O Projeto Nação Potiguar comemora 10 Anos

1
João da Mata Costa · Natal, RN
25/11/2011 · 6 · 0
 

O PROJETO NAÇÃO POTIGUAR É 10!

O projeto Nação Potiguar comemora dez anos em grande estilo, com a participação nessa quinta feira ( 24 de Novembro ) de uma plêiade de grandes músicos da constelação verde azul anil potiguar, nacional e universal . Grandes músicos instrumentais fizeram em Natal uma grande celebração à música. Ouvimos em estado – estase ao som profundo e marcante do Nana Vasconcelos, Arismar do Espírito Santo, Gereba e Macaxeira jazz e o grande Di Stéfano na batera. O Arismar enlouqueceu a noite e fez chorar sua guitarra com ótimos glissandos e perfomance irreparável. Um grande músico ainda tocou bateria, acompanhado de um ótimo pandeiro.

O grande violonista baiano Gereba tocou maravilhosamente sua guitarra e lembrou o grande lua Gonzaga numa suíte com os grandes clássicos do maior cantor das dores, gozos, costumes e festas dos nordestinos. Psiu, psiu era o que eu pedia para uma platéia muitas vezes desadenta e barulhenta, num teatro que não tem a acústica desejável para um show desse nível. Um dos maiores que a Nação Potiguar pode ouvir. Gereba sentou ao meu lado e conversamos bastante sobre o seu novo e grandioso projeto de lançar um disco no centenário de Luiz Gonzaga com as primeiras valsas e composições gravadas por Lua luar menestrel eterno dos nordestinos e brasileiros que amam seu torrão muitas vezes árido e sempre desejado.

Não saberia dizer o melhor do show que terminou quando os ponteiros se encontram e Santa Cecília lá no céu regozijava num êxtase profundo e belo era o som do mago Naná Vasconcelos. Ele cada vez melhor já ganhou todos os prêmios. Boceja e canta falando. Sua música toca ao coração e não é recomendável para corações fracos. Os tambores rufam, o violoncelo fala ao mais profundo do ser, a sanfona chora e o flautim soa a melodia que faz arrepiar. Belo, belo foi o show que comemora dois lustros de um projeto grandioso e vitorioso. Que venham outras décadas. Parabéns meus queridos amigos Dácio e Candinha numa realização do Scriptorim Candinha Bezerra e Fundação Hélio Galvão com o patrocínio das Leis Câmara Cascudo e Djalma Maranhão.

O Projeto Nação Potiguar é um projeto monumental responsável por alguns dos maiores shows que Natal teve a oportunidade de assistir. Projeto que ainda lançou o Jornal O Galante e resgatou as nossas mais autenticas raízes culturais, com shows, gravações de CDs, Livros e Fotografias. Candinha teve o privilégio de fotografar Oswaldo Lamartine no esplendor do outono da vida na ante-sala da quadra onde reina a Caetana.

Entre as grandes realizações do Projeto Nação Potiguar esteve a realização do O CD triplo “Cantares” da maior cantadeira de romances do Brasil, Dona Militana. O Álbum muito bem produzido traz um belo encarte, e tem as participações do mestre Salustiano tocando a rabeca pernambucana. Eusébio Macambira e o sanfoneiro Luizinho Calixto. Participação erudita da Orquestra Sinfônica do RN com regência de Osvaldo D’Amore e a pianista Dolores Portela tocando o cravo e também responsável pelas partituras dos romances.

Dona Militana, falecida recentemente, tinha uma memória prodigiosa e conhecia como ninguém muitos romances que remontam à idade média. Era o maior patrimônio vivo da nossa cultura. Pena que só foi descoberta tardiamente nos anos 90 do século passado. “Bem que eu te disse Juliana!”. Graças ao projeto Nação Potiguar esse álbum foi gravado para a posteridade. Assisti algumas vezes comovido ao cantar tosco e maravilhoso da minha amada Dona Militana. Guardo bem guardado com ela uma foto de meu álbum biográfico. Uma cantriz cachimbeira guardiã de um patrimônio que ainda dará muitas teses acadêmicas e livros.

Meus agradecimentos Dácio e Candinha. Viva o Projeto Nação Potiguar. Viva aos potiguares que não sabem só comer camarão e tem na sua cultura um tesouro que ninguém tasca.

tags

compartilhe

comentários feed

+ comentar

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados