Memória. Um romance escrito ao vivo

Phelipe Janning
Autor conta como foi escrever um livro diante de um público de 14 mil pessoas
1
Phelipe Janning · Florianópolis, SC
12/11/2008 · 332 · 41
 

Os anjos de Badaró, lançado em 2000 pela editora Objetiva foi uma verdadeira façanha do escritor mineiro Mario Prata, 62 anos, que há sete anos mora na Ilha. A novela policial pós-eletrônica foi escrita ao vivo, pela internet. Durante seis meses, conectado ao portal Terra e acompanhado por uma webcam, Prata escreveu a novela e foi acompanhado por mais de 14 mil pessoas diariamente, projeto inédito e que não voltou a se repetir no país.

A idéia do livro veio a partir da curiosidade que os leitores tinham em produzir um romance, ou mesmo, uma obra literária. Durante o processo, letra por letra, palavra por palavra, era transmitida ao vivo para todos os expectadores que permaneciam online durante as sete horas que o escritor dedicava diariamente, das 17 às 24h.

O projeto contou com alta tecnologia, além do monitor normal onde escrevia, tinha outras três máquinas com respectivos monitores. Um para acompanhar como o leitor estava recebendo o material, outro com o ibope, que mostrava a quantidade de pessoas incluindo o país de origem. O quarto ficava por conta do chat, onde os leitores publicavam suas opiniões, reações e sugestões para o romance, tudo em tempo real.

O "Big Brother" da literatura teve tanta repercussão que o autor chegou a dar entrevistas (online é claro) para jornais como o El País e o El Mundo, de Madri, Espanha. Relembra com risadas da foto que saiu no El País, com as pessoas presentes na redação do jornal, observando o escritor diante do monitor que projetava a sua imagem durante a entrevista.

As influências eram constantes, ele sempre preparava uma espécie de guia com as ações dos personagens para cada capítulo. Pelos altos da página 100, anunciou que iria "matar" algum personagem do romance. "Os comentários no chat foram bombásticos, eles ditavam quem poderia ou não morrer."

O autor confessa que o livro teria sido um pouco mais violento se fosse escrito "sozinho", no modo tradicional. "Havia uma história de amor e eles torciam por isso. Mas eu utilizei mais das referências que eles me traziam, como certa vez a dos internautas brasileiros que moravam na França, ouviam B.B. King e bebiam vinho."

Literatura na internet

Após a fantástica experiência, Prata revela que jamais repetiria a façanha. "Antes eu achava que a internet era coisa de literatura, hoje acho que é o contrário, é preciso encontrar os grandes escritores e autores de blogs, por exemplo, e trazê-los para os livros."

Para ele, a língua portuguesa vem ganhando muito com a internet. "Mesmo com as pessoas escrevendo errado, quando estão na frente do computador ou elas estão lendo ou escrevendo. Nunca a nossa língua foi tão praticada", ressalta

Saiba mais sobre o autor:
www.marioprataonline.com.br

Texto publicado no Jornal Notícias do Dia, em 22 de agosto de 2008

compartilhe

comentários feed

+ comentar
Stella Tuttolomondo
 

Nossa, fui a primeira a chegara por aqui... que honra! Sensacional! Votado com muito gosto!

Adoro essas experiências, é muito interessante pensar nas possibilidades que a internet nos trouxe como ferramenta. Imaginar essa interferência pode refletir no nosso modo de ser na vida é muito instigante. Imagina? Escrever um livro deve ser algo extremante solitário. Não desse modo. Phelipe, gostei muito mesmo! Parabéns pela divulgação!

Stella Tuttolomondo · Rio de Janeiro, RJ 11/11/2008 00:53
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Marcela Ximenes
 

A internet é uma ferramenta e tanto para a divulgação de literatura, arte, informações...mas os impressos...hummm...são maravilhosos. Foi pela internet (hoje, 11/11) que fiquei sabendo dessa experiência do Mario Prata. Muito interessante, melhor ainda ele dizer que lugar bom para autor é o livro.
Abraço, Phelipe

Marcela Ximenes · Porto Velho, RO 12/11/2008 00:03
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Rodrigo Teixeira
 

sensacional... e o que o Prata disse em relação as pessoas praticarem a leitura e também escreverem quando em conato com o computador é algo muito bom de se pensar. Também acho que é uma ferramenta para resgatar escritores e leitores para o livro tradicional.
Votado.

Rodrigo Teixeira · Campo Grande, MS 12/11/2008 04:34
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
EdimoGinot
 

Fascinante e deve ter sido extremamente desgastante para o Mario Prata.
Mas acho que traz mais dividendos do que perdas.

Um abraço

EdimoGinot · Curitiba, PR 12/11/2008 09:33
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
celina vasques
 

Excelente!
meu carinho pra ti!
Beijo no coração!

celina vasques · Manaus, AM 12/11/2008 09:33
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Ivan Cezar
 

Interessante essa dos tres monitores - uma espécie de "auditoria" em tempo real . Auditar letras , hein ... Que tal ??
Muito interessante
votado

Ivan Cezar · São Sepé, RS 12/11/2008 09:35
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
José Cycero
 

Legal, penso que a Internet será boa ou ruim conforme a direção e a utilidade que faremos dela. Ela, afial não existe por si mesma, dependerá sempre da inteligência dos homens(e mulheres), graças a Deus. Parabéns pela iniciativa. Voto!!

José Cycero · Aurora, CE 12/11/2008 09:54
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Max Reinert
 

Opa!!!
Que experiência interessante!
E realmente, concordo que o lugar dos bons autores são os livros... mas bons autores...porque tem tanta coisa e tanta oferta no mercado editorial que, às vezes, assusta!!!

Max Reinert · Florianópolis, SC 12/11/2008 10:10
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
para_raros
 

"...é preciso encontrar os grandes escritores e autores de blogs, por exemplo, e trazê-los para os livros."
Concordo com Mario...
Excelente colaboração!

Um abraço!

para_raros · Belém, PA 12/11/2008 10:55
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Elio Cândido de Oliveira
 

Amigo perfeito muito bom. Parabens
Abraços fraternos.
Bom dia.

Elio Cândido de Oliveira · Ibiracatu, MG 12/11/2008 11:02
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
José Carlos Brandão
 

Todas as experiências são válidas, necessárias mesmo. Mas algumas é preciso que fiquem como experiências, como o comprovou o próprio Mário Prata.
Interessante a literatura: é um vício solitário, mas se expõe para todo mundo.

José Carlos Brandão · Bauru, SP 12/11/2008 12:01
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Jair Jnusi
 

Li, votei e Aplaudi de pé!!!!

Jair Jnusi · Rio de Janeiro, RJ 12/11/2008 12:06
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Eloy Santos
 

Experiência fantástica.
Mário Prata sempre foi um inovador. Isso certamente não foi mistério para ele.
Parabéns, Phelipe, pela divulgação.

Eloy Santos · Rio de Janeiro, RJ 12/11/2008 12:07
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
alcanu
 

Bastidores interessantes, tudo aquilo que a gente sempre quis saber, legal !
Um beijo !

alcanu · São Paulo, SP 12/11/2008 12:11
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Hideraldo Montenegro
 

Outro dia uma pessoa me colocava o mal que a internet causava (principalmente a partir da trágica história da garotinha morta por um pedófilo). Ora, a internet é um instrumento e, como tal, como por exemplo, uma faca, ela pode ser usada para cortar alimentos deliciosos e coisa e tal.
O que particularmente acho ruim são as mentiras. Nunca as pessoas mentiram tanto. Perfis, então. Ninguém tem a idade que diz ter, a profissão, o grau de instrução, etc. Estão forjando fantasias bobas (afinal, o mundo virtual tudo é possível - até ser bonito (a) ). Sem puritanismo, estamos fortalecendo idéias falsas. Somos estimulados pela mídia a nos parecer assim ou assado e compramos esta mentira. Desta forma, fortalecemos uma mentalidade do nada, do vazio, da vaidade, etc. O que assistimos são pessoas montando imagens falsas, idades falsas, profissões falsas, etc, etc. Onde vamos parar?
Mas, podemos converter este meio num campo maravilhoso de descoberta pessoal.
Acho realmente que este estímulo à escrita vai resultar em algo bom. Afinal, é a prática que construirá algo bom. Já o fato de alguém está escrevendo já é um dado importante, pois, através deste exercício vamos nos descobrindo (espero que com isto, vamos eliminando as nossas mentiras, as nossas mascáras). Mas, um fato temos que concordar com o Prata, o escritor tem que ir para o livro.
A internet tem impedido (ou retirado) o hábito de uma leitura mais compacta, mais densa, com mais conteúdo. A leitura na internet sempre é muito rápida, muito sintética e não contribui efetivamente para um alargamento do pensamento e seus vôos e questionamentos mais profundos. Tudo parece uma brincadeira.
Como meio de divulgação é inquestionável, contudo...

Hideraldo Montenegro · Recife, PE 12/11/2008 12:48
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Cintia Thome
 

Mário Prata é 'o' escritor ....grande admiração pelo suas colocações...
Belo texto o seu, realmente a internet favorece a divulgação e o descobrimento de novos escritores de grande conteúdo que muitas das vezes ficam no ostracismo, pois as editoras não têm acesso ou falta de tempo de descobrir ...e asim novos livros, bom
material, boa leitura...
Pegar, manusear um livro é maravilhoso, nada o substitui. Bom texto, mesmo, parabens Phelipe!

Cintia Thome · São Paulo, SP 12/11/2008 13:10
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Lena Girard
 

Adorei saber! Maravailha, menino!!
Beijos

Lena Girard · Belém, PA 12/11/2008 14:12
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
MonyBlu
 

votado, muito bom!

MonyBlu · São Paulo, SP 12/11/2008 14:15
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Milena Dugacsek
 

Todos aplausos do mundo!
Votado!

Milena Dugacsek · Porto Alegre, RS 12/11/2008 14:22
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
jjLeandro
 

Sem dúvida uma experiência fantástica. Não creio que eu desse conta de me concentrar para produzir assim com tanta gente dando pitaco. Sorte do Mário e felicidade para os leitores.
abcs

jjLeandro · Araguaína, TO 12/11/2008 14:43
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Paulo Esdras
 

Prata é ótimo!

Paulo Esdras · Brumado, BA 12/11/2008 15:29
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Eliana Pontes
 

Assunto útil e interessante, de um Prata que é de ouro brilhante (até rimou... rs). Adorei a matéria! Parabéns Phelipe.

Eliana Pontes · Florianópolis, SC 12/11/2008 16:04
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
joe_brazuca
 

o Homem está plugado on-line !...Tudo está virando monitores, chips, webcams, silício, internet...As praças públicas estão se esvaindo...
Ignacio de Loyola Brandão, ja previra em "Não verás país nenhum", a ecatombe do não-cheiro, não-toque, não-presente, não-corpo...Sinal do tempos...Maus tempos...
Quem vai puxar tudo isso da tomada ?
Muito bom artigo...o Prata é ouro, como bem disse a Eliana Pontes...
Votado !
abraço

joe_brazuca · São Paulo, SP 12/11/2008 16:16
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
azuirfilho
 

Phelipe Janning · Florianópolis (SC) ·
Memória. Um romance escrito ao vivo
Uma experiéncia admirável e louvável.
temos de reconhecer e elogiar.
Gostei muito de saber que a Língua portuguesa esta levando vantagem com os trabalhos dos Internautas Brasileiros.
Maior alegria e vamos participar o mais que pudermos.
Parabéns.
Abracáo Fraterno.

azuirfilho · Campinas, SP 12/11/2008 19:06
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Paulo Apolonio
 

Muito interessante.
Eu gosto de escrever. Adorei a idéia, mas acho que escrever desse jeito deve ser muito estressante, deve ter uma alta pressão em cima do autor.
Votado

Paulo Apolonio · Salvador, BA 12/11/2008 20:40
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Lola...
 

Gostei muito do seu artigo, a experiência de ver o autor escrevendo em tempo real deve ser incrível . Parabéns.
Beijo

Lola... · Curitiba, PR 12/11/2008 22:11
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Falcão S.R
 

Só mesmo a genialidade de Mario Prata para desenvolver tão bela façanha.

Abraço

Falcão S.R · Rio de Janeiro, RJ 13/11/2008 01:01
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Carlos Mota
 

Phelipe,
muito bom seu texto, pela informação prestada e pela clareza da condução
e valeu a postagem do link do autor,
abraço,

Carlos Mota · Goiânia, GO 13/11/2008 10:51
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Nivaldo Lemos
 

Phelipe,
excelente o seu texto e fascinante a experiência do Mário Prata. De fato a internet é hoje um manancial de talentos literários, seja na prosa, seja na poesia, muitos dos quais estão escrevendo aqui no Overmundo e outros em blogs e diversos sites literários. Alguns já publicaram offline, como a também mineira Ana Maria Gonçalves, autora do maravilhoso romance Um Defeito de Cor, criado em seu site 100 Meias Confissões de Aninha, publicado pela Record e laureado com o Prêmio Casa de Las Américas, um dos mais antigos e prestigiados concursos literários da América Latina. A criativa experiência do Mário Prata só demonstra o quanto a internet está mudando a maneira de se produzir e divulgar cultura. Parabéns pelo seu excelente texto.

Abraços.

Nivaldo Lemos · Rio de Janeiro, RJ 13/11/2008 12:29
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
pandego
 

Parabéns ao caro 'colega' pelo feito. Eu mesmo acho difícil escrever quando alguém esta olhando a tela do PC...

Agora resta ler o livro para saber até que ponto esta forma de trabalho influenciou o resultado. Se não influenciou em nada, valeu pela experiencia de Mario Prata e dos internautas que acompanharam a feitura do livro ao vivo.

Voyeurismos a parte...

É isso.

O Pândego Endiabrado

pandego · Emirados Árabes Unidos , WW 13/11/2008 12:44
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Ivette G.M.
 

Sempre fui fã incondicional de Mario Prata. Agora então, viche Maria! Que trabalho fantástico. Como sou péssima navegadora, perdi esta grande oportunidade.
Votei. Ivette G M

Ivette G.M. · Cotia, SP 13/11/2008 15:34
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Yusseff Abrahim
 

Idéia fantástica!
Há muito assunto pra comentar dentro da experiência.
O escrito e a interatividade em tempo real; um sujeito de 62 anos (e que sujeito) inovando dentro da web, o reconhecimento pela projeção e conclusão da obra cheia de interferências! As interferências como outros livros e outros desdobramentos na história!
Fico imaginando cada leitor de repente tratando o própio autor enquanto personagem a "mestrar" o seu joguete, mas com a possibilidade de ser ouvido e adaptar sua narrativa em função de alguma sugestão bem sucedida.
Muito bom.. Há muito o que aprender aqui.


Yusseff Abrahim · Manaus, AM 13/11/2008 16:20
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Poeta Devany
 

Viva o talento quando não tá lento.

Poeta Devany · São Paulo, SP 13/11/2008 18:56
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

Que beleza

Vou ver se encontro o livro " Anjos de Badaró"
Deve ter sido uma experiência maravilhosa,
visto que as interações produziram resultados
favoráveis.
bj

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 13/11/2008 19:55
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
herculano alencar
 

Experiência fascinante!

Grato por tê-la disponibilizado.
Abraço fraterno,
Herculano

herculano alencar · São Paulo, SP 13/11/2008 21:21
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Saavedra Valentim
 

é meu caro.
Um reality de literatura... deve ter sido uma experiência, por um lado enriquecedora, mas por outro lado muito desgastante. Não é fácil criar e desenvolver uma estória ao vivo e a cores.
Abraços

Saavedra Valentim · Vitória, ES 14/11/2008 22:30
sua opinião: subir
Ivy Gomide
 

genial !
Phelipe Janning

Ivy Gomide · Rio de Janeiro, RJ 15/11/2008 16:43
sua opinião: subir
Donna Miranda
 

Muito interessante...genial mesmo ! Abçs

Donna Miranda · Montes Claros, MG 16/11/2008 16:52
sua opinião: subir
Jorge Daher
 

Votado! da uma força no meu tbm!!!

Jorge Daher · Ribeirão Preto, SP 16/11/2008 18:02
sua opinião: subir
camuccelli
 

Ufa! consegui!

camuccelli · Rio de Janeiro, RJ 21/11/2008 19:02
sua opinião: subir
M. Cintrão
 

Phelipe, vale lembrar que a experiência gerou um grupo de escritores na Internet, os Anjos de Prata, formado a partir de um concurso promovido pelo Prata via jornal O Estado de S. Paulo. Mais de 2.500 cronistas anônimos participaram do concurso, que resultou em um livro "Crônicas dos Anjos de Prata", que publicou os melhores. Os Anjos ainda se encontram e podem ser lidos no site www.anjosdeprata.com.br. É uma experiência que rende outra boa matéria.

M. Cintrão · Campo Grande, MS 1/4/2009 15:38
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter