Palhaços e Planaltos: apenas um lado

http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2007/08/16/
Agência fotografa de perto os poucos manifestantes?
1
afonsojunior · São Paulo, SP
18/8/2007 · 29 · 8
 

Tá bem , Lula, não precisava:

“O governador pediu que a maioria do público que o aplaudia vaiasse os manifestantes. O presidente brincou com Cabral e pediu que ele não se importasse com o grupo, ‘que é tão jovem e desprovido de consciência política, que usa nariz de palhaço".
(Assim como no Pan, onde a assessoria não deixou o presidente dizer seu "declaro aberta" depois de ouvir 5 vaias num estádio lotado, por que o orador deve dar força a um grupo pequeno?)

Quando 40 pessoas de um Movimento chamado Luto Brasil (que nem são os parentes das vítimas) saem em cadeia nacional porque vaiaram o ministro (em si um ato perfeitamente democrático, mas sem relevância para estar no Jornal Nacional) , é natural um político temer “narizes de palhaço”.
Puxa, mas, segundo a Agência Estado, que dá a notícia, a qual se vê copiada e colada em todos os sites, “eles pediam concurso para novos professores”.

A relevância não acompanha mais o destaque. A manchete não é "Grande grupo aplaude Lula, enquanto alguns vaiam", como fica claro no vídeo do You Tube. Também não interessa entrevistar com cuidado e detalhar o que queriam os manifestantes, debater qual a possibilidade de atendê-los, o que vem sendo feito na área...

Na verdade, tratava-se de inauguração, conforme comenta no seu blog o engenheiro Roberto Morais:

"Estas três escolas fazem parte fase 1 do Plano de Expansão da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica, que prevê a construção de 64 unidades e investimentos de R$ 98 milhões.
(...) Serão destinados, pelo governo federal, R$ 750 milhões para obras e R$ 500 milhões, por ano, para custeio e salários de professores e funcionários".
http://robertomoraes.blogspot.com/

Não eram "nem meia dúzia, nem uma multidão" e incluíam "alunos da Uenf que reivindicavam bandejão para a universidade junto com mais alguns poucos do sindicato dos servidores públicos federais".

Por que nos passam a idéia, de que o presidente teria sido vaiado por jovens que lutam por mais professores e é, portanto, anti-democrático ou, como coloca a Veja on-line, "demoniza seus adversários"?

Ora, na sociedade da desinformação, os liberais da classe média desinformados pedem que o Estado esteja presente em tudo (mas votam em quem privatiza), e os poderosos corporativos pedem que o Estado esteja ausente em tudo (e fazem lobby, vide Enron, que comprou toda a eletricidade dos EUA).

Senão, vejamos, onde você leu?

“O presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ministro da Educação, Fernando Haddad, assinaram hoje (20) portaria criando 1.170 vagas para professores de 1º e 2º graus e 1.363 para técnicos administrativos nas instituições federais de educação tecnológica.”

Então joga no Google ["1.170 vagas para professores" + "1º e 2º graus" + Lula ] e compara com [Lula e Cabral se irritam com vaias no RJ].

Dá 6 por 374.

Reinaldo Azevedo, na mesma Veja, vai fundo: "Lula é dirigente sindical desde 1975. Poderia ter estudado. Mas sempre teve aversão aos livros. Acha que sabe tudo. Sua fala é um absurdo lógico." http://veja.abril.com.br/blogs/reinaldo/2007/08/lula-demoniza-os-adversrios.html

A mesma Não-Veja que financiou os tucanos:

"Dados do TSE mostram que Editora Abril, proprietária da Veja, financiou campanhas de candidatos tucanos em SP, entre elas, a de Alberto Goldman. Nada ilegal, mas não custa avisar ao leitor. Ajuda a entender a linha editorial".

Marco Aurélio Weissheimer
http://observatorio.ultimosegundo.ig.com.br/artigos.asp?cod=340ASP001

Lembro-me de um artigo de Marilena Chauí sobre o governo FHC e o Programa Especial de Treinamento (PET), da Coordenação de Aperfeiçoamento do Pessoal de Nível Superior (Capes). Comentava ela:

“Assim, um programa institucional com a tradição de 20 anos (...) com a avaliação positiva de especialistas não envolvidos em suas atividades, está destinado a ser extinto com a alegação de que seus custos são muito elevados (R$ 14.504.922,47) e que sua ação é elitista!

Isso quando, em qualquer madrugada, o governo federal despeja milhões num banco qualquer para "salvá-lo" ou usa recursos públicos para financiar uma ‘privatização"...

http://www1.folha.uol.com.br/fol/brasil500/dc_1_1.htm

Mas como surge essa classe média indignada, que, de modo tipicamente falso “Liberal” acaba defendendo seu direito imediato e não seu direito mais amplo, porque vê apenas um lado da situação, uma verdade parcial? Da falta de circulação de idéias e da concentração de poder e renda (vide o poder de “CTRL+C” de todos os sites com a Agência Estado).

O capitalismo selvagem atual não consegue renovar suas fontes de riqueza, conhecimento e inovação, gerando novas trocas pela distribuição de renda. Com o excessivo peso no lado lucro, a suposta "liberdade", a sociedade se deteriora, a riqueza diminui.

Quem se lembra daqueles dados do Exame Nacional de Desempenho (Enade) 2006, segundo os quais os acadêmicos estudam e lêem pouco?

- 43,6% dos universitários brasileiros estuda entre uma e duas horas por semana além do horário de aula

- 34% lêem no máximo dois livros por ano, excetuando os escolares

- 41,3% se informam mais pela televisão.


“A justificativa para a pouca dedicação à leitura e ao estudo está na falta de tempo dos alunos.

Segundo o Enade, 68,2% dos universitários brasileiros estudam à noite e 73,2% trabalham durante o dia.

‘É importante lembrar que o ensino superior brasileiro é essencialmente noturno, privado e pago”, segundo o diretor de Estatísticas e Avaliação da Educação Superior do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep/MEC), Dilvo Ristoff.” (Agência Brasil)

Acontece que estuda quem pode, paga (e de novo, e de novo) quem deve.
Lembremos o acordo FHC/FMI:

“No entanto (devido ao acordo com o FMI), (...) a participação da União em Programas de Garantia de Renda Mínima e no Apoio ao Combate ao Trabalho Infantil, por exemplo, sofreu significativos cortes na versão final do Projeto de Lei Orçamentária.

O Programa de Renda Mínima foi reduzido em cerca de 80%, enquanto o Combate ao Trabalho Infantil sofreu cortes de 50%, impactando gravemente a Educação."”

http://www.acaoeducativa.org.br/downloads/fmirev.pdf

Sob a ação dos poderosos agentes "políticos", a democracia dos palhaços desinformados, todos nós, luta contra si mesma. Não precisava o "jovem e desprovido de consciência política", mas que existe, existe...

compartilhe

comentários feed

+ comentar
José
 

Salve!
Quem medo de vaias tem é porque deve. Lula, FHC e os antecessores devem muito... Por isso o medo de vaias. Gostaria eu estar lá, como um palhaço protestando contra estes este Lulas, FHCs e antecessores...
Agradecido.

José · Criciúma, SC 17/8/2007 08:03
sua opinião: subir
afonsojunior
 

Bem, vaiar é parte da democracia... mas tb é parte saber quem é mais contra você mesmo, não?

afonsojunior · São Paulo, SP 17/8/2007 09:28
sua opinião: subir
José
 

A questão não é ser contra ou a favor. A questão é ser ético, transparente e inteiro (verdadeiro) consigo mesmo...
A vaia é um sinal, saber ler os sinais e bem interpreta-los é sabedoria para raros estadistas...
Agradecido.

José · Criciúma, SC 17/8/2007 09:39
sua opinião: subir
afonsojunior
 

Sim, claro. Acho que deixei clara minha posição quanto a isso. Mas temos de ver o lado de quem fala e por que motivo? Monopólio de mídia?

afonsojunior · São Paulo, SP 17/8/2007 10:29
sua opinião: subir
Andre Pessego
 

Legal, Afonso muito legal.
- O Brasil ainda não começou sua construção. Porque está a destruir. Não foi o Lula. Do Governo Lula ha dois fatos, um que a imprensa e a nobreeza esconde - o caso do dolar.
Por toda a história conhecida, tudo era culpa do "aumento do dólar", todos os nossos pais e avós e nós mesmos alcançamos isto. O dolar encontrou seu eixo.
- Mas o maior fato da História do Brasil, maior que a Independência, maior que a República - É a legalização das terras de alguns, talvez uma duzia dos Chamados Quilombos Perdidos, para o negro. Sabe que isto significa? Pela primeira vez, em 500 anos, a escravidão africana é abalada. Sabe como
pela primeira vez em 500 anos o negro brasileiro terá terra, e terá direito de tê-la . Sabe o que é isto, "quebra da anterioridade"
- Se noticia um acidente áreo como culpa do Presidente da República e ninguém fala isto.
Voce Afonso, não sabia disto. OU sabia?
mas vou votar no seu texto, no seu esforço, um abraço andre

Andre Pessego · São Paulo, SP 19/8/2007 20:46
sua opinião: subir
José
 

A mídia é por de mais previsível, seja a favor, seja contra... Nestas águas pragmáticas materialista nada colho a não ser sofrimento. Claro, nada contra os sofredores... Não é meu caso.
Agradecido.

José · Criciúma, SC 20/8/2007 06:43
sua opinião: subir
afonsojunior
 

Se compreendemos os porquês dos sofrimentos pragmático materialistas, munidos de ideais e valores morais religiosos ou filosóficos, podemos transformá-los em mudança positiva. nem fugir do mundo, nem cair no pessimismo sem compreensão...

afonsojunior · São Paulo, SP 20/8/2007 13:53
sua opinião: subir
José
 

Permancer no ciclo de pragmátimos materialista é caminhar sem do lugar sair... A imprensa é neste sistema previsível, seja de direita, seja de esquerda...
Agradecido.

José · Criciúma, SC 20/8/2007 14:06
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados