Ponta Porã, uma nova Maracangalha

João Carlos Castro/Mandala Produções
Toko Madera: gravem esse nome
13
Rodrigo Ostemberg · Campo Grande, MS
21/7/2014 · 13 · 5
 

Há tempos não faço um diário de bordo de um festival, talvez pela minha ausência neles, talvez...

Há tempos não via um povo tão alegre, tão contagiante e festivo. O povo ponta-porãnense se mostrou hospitaleiro e festeiro em seu Primeiro Festival de Inverno, talvez seja porque não havia um evento como esse para festejar, talvez...

O Parque dos Ervais abriu as portar para recepcionar o Cortejo da Maracangalha, e invocando Evoé eles passaram, em cordão carnavalesco pelo povo, aquele, hospitaleiro que citei. E, de bate-pronto aceitaram participar da festa. Sorriram, riram choraram e se emocionaram com a festividade. São Pedro até que tentou, mas Santa Clara clareou e o Festival aconteceu, talvez porque era assim que tinha que ser, talvez...

A Alma Guarani estava presente na festa, duas orquestras também, ambas, tocadas pelos pequenos, uma de viola, outra de instrumentos reciclados. Peraí, deixa eu corrigir, instrumentos feitos de materiais reciclados, a forma do bolo deu forma para o violino, o violão era feito de lata, mas tem “fecha de validad”. Vale pela vida toda. Nossos hermanos mostraram que sua moeda vale mais que um dólar e isso é real.

Havia um palhaço no meio da rua, talvez porque São Pedro não deixou ele ficar mais, talvez...

O Forró nem ficou. Nem Gilson e Junior conseguiram andar de CG Titan. Talvez porque estavam sem capas de chuva, talvez...

Aquele povo hospitaleiro, citado acima, também faz um som de prima, rima português com guarani, Servem um téra, ou talvez um chimarrão, não sei, mas como o parque é dos ervais, talvez servissem os dois, talvez...

Toko Madeira gravem esse nome. Em parque que rola skate também tem quem surfa em trem. Rola também um Monde de Jazz. Não se perca, há outro Trajeto, Dois na verdade, um que vai para Ponta Porã, outro, para Maracangalha, talvez...

Já estava esquecendo, Neste festival rolou um funk, calma, esse era Humano, falava de matão, das piriguetes e tinha letra, enredo, emoção. Talvez porque as pétalas eram do Jerry e não do pixe, talvez...

Que se Funk-se o mundo quero ouvir metálica em cateura, calma, eu ando meio de vagar, já tive pressa... Talvez em Maracangalha, talvez...

Eu jah falei pra vocês gravarem esse nome: Toko Madera? Bueno, deixa eu falar da banda de ontem, ela se chama “A Banda de Ontem”. Tocaram hoje, ou ontem mesmo talvez, é musica para TODOS OS DIAS... E, desta vez, sem talvez...

Acho que esqueci de alguns nomes, talvez PRO-PO-SI-TAL-MEN-TE, talvez...

Agora quando de perguntarem se eu vou para maracangalha responderei, talvez, prefiro ir para Ponta Porã pela segunda vez, se tiver o segundo festival vai ter Toko Madera, e talvez vocês vão entender porque devem gravar esse nome, talvez...

compartilhe

comentários feed

+ comentar
jean terrazas
 

cada região tem sua cultura e seus costumes

jean terrazas · Guia Lopes da Laguna, MS 12/8/2014 20:44
sua opinião: subir
jean terrazas
 

devemos apenas colaborar e não criticar

jean terrazas · Guia Lopes da Laguna, MS 12/8/2014 20:46
sua opinião: subir
MárioAlmeida
 

Não sabia que a nossa Ponta bonita sabe fazerum festival decultura -Parabéns

MárioAlmeida · Campo Grande, MS 2/9/2014 11:19
sua opinião: subir
ayruman
 


!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Se fizesse um rodízio das publicações de quando em vez, seria BOM para todos. Não???

ayruman · Cuiabá, MT 9/9/2014 14:59
sua opinião: subir
Silvia Araújo Motta
 

Gostei. Votei na história no Parque dos Ervais. Votei.

Silvia Araújo Motta · Belo Horizonte, MG 29/11/2016 10:33
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados