O Fórum da Cultura Digital Brasileira

1
Savazoni · Brasília, DF
19/7/2009 · 34 · 8
 

Desde 2003, quando Gilberto Gil chegou ao Ministério da Cultura, essa questão ganhou espaço nas políticas culturais do Brasil. De cara, iniciou-se um projeto para capacitar produtores da área e artistas nos usos das novas tecnologias de informação e comunicação (TICs), com destaque para os Pontos de Cultura, que estimulam grupos culturais populares a produzir para o mundo digital. Esses pontos (são 800 em todo o país) recebem um kit de produção multimídia dotado de, entre outros artefatos, computador e câmera. Além disso, outras ações foram desenvolvidas, como reconhecer nos jogos eletrônicos produtos culturais.

Agora, o ministério lançou o Fórum da Cultura Digital Brasileira, um processo que pretende produzir diretrizes e resoluções para a construção de uma política pública de cultura digital para o Brasil. O Fórum também vai ocorrer pela internet. No endereço www.culturadigital.br, criamos um site de rede social (para não restarem dúvidas, este autor está envolvido até a cabeça com o Fórum da Cultura Digital Brasileira, sendo um de seus criadores e promotores). A ideia é promover o uso da rede para a deliberação política, numa iniciativa pioneira em todo o planeta.

Nessa rede, o cidadão poderá se cadastrar, criar o seu perfil e articular grupos, postar conteúdos, além de conhecer pessoas que também pensam a cultura digital. Inicialmente, a rede oferece acesso a convidados. Se o usuário não quiser se cadastrar na rede, ainda assim poderá acessar o conteúdo disponível e acompanhar os debates – diferentemente de redes como o Orkut e o Facebook, a rede da Cultura Digital é aberta e integrada às outras redes já existentes, gerando conversas dentro do site, mas também explodindo suas informações para a internet.

São cinco os eixos de discussão do Fórum: memória, comunicação, arte, infraestrutura e economia. Cada qual com um curador, responsável por estimular os debates e sistematizar as contribuições e diretrizes formuladas pela sociedade. O resultado desse trabalho será debatido no evento final, em novembro, e entregue ao ministro da Cultura e ao presidente da República.

As discussões também vão subsidiar os debates das Conferências Nacionais de Comunicação (cuja etapa nacional será realizada em dezembro) e da Cultura (que deve se encerrar em meados de 2010). Essas conferências são momentos nos quais o governo se debruça para ouvir a sociedade em busca de ideias para um determinado campo da vida social.

São muitas as questões em jogo nesse processo. Podemos listar algumas delas aqui. Como fazer para tornar públicos os acervos de museus e bibliotecas na rede mundial de computadores? Como construir novos modelos de negócio, considerando que a troca de arquivos por meio de redes Peer to Peer (Ponto a Ponto) pôs em colapso a indústria do entretenimento? O que fazer para reconhecer as novas formas de arte que emergem da cultura digital? Como garantir a todos os cidadãos acesso à rede e aos computadores? Como preservar a língua portuguesa e estimular a produção de conteúdos nacionais?

Como diz o presidente da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), Nélson Simões, em uma frase que Gil popularizou, as jamantas da cultura necessitam de banda larga. Ou seja, conexão veloz de internet é cultura. Para ver, ouvir e trocar filmes, discos, séries de TV e o que mais for inventado para entreter o ser humano, divertir-se e/ou informar-se. É hora de discutir a sério essa questão e organizar aqueles que lutam pela igualdade e pela inclusão social também no mundo digital.

compartilhe

comentários feed

+ comentar
Thiago Skárnio
 

Muito bom. As iniciativas já estão por aí, o momento agora é de integração!

Thiago Skárnio · Florianópolis, SC 19/7/2009 23:31
sua opinião: subir
Leandro F. de Paula
 

Thiago disse tudo!

Leandro F. de Paula · Curitiba, PR 21/7/2009 13:43
sua opinião: subir
Roberto A
 

Thiago e Leandro, os coletivos culturais que existem pelo país são fragmentados e bastante desunidos. leva tempo até essa tal integração ocorra, isso se ocorrer.

Roberto A · Cuiabá, MT 21/7/2009 16:47
sua opinião: subir
Thiago Skárnio
 

Exatamente, Roberto! Por isso mesmo que falei que o momento agora é de integrar. Tentar, pelo menos...

Thiago Skárnio · Florianópolis, SC 21/7/2009 16:54
sua opinião: subir
lucasa
 

Temos todo o potencial de integração, o desafio é criar uma rede de informação e troca de saberes de alcance nacional, unindo as redes locais.

lucasa · Porto Alegre, RS 21/7/2009 21:32
sua opinião: subir
Dando
 

Show de bola é isso ai !
essa rede vamos la galera vamos bombar com aqulo que ja sabemos fazer

Dando · Rio de Janeiro, RJ 23/7/2009 08:50
sua opinião: subir
Higor Assis
 

Solicitei o cadastro dois dias atrás e nem tinha visto este texto. Ancioso pela troca de ideias e o aprendizado.

Higor Assis · São Paulo, SP 23/7/2009 11:54
sua opinião: subir
leonardobarbosa
 

BANDA LARGA PÚBLICA JÁ!!!

leonardobarbosa · Brasília, DF 7/11/2009 19:12
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados