Personagens de clássicos transforam salas de aulas

Lígia Helena
Alunos da EE Dr. Américo Brasiliense participam de leitura dramática
1
Lígia Helena · Santo André, SP
6/10/2006 · 109 · 4
 

Quando os alunos da E.E.Dr. Américo Brasiliense entraram na sala para a aula de português a surpresa foi grande. No lugar da professora estavam o diabo e o anjo do “Auto da Barca do Inferno”, os heterônimos de Fernando Pessoa, e outras personagens de diferentes obras que haviam passado pelas suas aulas. Eram os atores da Cia. Estrela D´Alva de Teatro invadindo a escola com leituras dramáticas de diferentes obras e transformando a sala de aula num verdadeiro palco.

É que a E.E.Dr. Américo Brasiliense é uma das escolas que estão sendo contempladas pelo projeto Leituras Dramáticas na Escolas, realizado pela Cia. Estrela D´Alva por meio da Lei de Incentivo à Cultura de Santo André e com o apoio do Colégio Singular.

São mais de 400 leituras sendo feitas gratuitamente para cerca de 4 mil alunos de toda a cidade até o final do ano. Foram selecionados quatro textos, todos relacionados às obras pedidas como leitura obrigatória nos vestibulares da Fuvest e Unicamp: “O Auto da Barca do Inferno”, de Gil Vicente, “Fernando Pessoa e seus heterônimos”, “A rosa do Povo”, de Carlos Drummond de Andrade e “Sarapalha”, conto do livro Sagarana, de Guimarães Rosa.

A Cia. Estrela D´Alva nasceu da vontade de desenvolver trabalhos artísticos integrados ao conteúdo escolar, aliando o teatro à literatura. Para Marcelo Gianini é preciso buscar uma forma que una a criação teatral à apreciação da obra literária levando o aluno a enxergar a intersecção destas duas linguagens.

A leitura pretende ser um estimulador do exercício da leitura e do jogo teatral em alunos de ensino médio, e com isso acaba contribuindo para a formação de um público leitor e espectador teatral crítico, além de levar teatro gratuito as escolas públicas da região.

O projeto é dirigido por Marcelo Gianini e tem no elenco, além do próprio diretor, Ivan Ribeiro, Lígia Helena e Renata Régis.

O quê? Projeto Leituras Dramáticas nas Escolas

Quando? Durante todo o segundo semestre de 2006

Quem? A Cia. Esrela D´Alva de Teatro, por meio da Lei de Incentivo à Cultura de Santo André com o apoio do Colégio Singular.

Onde? Em diferentes escolas públicas de Santo André

Por quê? A mediação da leitura da obra artística é uma forte tendência nos variados campos de pesquisa acadêmicos. Não basta obrigar o aluno a fazer a leitura de um livro ou a assistir a um espetáculo, é preciso ensiná-lo a ler a obra de arte. Para tanto é proposta uma pedagogia do leitor e do espectador a partir da obra apresentada.

Ler, interpretar e assistir será a possibilidade de construção de uma linguagem estética e crítica para o aluno.

compartilhe

comentários feed

+ comentar
Marcelo Uchoa
 

Olha, muito legal teu texto e parabéns pelo trabalho que a companhia de vcs tá realizando. A importância de atividades como essas muitas vezes não é reconhecida. Sou professor de arte e constantemente estou buscando mecânismos para estimular a leitura e apreciação de obras de arte por parte de meus alunos.

Marcelo Uchoa · Aracaju, SE 4/10/2006 19:18
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Subterraneos
 

realmente é um projeto fenomenal. acompanhei uma leitura e a qualidade do trabalho é fantástica!

Subterraneos · Santo André, SP 6/10/2006 11:51
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
NatashaCorbelino
 

lindo projeto, parabéns!

NatashaCorbelino · Rio de Janeiro, RJ 20/12/2006 14:26
sua opinião: subir
Roberta Tum
 

Gostei do texto. No título não seria "transformam"?
Abraço!

Roberta Tum · Palmas, TO 14/4/2007 16:55
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados