahhaaha... sabia que vc iria reconhecer meu estilo particular (do qual eu já tinha saudades) nesta matéria. Sabia também que iria valer a pena a insistência para que você ouvisse o som da MarthaV :)
Obrigado pelos elogios, Aninha :D

O parto desta matéria foi mesmo dolorido. Mas agora que a dor passou, fica só a filha bonita. :D

E não se preocupe com as verborragias Duende-Adroaldo. Acho que só faz mesmo sentido para nossas cabeças amalucadas. O resumo da ópera é: Se alguém tiver algo a adicionar à matéria, basta deixar sua adição nos comentários...


Beijos do Verde.

Daniel Duende · Brasília, DF 12/3/2007 12:20
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Daniel Duende
 

Em tempo... PARABÉNS pela trabalhosa e fabulosa publicação de quase tudo que vai acontecer de interessante em Brasília lá na agenda! Você é FODA, Aninha!

Abração do Verde.

Daniel Duende · Brasília, DF 12/3/2007 12:23
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Henrique Araújo - Grupo TR.E.M.A
 

Votei logo porque, convenhamos, a foto da marta é muitíssimo mais agradável do que a do Marçal Aquino – que já tava me cansando...

Brincadeiras à parte, texto legal. Bem melhor o manifesto do duende, que se segue ao texto propriamente dito. Assino embaixo. Deixemos os relatos que não fedem nem cheiram para os cadernos de cultura dos jornais que nos pagam – e mal – o almoço e a janta. Mais a cerveja nos fins de semana...

Abraços ao verde!

Henrique Araújo - Grupo TR.E.M.A · Fortaleza, CE 12/3/2007 12:28
3 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Daniel Duende
 

Antes de mais nada, adorei o motivo inicial do seu voto. Eu também acho que a foto Martha é bem mais agradável que a do Marçal (nada contra o Marçal, e com toda a modéstia pela autoria da foto à parte... hehehehe)

Fico feliz que tenha gostado da matéria e do breve manifesto pelo cheiro, gosto, cor e humanidade das resenhas sobre eventos culturais. A flavorização neutra do jornalismo cultural cansa e desinteressa. Se a arte é feita de paixão e expressão, assim também deve ser o jornalismo que a divulga e transmite sua experiência...

Abraços ao Henrique (do Verde)

Daniel Duende · Brasília, DF 12/3/2007 13:06
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Higor Assis
 

Caro amigo Duende.

Gostei muito do seu texto e seu confessionário. Acredito que temas como estes e pendem ao ouvinte ou telespectador á ter de posicionar um lado é algo árduo e encorajador e que poucos tem a lúcidez e honradez de fazer isso e você ousou e fez.

Parabéns, tenho a mesma ousadia e as vezes sou agulhado por isso... e até por aqui no Overmundo acontece isso.

Higor Assis · São Paulo, SP 12/3/2007 16:36
4 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Daniel Duende
 

Antes de mais nada, agradeço-te pelos elogios, amigo Higor. Fico feliz também em partilhar contigo o saber de como é difícil apresentar e sustentar posições em meio à sopa de esterilidade e neutralidade que afoga tantos pensadores e pretensos pensadores.

Reitero que não acredito na neutralidade jornalística, nem na neutralidade intelectual... tanto menos na neutralidade artística. Todos tem um lugar e uma posição, tanto o artista que se apresenta quanto a pessoa do público que experiencia a apresentação. Penso, então, que seia o óbvio que só se falasse de arte e artistas em termos da paixão e da experiência. Insólita é a tentativa de se falar de forma imparcial e neutra sobre aquilo que carece de qualquer neutralidade...

Sempre haverá quem se incomode com aquele que fala e se posiciona. Ouvir opiniões não apenas nos força a nos posicionarmos, como também nos aponta por vezes nossa falta de opinião. Não é fácil falar o que se pensa, pois há sempre tantos que não tem coragem e se ressentem de tal ousadia...

Me importa pouco então se concordam ou discordam de mim. Quero apenas falar e ouvir quem tem algo a dizer. Seja aqui no Overmundo, ou em qualquer outro lugar, eu só busco a humanidade. Já me basta a absoluta falta de opinião do meu computador, e esta é a única que me serve, pois eu detestaria ouvir o que ele tem a dizer sobre minha prosa torta... :D


Abraços do Verde.

Daniel Duende · Brasília, DF 12/3/2007 16:50
4 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Ana Cullen
 

:o)
Valeu Dani! Foi trabalhosa mas valeu a pena! Viu quanta coisa legal prá fazer, ver e ouvir? POr falar nisso, quando você vem nos visitar? Programa é o que não falta!
Abraços!

Ana Cullen · Brasília, DF 12/3/2007 17:05
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Daniel Duende
 

Eu bem sei como é trabalhoso transcrever a agenda de uma cidade como Brasília para a Agenda Overmundo, mas alguém (ou alguéns) deve(m) fazê-lo. Fico admirado com sua competência e iniciativa, Aninha. Queria que mais colaboradores pelo Brasil afora tivessem tal diligência...

Não sei quando vou, mas bem sei que programa não falta em Brasília (como dizem as más línguas). O que nos cabe agora é mostrar que em qualquer canto deste Brasilzão, ou de todos os Brasilzões que existem neste Hy-Brasil, existem sempre dezenas de coisas maravilhosas para se fazer!

E viva a diversidade! :D


Abraços do Verde.

Daniel Duende · Brasília, DF 12/3/2007 17:08
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Ana Cullen
 

Sempre tem!!! E se não tiver, que façamos também não é mesmo?
E viva!
Abraços!

Ana Cullen · Brasília, DF 12/3/2007 17:12
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Daniel Duende
 

Isso mesmo. Onde dois ou mais imaginários se reunirem em nome da arte, da beleza, da amizade e da diversão.... lá estarão os Deuses da Arte e da Beleza :)

Abraços apertados do Verde.

Daniel Duende · Brasília, DF 12/3/2007 17:27
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
André Gonçalves
 

pelo site eu a achei um tesão sim.
vou atrás de ouvir a moça.
boa matéria.

André Gonçalves · Teresina, PI 12/3/2007 17:45
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Daniel Duende
 

Obrigado pelos elogios, André.
Espero que curta o trabalho da MarthaV, assim como eu, logo na primeira audição.

Abraços do Verde.

Daniel Duende · Brasília, DF 12/3/2007 17:56
5 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Nivaldo Lemos
 

E eu que não acreditava em duendes....Beleza de matéria. Dá vontade da gente levar a Martha V pra casa só pra ficar ouvindo ela cantar dia após dia no ouvido da gente. Aliás, obrigado, Duende, por me fazer conhecer o talento da moça, que eu, aqui no Rio, estupidamente desconhecia. Obrigado e, mais uma vez, parabéns pela bela matéria.

Nivaldo Lemos · Rio de Janeiro, RJ 12/3/2007 19:17
6 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Daniel Duende
 

Olá meu caro cara Nivaldo. Fico feliz que tenhas gostado desta matéria (que, como você pode ver pelo número de vezes que eu já falei que "fiquei feliz", me deu um bocado de felicidade... heeheh).

Você captou o sentimento. Próximo disso, o primeiro album da MarthaV (do qual o show foi o evento de lançamento) não saiu do meu cd-player desde que voltei daquele show. Dá mesmo vontade de ter uma MarthaV particular, só pra ficar cantando no ouvido... :D

E que bom que gostou do trabalho da moça. Se ainda não conhecia, sempre é tempo para começar a acompanhar a prestigiar a Martha e sua banda, que são merecedores de toda a atenção que tem e terão.

Te agradeço novamente pelos elogios e pelas palavras adoráveis e sagazes.

Abraços do Verde.

Daniel Duende · Brasília, DF 12/3/2007 20:46
3 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
markinho
 

oi duende beleza de texto super sincero e amartav ouvir e gostei vou esperar as outras musicas.
veleu!

markinho · São Luís, MA 12/3/2007 20:50
3 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Daniel Duende
 

Que bom que curtiu, Markinho.
Valeu pelos elogios.

Quando as outras músicas forem publicadas, provavelmente vai ter um aviso por aqui. Basta acompanhar este papo e você ficará sabendo.


Abraços do Verde.

Daniel Duende · Brasília, DF 12/3/2007 20:52
4 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
MarthaV
 

Querido DanielVerde,

Estou aqui respondendo ao seu e-mail... tá ficando cada vez MAIOR!! É melhor a gente se "falar" por MSN!! ;)) Senão, um dia acabo derrentendo nesse calor e não conseguirei mais responder a resposta da resposta da resposta resposta da resposta resposta da resposta resposta da resposta resposta da resposta resposta da resposta resposta da resposta resposta da resposta resposta da resposta resposta da resposta resposta da resposta resposta da resposta resposta da resposta resposta da resposta resposta da resposta resposta da resposta resposta da resposta (que bom que existe o CTRL + C e CTRL + V) resposta da resposta resposta da resposta resposta da resposta resposta da resposta resposta da resposta resposta da resposta resposta da resposta resposta da resposta................ CHEGA!!!!!!!!!!! ;)

MarthaV · Rio de Janeiro, RJ 12/3/2007 21:14
9 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Daniel Duende
 

Hahahaahahahahha...

Tá certo. Já te mandei o meu endereço de ême ésse êne por email...
Me manda a parte do email que vc já respondeu, de qualquer forma, pq eu fiquei curioso :)

Agora, vc viu como o pessoal curtiu seu trampo? Olha quanto comentário bacana! Agora basta colocar mais umas músicas lá no Banco de Cultura para saciar a vontade do pessoal de conhecer mais do seu trabalho (e para que o material possa, inclusive, figurar na programação futura da Rádio Overmundo).

E deixa eu perguntar logo por aqui... quando é o seu próximo show?


Abração do Verde procê, dona V :D

Daniel Duende · Brasília, DF 12/3/2007 21:26
3 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Adroaldo Bauer
 

E além de não precisar ,mais duvidar que Duende Verde existe, tem de quebra a prova concreta,
provada e comprovada,
de que a própria MartaV não é figura de palavra ou coisa da imaginação acelerada,
MartaV existe e dá resposta à resposta, à resposta, à resposta,
Que, se dividir bem, dá um hardrock ou samba de partido alto.

Adroaldo Bauer · Porto Alegre, RS 12/3/2007 21:26
3 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
coelhuu
 

Cara, fui eu que gritei "gostosa" na platéia...

Duas vezes.

E não me arrependo.

NUNCA.

HAHA!

coelhuu · Rio de Janeiro, RJ 12/3/2007 22:10
5 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Daniel Duende
 

Hahahahahahahahh...

Eu te agradeço, meu rapaz. Além de falar a verdade, ainda me deu um bom começo pra matéria. Esse coelho é um santo homem, hehehehe! :D

Abraços do Verde.

Daniel Duende · Brasília, DF 12/3/2007 22:12
3 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
coelhuu
 

Esqueci de comentar...

Gritei por vários motivos, como:

- Martha canta pra kct!
- Martha é uma grandeee pessoa
- Martha SEMPRE fica vermelha!!!! AHAHHA!!!

coelhuu · Rio de Janeiro, RJ 12/3/2007 22:16
3 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
coelhuu
 

Ahhhhhhhhhhhhhhh...

- Martha é, de fato, GOSTOSA!!!

uooooouuuuuuu...

coelhuu · Rio de Janeiro, RJ 12/3/2007 22:17
3 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Daniel Duende
 

- concordo
- concordo
- parece que vc tá certo (ela tb fica vermelha no vídeo em que vc chama ela de gostosa), logo... concordo. :)
hahaahahaha

abraço do verde. :)

Daniel Duende · Brasília, DF 12/3/2007 22:18
3 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Daniel Duende
 

Exatamente, meu caro cara. Vc acha que o nome da matéria é à toa? hhehehehe :D

Martha vai virar séquis simbôu :D

Abraços do Verde.

Daniel Duende · Brasília, DF 12/3/2007 22:20
3 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Adroaldo Bauer
 

Juro que será a última vez (hoje), mas se perde um amigo e não se perde uma... chance, não é mesmo?
Não foi pra essa moça que os Beatles fizeram aquela
Marta my dear,
so let'spend my days in conversation please,
Marta my love
Don't forget me
...
brincadeira tem hora, perdão.
Boa noite.
Té;
Fuiiiiiii

Adroaldo Bauer · Porto Alegre, RS 12/3/2007 22:28
4 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Daniel Duende
 

Hahahahahahaha... EXCELENTE REFERÊNCIA, meu caro cara. Até porquê a Martha é fã confessa dos 4 de Liverpool :D

Adroaldo, você é ótimo, cara! :D

Abração do Verde.

Daniel Duende · Brasília, DF 12/3/2007 22:49
3 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
MarthaV
 

Hahahahah!!!! "séquis simbôu"!!! Nunca imaginei isso!!! Em tempos de colégio eu era só a "Martha Palhaça"...

Daniel Coelho é um dos motivos dos meus shows sempre serem regados de energia boa, bom humor... Valeu, Dani!! Vc tb é gostoso!! De verdade!! Já te disso isso? Bom, deixa isso prum e-mail particular (rs).

É, Adroaldo!! Eu existo!!! Em foto e letra! ;) Eu acho que eu tb agora acredito em Duendes!

Na verdade, eu já desconfiava... era vc quem visitava meu irmão aqui à noite no escuro, o fazendo chorar e, automaticamente, me fazendo tb chorar de medo, por ver duendes andando pelo quarto dele, Verde? ... vc e seus amigos... Acabou que eu nunca vi nada... mas meu irmão, tadinho...

Hahahahah!!! Vc acertou, caro Adroaldo! O Paul fez pra mim essa música, quando em outra vida eu era uma "cã"! ;) Eu amo o Paul....

Falar de Beatles sempre acaba soando meio lugar comum... mas não me importo... a verdade é que esses caras fizeram parte da minha infância, msm sendo nos anos 80. Graças à uma coleção de discos de vinil da Cultura Inglesa que pertenciam ao meu pai (agora são meus, msm que eu não escute mais vinil). Em cada capa de cada disco, havia o nome das músicas... e percebi que em cada capa havia duas ou três bolinhas marcadas com pilot... e eu pensava: "O que é isso?!" Fiquei curiosíssima...! Daí foi a grata surpresa de ouvir melodias lindas, com vozes se cruzando, feitas umas pra outras.... Realmente ali eu percebi o que é música...

Acho a escrita genial... Eu adoro escutar músicas/letras que tenham algo a dizer.. mas melodia... ahhh... melodia é tudo!!

O doido é q eu me amarro em experimentalismo... curto música eletrônica, oriental... Curto um Kraftwerk, Bjork.... e o meu instrumento predileto é bateria... mas então...: Junta TUDO! Tudo é música!! Ritmo, Letra Timbre e Melodia... MÚSICA... Ai, essa foi minha declaração de amor à música (percebam: música = beatles).

Quero mandar um beijo e agradecer a todos que estão participando deste "quase-chat". Li comentários que adorei!

Demorei pra "dizer que existo" e fiquei aqui quietinha, só observando, pra que todos ficassem à vontade pra dizer o que pensam de verdade... Msm que seja uma frase sobre a estética da MarthaV enquanto mulher... rs...

Quero agradecer, e já agradeci através de um longo e-mail, a meu caro Daniel Verde por este texto tão sincero e tão "combustível" pra mim!

Não é à toa que NÃO fico só trancada aqui no meu quarto fazendo música... não é à toa que me exponho num palco...

Música = Gente.

MarthaV · Rio de Janeiro, RJ 13/3/2007 00:34
8 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Carine Roos
 

Adorei a matéria, gosto da forma como escreve, só tiraria talvez um pouco a extensãoe e algumas palavras repetidas =)
Vc sabe q vc pode né verde? Vc é foda!
Bjão!

Carine Roos · Brasília, DF 13/3/2007 00:51
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Thiago Paulino
 

Caro Duende..

Legal o texto e enfoque gonzo. Acho que com um nível de texto desse vc poderia até evoluir para Duende Maduro (arf..trocadilho infame..a la Ari Toledo). Que isso sirva de estímulo para os overmanos e overmanas postarem aqui suas idas e percepções de um show bacana.

Valeria até a sugestão de uma pauta coletiva tipo "o melhor show que eu fui recentemente". Como estou em meio a um calabouço de estudos, ficarei atento a minha próxima fulga em que irei apreciar alguma sonridade interessante para em seguida postar algo.

Ah muito legal também o som da MartaV será q ela têm previsões para alguma apresentação para as bandas do nordeste (Aracaju ou Recife, mas especificamente)?

Abraços.

Thiago Paulino · Aracaju, SE 13/3/2007 01:17
3 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Francinne Amarante
 

eh Duende, sempre com sinal verde...coisa feia...coisa boa!
boa matéria, gostei, vou procurar saber sobre a 'boa moça boa'.
Eh adorei a advertência, digo algo perecido e ninguém liga :(
rsss, mentira..alguns dos nossos ligam sim.
bela moça, bela matéria, PARABÉNS VERDINHO!
beijão
Fran

Francinne Amarante · Brasília, DF 13/3/2007 01:52
4 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Francinne Amarante
 

MARTHA V:
parabéns pelo seu trabalho!
beijão
Fran

Francinne Amarante · Brasília, DF 13/3/2007 01:56
3 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
André Gonçalves
 

Martha Palhaça, agora Matha Tesão.
Gostei do site, gostei das fotos, mas ainda nao consegui ouvir, pode, isso?
Mas sei que vou gostar.
Aliás, vou ali falar diretamente com a Martha V.

André Gonçalves · Teresina, PI 13/3/2007 08:33
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Roberta Tum
 

Oi Daniel! Gostei!
Tesão é uma questão de atitude. E ela tem de sobra!
Abço!

Roberta Tum · Palmas, TO 13/3/2007 11:46
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Daniel Duende
 

Hey Poocah Roos! Obrigado pelos elogios, ruivinha! :D
Algumas das repetições de palavras são estilísticas. Outras, são para seduzir o Google. Todos os movimentos são friamente calculados (cof... cof... cof...).
heheheheheh

Alô Thiago Paulino! Obrigado pelos elogios também, cara! Eu também gostaria de ver esta matéria estimulando, mesmo que só um pouquinho, as pessoas a fazerem relatos de suas experiências não apenas em shows... mas em quaisquer tipos de eventos culturais dos quais participem. Vários overcolegas já o fazem, mas há sempre espaço para mais... muito mais... aqui neste overmundão. :D

Olá Fran! Que bom que você também gostou. Acho mesmo a advertência bem importante, e a reitero sempre que posso. Mas assim como ao poder, não é exatamente a fama que corrompe... mas a vontade de ganhar mais dela, ou o medo de perdê-la... ou será que não?

Alô André, que bom que você também gostou. Obrigado pelos elogios.

Hey Roberta, concordo com você. :D

Abraços apertados do Verde a todos :D

Daniel Duende · Brasília, DF 13/3/2007 13:15
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Juliaura
 

Eu entendo essa coisa de gostar dos Beatles hoje. É como aqueles fantasmas bons que ficam rondando nossas janelas de quarto escuro ás madrugadas. Eles não fazem bu. ficam só espiando pra ver se a colcha desliza e nos pegam...
Não era isso que eu queria dizer, mas já disse.
o certo é que em outras vidas eu não sei, mas sequer pensávamos em que os Beatles pudessem estar existindo e compondo pra ti Marta (se valendo do que Paul dizia para a cachorrinha dele) e para mim, o Lennon, em Julia (me confundindo com a mãe dele, ou lá fosse em quem estivese pensando; so i sing a song of love, for Julia).
Êta tempo bom aquele em que a gente nem tinha nascido.
(Puta merda! Gostei dessa.)
Ê mundão, esse nosso, em que estamos ainda vivos.
Viva nóis!.
Viva a MartaV! e o DuendeV!,
que mandaram .

Juliaura · Porto Alegre, RS 13/3/2007 15:13
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Juliaura
 

Só pra deixar registrado: é diferente do verso do Chico: no tempo da maldade, a gente nem tinha nascido.o que fiz não foi deixar de querer estar lá, mas sentir saudade, se pode?, de lá não ter estado.
Grata pela paciência e compreensão.

Juliaura · Porto Alegre, RS 13/3/2007 15:20
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Nivaldo Lemos
 

Lembrei! A sonoridade de MarthaV me lembra a de dois grupos maravilhosos: Os Mutantes e O Terço. Duas referências de peso na música brasileira. Estou enganado?

Nivaldo Lemos · Rio de Janeiro, RJ 13/3/2007 15:52
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Francinne Amarante
 

concordo! ser afetado, tenha dó..
beijão
Fran

Francinne Amarante · Brasília, DF 13/3/2007 16:26
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Gilberto G. Pereira
 

Já disseram tudo. Quer dizer, já ultrapassaram a fronteira daquilo que eu poderia dizer. Não tenho palavras. Bravo!

Gilberto G. Pereira · São Paulo, SP 13/3/2007 18:16
3 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Milene Pimentel
 

olha ela aíiiiiiiiiiiii

foi ótimo nosso domingo dudu

aiaiaiia
eu preciso de mais tempo pra isso aqui!!!!!!

um pc please!

beijos

Milene Pimentel · Rio de Janeiro, RJ 13/3/2007 18:34
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Edna Queiroz
 

Cada vez me encanta a descoberta casual do Overmundo. Isso aqui tá bom demais.
Daniel, obrigada por revelar a MarthaV e seu show fantástico pra gente e de uma forma cativante e linda - que texto! Valeu todo o esforço de lapidação. O resultado: a jóia preciosa que irradia brilho e cativa a tantos que tiverem o privilégio de por aqui passar. Parabéns! E foi casual a sua ida ao espetáculo...
Aí reside a nobreza de exteriorizar o belo, independente de estratégias ou de pesquisas midiáticas, as quais, muitas vezes, vitimam grandes talentos dando lugar a certos modismos, e até mesmo lixos - desde que tenham a chance da conversão em reais.

MarthaV, parabéns pelo show. Espero ter a oportunidade de assisti-la ao vivo. Pode colocar o meu email em sua mala direta. Envolvida nos meus projetos, estou um tanto alienada do que rola na cidade. E moro tão perto!

Pessoal, estou curtindo muito os comentários. É como assistir um debate após um espetáculo.


Edna Queiroz · Rio de Janeiro, RJ 13/3/2007 20:05
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
MarthaV
 

Galera, obrigada pela força!!! ;) Demais ler os comentários!

O curioso é que conheço bem pouco de Mutantes e O Terço. ;) Que interessante isso!

Estou postando músicas do disco no meu perfil pra quem quiser baixar. E pra quem quer adquirir o cd (com lincença pra uma propaganda) pode entrar em contato que eu mando pelo correio pro Brasil todo e até pro Japão! ;)

contato@marthav.com.br

Bjs!

MarthaV · Rio de Janeiro, RJ 14/3/2007 02:49
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Daniel Duende
 

Olá pessoal! :)

As músicas endereços das músicas estão aqui:
- Os 3 Lados
- Tema Livre
- Código de Barras
- Pra quem quiser


Abraços do Verde.

Daniel Duende · Brasília, DF 14/3/2007 10:46
sua opinião: subir
Daniel Duende
 

A propósito... tem matéria sobre o Mercado Mistureba e sobre este show de MarthaV lá no Youtube.

Tá aqui:
http://www.youtube.com/watch?v=jhG2Nj88pYg

Abraços do Verde.

Daniel Duende · Brasília, DF 14/3/2007 11:03
sua opinião: subir
Daniel Duende
 

Tem também um industrial mix da música "Dama de Plástico", de MarthaV, lá no Myspace da Martha.

http://myspace.com/marthavbr

Abraços do Verde (de novo)

Daniel Duende · Brasília, DF 14/3/2007 11:07
sua opinião: subir
Daniel Duende
 

Correção... o link para a música Tema Livre é:
http://www.overmundo.com.br/banco/tema-livre

Falha do Duende. :D

Daniel Duende · Brasília, DF 14/3/2007 22:18
sua opinião: subir
Leandróide
 

Duende, quando crescer quero escrever como você. :)

Parabéns a ambos, redator e artista. Adorei as canções Marta.

Forte abraço.

Leandróide · Florianópolis, SC 15/3/2007 11:21
sua opinião: subir
Daniel Duende
 

Meu caríssimo Leandróide... nem tenho palavras pra agradecer tal elogio. Espero que escrevas muito melhor do que eu quando te considerares crescido (pois estamos sempre crescendo, afinal). Tenho ainda tanto a aprender...

E a Martha merece mesmo os elogios...

Um abraço apertado do Verde.

Daniel Duende · Brasília, DF 15/3/2007 11:35
sua opinião: subir
MarthaV
 

Olá!!

Meu cd está à venda no Submarino.com (Link Direto: http://www.submarino.com.br/cds_productdetails.asp?Query=ProductPage&ProdTypeId=2&ProdId=1938991&ST=SR) mas eu tb mando pelo correio por R$ 17,45 (taxa do correio incluída para todo o Brasil).

É só mandar um e-mail para contato@marthav.com.br que explico direitinho como proceder.

Ouçam tb Mariana Davies!!! Ela gravou 90% das guitarras do meu disco, é uma cantora e compositora talentosíssima!!!

Eu "recomeindo"!!! ;)

Link de venda do cd de Miss Davies no Submarino.Com:
http://www.submarino.com.br/cds_productdetails.asp?Query=ProductPage&ProdTypeId=2&ProdId=246475&ST=SR

MarthaV · Rio de Janeiro, RJ 15/6/2007 15:01
sua opinião: subir
Juliaura
 

Assim gente,
Bola picando na área:
O livro do Adroaldo Bauer, que eu apresentei em entrevista aqui e publiquei umas materinhas do lançamento e da venda, que chama O dia do descanso de Deus, tá sendo enviado pelo Correio, a R$ 20,00, com frete incluído para qualquer lugar do país.
É só mandar um e-mail para adroaldo.rs@terra.com.br e estabelecer com ele as formas de pagar e receber.
Té.
Goooollllllll!

Juliaura · Porto Alegre, RS 15/6/2007 16:21
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

imagens clique para ampliar

MarthaV e Daniel Martins, no palco do Odisséia em 04/03/2007. zoom
MarthaV e Daniel Martins, no palco do Odisséia em 04/03/2007.
MarthaV e, ao fundo, Uirá Bueno. No palco do Teatro Odisséia, em 04/03/2007. zoom
MarthaV e, ao fundo, Uirá Bueno. No palco do Teatro Odisséia, em 04/03/2007.
MarthaV e seu róque, no palco do Odisséia em 04/03/2007 zoom
MarthaV e seu róque, no palco do Odisséia em 04/03/2007
Guitarras, cabos, caixas e corpos. zoom
Guitarras, cabos, caixas e corpos.
Folheto do show de lançamento do primeiro álbum de MarthaV zoom
Folheto do show de lançamento do primeiro álbum de MarthaV
MarthaV por Bruna Peixoto, que fez uma ótima exposição de fotos no dia do show. zoom
MarthaV por Bruna Peixoto, que fez uma ótima exposição de fotos no dia do show.

áudio

Clube dos 5

Instale o Flash Player para ver o player.

Pra quem quiser

Instale o Flash Player para ver o player.

Os 3 lados

Instale o Flash Player para ver o player.

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados