Minha noite de roquestar

Alguém legal da platéia
Canja com Weezer
1
Leandróide · Florianópolis, SC
16/3/2007 · 100 · 23
 

Com o tempo vocês vão me conhecer melhor e ver como sou modesto pra caramba, que sou tímido e quase não falarei de mim, pelo menos não na terceira pessoa. Por isso me atrevo a contar um lance que aconteceu comigo em setembro de 2005, numa cidade estranha, chamada Curitiba.

Sexta-feira, stress total!!!!!!! Em meio a notícias boas (Weezer no sábado, meu curta na TV), a incerteza dos ingressos pro show. Até às 4 PM de sábado, a ansiedade ante a possibilidade de ter ido até Curitiba e não ver o show me devorava as entranhas.

Onde tava o cara que ia conseguir 3 ingressos pra gente (orkut é phoda)? 5 minutos antes do prazo regulamentar o bicho interfona e passa pelo portão os famigerados. Lá se vão os 60 mangos mais bem gastos da minha vida.

Beleza!!!! Agora é só alegria!!!!

Enchemos a cara no larápio da Belina e continuamos a beber num boteco cujo nome não me lembro até à meia-noite, hora que um segurança dedurou a chegada das vans com os caras da banda.

2 vans chegam. Só vi o baterista (aquele que foi seqüestrado pela Miss Piggy) e o guitarrista na última. Parece que o Rivers chegou dentro do bolso de alguém por isso não vimos ele. E eu que pensei: ié, isso é o mais perto que vamos chegar deles hoje!

Pela hora ia ser um inferno chegar até a grade. Uma hora avançando a passos lentos, tomando os interstícios (saúde!!!) entre as pessoas eu estava próximo à grade. Os roadies afinavam e reafinavam os instrumentos. Até que lá pela 1 e pouco apaga a luz e eles entram. My name is Jonas na mente!!!!!!

Tá o show foi ducaraio, reforçaram a segurança na grade, um dos tios balançava a cabeça ao ritmo da música enquanto tentava conter o povo. Como poderia ficar melhor? Sabia da possibilidade de eles pegarem alguém na platéia e chamar pra tocar "Undone". Ainda na ida pra CWB brinquei com uma amiga minha que esse alguém ia ser eu. A hora que o Brian foi escolher eu comecei a empurrar a galera que tava em volta com o braço levantado e pular mais alto que todo mundo.

O cara apontou pra mim, eu apontei pra mim como se pedisse confirmação, ele confirmou e então os seguranças liberaram a minha passagem até o palco. Pulei a grade, alguém deu uma força. Valeu, quem quer que seja você! Ainda ouvi um: Vai lá, bonitinho!, enquanto eu aterrissava do outro lado. Nem me lembro como cheguei até o palco. O Brian perguntou meu nome. Pow, cara não faz pergunta difícil!!!

eu: Leandro!

ele: Reandrou?!

eu: Leandro! Leandro!, desisto...

Reandrou, ele disse já anunciando no microfone.

O roadie me deu o violãozinho e quando vi tava acompanhando uma das minhas bandas favoritas.

Inacreditável!!!! O momento mais foda foi antes de começar quando vi aquele monte de gente no setor Viaipi e o povo na frente do palco. Avistei todo mundo menos as minhas amigas. As caras de cada um eu não esqueço, até daquele que tava tirando meleca do nariz e passou nas costas de uma mina e ela nem sentiu.

Sério! Não pensei em nada, só contemplei a galera e me preparei para não perder a entrada da música. Fui adquirindo confiança aos poucos, já tinha feito isso antes mas não na frente de sei lá 5 mil pessoas. As primeiras notas claro que sairam erradas. Eu não tocava havia 7 meses desde o acidente...

Ná, nunca houve um acidente, mas a possibilidade dramática ia fazer a raça chorar se fosse num filme. Dramática foi apenas a pausa calculada que eu fiz quando eles pararam. Lá pelas tantas comecei a interagir com o Rivers, aí sim... Fiz pose, fui pra perto do batera e perto do fim, fiquei eu e o guitarrista preparando o pulo na virada do Pat. Eu ensandecido gritando: vamo lá, vamo lá! Chegava ao fim minha participação. Cumprimentei os músicos, tapinha nas costas do Rivers não é pra qualquer um. Ié!!!!!!!!

Fiquei no palco num cantinho, autógrafo não rolou. O roadie ainda me deu o arrego de assistir à penúltima música do palco, me deu um jogo de cordas e várias palhetas que acabei distribuindo entre as fãs que me recompensaram com sexo oral. Antes de acabar o show o produtor gringo gentilmente me retirou do palco me encaminhando pra área VIP. Lá começou o "assédio" e muita vódega com energético na faixa.

"Cara, tu mandou bem!", ouvi de várias pessoas enquanto circulava por lá. Acho que era por educação, a raça desse setor privilegiado deve ter tido uma educação melhor que a da choldra lá embaixo. Hahahaha! Mas eram genuínos os elogios. E eu louco pra mijar, tava segurando desde à meia-noite. No caminho pro WC, um cara com sua mina me pede para tirar foto com ele e mostrou um mpegzinho deu tocando. Antes de chegar na porta do banheiro, alguém me dedurou prum repórter do JB. Ele pegou meu nome, anotou num bloco, perguntou se eu tocava em uma banda, disse que não desde 2000, falei que sou cineasta, fiz o jabá do meu curta e sei lá quando vai sair isso.

Umas minas ainda me convidaram pra sair num tal de Wonka, deve ser o equivalente a um Underground (R.I.P.) curitibano. No fim das contas acabei num ônibus cheio de cariocas indo pro Rio. A gente ficou no hotel deles e fui cercado de mais parabéns e quetais. Se eu tava me sentindo o cara, imagina o pessoal da banda na festinha no camarim com direito a japonesas e outras iguarias.

compartilhe

comentários feed

+ comentar
Marcelo Perez
 

Que experiência, Leandro! Os caras são bons mesmo.

Acredito que esse seu texto deveria ser postado no Banco de Cultura. Como ainda está na fila de edição, o que acha de colocá-lo lá? Aqui é mais para matérias, reportagens, críticas...

Parabéns e abração

Marcelo Perez · Boa Vista, RR 14/3/2007 09:57
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Leandróide
 

Ok, valeu pela dica.
Brigadão e um forte abraço.

Leandróide · Florianópolis, SC 14/3/2007 10:20
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
André Monnerat
 

Será que isso não se enquadra em "matéria" não?
Sei lá, eu acho que se encaixa mais aqui mesmo.

E o texto é muito bom!
Vou transformar em roteiro de filme, vai começar com o acidente. :)

André Monnerat · Rio de Janeiro, RJ 14/3/2007 14:28
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Thiago Camelo
 

Eu deixaria o texto por aqui tb... Ah! E eu era um dos que estavam neste ônibus cheio de cariocas...

Thiago Camelo · Rio de Janeiro, RJ 14/3/2007 14:32
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Leandróide
 

Discussões referentes à catalogação a parte, o que importa é que foi a noite mais emocionante da minha vida. Ainda tenho dúvidas quanto a que tipo de texto vai aonde, o tempo é sábio e me ensinará.

Pelo momento, para evitar uma superexposição, já que tenho mais contribuições para fornecer ao Overblog, optei por colocar no Guia mesmo.

Valeu André, mas ainda não discutimos os direito$ de adaptação. :)

Massa Thiago, legal te ver de novo. Era o ônibus que tavam uns caras do Ramirez, né? Bacana, continua acompanhando que tem uma matéria sobre Los Hermanos que tá bem no mesmo estilo.

Abraços a todos.

Leandróide · Florianópolis, SC 14/3/2007 14:56
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Leandróide
 

Errata: quando eu disse Guia quis dizer Banco de Cultura.
Ops!

Leandróide · Florianópolis, SC 14/3/2007 14:58
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Leandróide
 

Olha só como as drogas estão me afetando, o texto está em Overblog e aqui ficará quietinho aguardando o momento de ir ao ar.
Sugestão: bem que eles poderiam deixar a gente moderar os coments. Pelo menos os meus. ahahahhah

Leandróide · Florianópolis, SC 14/3/2007 15:04
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Roberta Tum
 

Reandrou.... que viagem cara! Rs! Gostei da forma com que vc contou, a gente acaba te acompanhando pela aventura! Valeu!

Roberta Tum · Palmas, TO 16/3/2007 09:40
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Leandróide
 

Obrigado pelo elogio, Roberta. O intuito foi esse mesmo, passar a emoção do momento para quem não tava na minha pele. Geralmente gosto de registrar esses fatos extraordinários da minha vidinha normal. Mas também escrevo ficção.

Um abraço.

Leandróide · Florianópolis, SC 16/3/2007 11:15
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
André Gonçalves
 

divertido, Reandrou.

André Gonçalves · Teresina, PI 16/3/2007 17:32
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Leandróide
 

Valeu André! Até pensei em adotar como nome artístico, sabia?

Leandróide · Florianópolis, SC 16/3/2007 17:36
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Daniel Duende
 

Leandróide, meu caro cara... que história bacana, e que texto honesto este que você fez para contá-la! Subir no palco para tocar junto com os caras que você curte não é, definitivamente, para qualquer um.

Tenho uma amiga que foi chamada ao palco para beijar o Bono Vox. Conheço uns 4 caras que ficaram com ela só para pegar a rebarba. :)
hahahahahhaha
(ok, a comparação foi cruel, mas a menina e os rebarbeiros realmente existem)

Abraços apertados do Verde (e continue escrevendo e se divertido com isso).


p.s. cadê teu curta, meu filho? rola de publicar no Overmundo não?

Daniel Duende · Brasília, DF 16/3/2007 20:41
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Leandróide
 

Grande Duende! Legal que curtiste meu relato.

Foi um fato que me marcou profundamente, nem preciso dizer que nunca mais vou esquecer (qualquer coisa ta no YouTube), coisa pra contar pros netos e taus e achei que seria legal compartilhar com outras pessoas e que público melhor do que esse que vive nesse Overmundo de Deus.

Pode deixar que a medida que as histórias vão acontecendo eu vou relatando aqui. No meu blog tem mais historietas, anedotas e comentários.

Sobre o curta citado no texto, vou verificar esse lance da publicação, enquanto isso pode ser conferido aqui:


Outros trab
alhos meus podem ser vistos em:

Abraço,
L.

Leandróide · Florianópolis, SC 16/3/2007 23:57
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Leandróide
 

Saiu tudo escangalhado.

Curta

Blog

Outros trabalhos

Leandróide · Florianópolis, SC 17/3/2007 00:05
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
FooCarol
 

Éu sou uma das amigas que foi com ele e ficou babando lá embaixo. ehhehe. Nem pude ir na área VIP =(
Esquecesse de colocar que eu tive a intuição dias antes de que a gente ia e tu irias subir no palco.heheh.
Pra mim foi altos show! Ainda mais que eu nem conhecia a banda. kkkkkkkkkkk.
O Rafael da MTV tava louco pra falar contigo, mas o agente dele não deixou ele te esperar descer as escadas. kkkkkk. Até fiquei com pena dele. Tu foi o mais famoso da night. ehhehe. Bjus

FooCarol · Florianópolis, SC 17/3/2007 00:47
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Leandróide
 

Ah sim, a vidente Carol foi testemunha ocular e auricular da história. Só a nossa viagem para CWB e a chegada no local do show e a volta para casa já é outra história para um outro pôr do sol.

Foi até melhor me desencontrar do Rafa, se eu saísse na MTV aí eu não ia me agüentar. :)

Beijo.

Leandróide · Florianópolis, SC 17/3/2007 01:13
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Fê Pavanello
 

Adorei esse também!
Aliás!!! Adrenalina totaaaaal!!!!!
Momento inesquecível!!!
Abraços

Fê Pavanello · Brasília, DF 23/3/2007 20:58
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Leandróide
 

Assim eu até fico convencido, Fê! :)
Foi o MOMENTO!

Leandróide · Florianópolis, SC 23/3/2007 21:06
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Fê Pavanello
 

Eu imagino!!!
:-)

Fê Pavanello · Brasília, DF 23/3/2007 21:09
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
AULINHA.com.br
 

Muito bom!
MAs ainda não encontrei a Banda Rivers de Campo Grande no Overmundo.

AULINHA.com.br · Afeganistão , WW 7/6/2007 22:48
sua opinião: subir
Leandróide
 

Valeu, cara! Logo logo eles devem pintar por aqui.
Abraço,
Leandroide.

Leandróide · Florianópolis, SC 8/6/2007 17:29
sua opinião: subir
Priscila Silva
 

Parabéns, rockstar! ;)

Priscila Silva · Cabo Frio, RJ 10/6/2007 17:35
sua opinião: subir
Leandróide
 

Obrigado, Priscila. :)

Leandróide · Florianópolis, SC 10/6/2007 17:49
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados