Posts em quadrinhos

Divulgação: Todos os Direitos Reservados.
1
Eduardo EGS · Porto Alegre, RS
12/8/2006 · 225 · 8
 

Blogs servem pra escrever, certo? Não necessariamente. Muitos servem pra colocar imagens. “Tá, mas não é pra isso que existem os fotologs?”, alguém pergunta. Existem. Mas são extremamente limitados. No Fotolog, por exemplo, só é permitido o upload de uma foto por dia. A não ser que o usuário seja um Gold Camera Member e possa postar várias imagens, mas daí já é outra história. Assim, os blogs se tornam ideais pra quem quer postar imagens sem limitação diária. “Que tipo de imagem?”, outro alguém pergunta. “Quadrinhos”, respondo. Isso mesmo.

Anos de publicações virtuais

Tem muita gente talentosa usando a internet pra mostrar suas histórias em quadrinhos pra quem quiser ver, sem que pra isso seja preciso comprar um jornal ou uma revista do gênero. E é possível encontrar de tudo, de novatos que nunca publicaram nada impresso, dependendo exclusivamente da rede pra mostrar seus trabalhos, até desenhistas veteranos que encontraram nos blogs uma forma rápida e instantânea de dar vazão à criatividade. Só aqui no Rio Grande do Sul, são vários. Caso do André Macedo, autor de várias publicações, ganhador de alguns prêmios e que já expôs os seus quadrinhos até na França.

Ele começou a publicar na internet em 1996 (sim, a data está certa) a convite de um provedor que não existe mais. Desde o início o objetivo era bem claro. “Sempre achei que o importante é fazer contato. A internet surgiu como uma alternativa revolucionária pra fazer contato”, conta. Como coordenador do projeto Laços Estúdio de Animação, de Pelotas, o André tem um forte trabalho de animação também.

Recentemente foi montado um estúdio de televisão dentro do estúdio de animação, fazendo com que a partir de agora possam ser feitos programas pra serem veiculados em tempo real pela web.

Turma nova

Com bastante experiência impressa mas poucos anos de internet, o Rafael Sica começou publicando tiras num site a convite de um amigo. O blog só apareceu em setembro de 2004. “Foi uma alternativa pra publicar meu desenho, mas que acabou servindo pra divulgar bastante o trabalho”, lembra. Autor de personagens impagáveis, como o “Cara de Plástico” e o “Sr. Desculpas Esfarrapadas”, o Rafael publica no caderno Folhateen, da Folha de S. Paulo e já ilustrou pra revistas como Mundo Estranho, Superinteressante, MTV, VIP, Trip, entre outras. Também faz parte de um projeto do site Tirinhas.com.br, uma “Agência Nacional de Quadrinhos” com dez integrantes. Por enquanto não passa de um projeto, mesmo. “Desenhistas têm dificuldades organizacionais crônicas”, entrega. Coincidência ou não (espero que seja a segunda opção), o Rafael resolveu parar de postar no blog no mês passado. Ele já vinha com a idéia de publicar os quadrinhos em um site próprio há um bom tempo, mas parece que agora é pra valer. Vamos ver o que o futuro nos reserva.

Criado em agosto de 2005 como Tiras da Nina, o blog da Mauren Veras começou como uma espécie de “blog irmão”. Um amigo dela, o Leo Garcia, tem um blog chamado Tiras do Bruno. A Mauren, fã das histórias do Bruno, resolveu criar uma namorada pra ele, a Nina. Gostou tanto da idéia que decidiu desenhar mais tiras e ainda criar outros personagens, como o Reginaldo e a Regina, um pinto e uma coruja que formam uma dupla musical. Não satisfeita, passou também a desenhar a si mesma em tiras regulares no blog. Pra alguém sem experiência alguma de publicação, o blog foi uma grande conquista. “Não conseguiria pensar na hipótese de criação de um site pra uma eventual publicação dos meus quadrinhos, eu não teria a mínima noção de como fazê-lo. O blog foi uma ferramenta fácil, logo eu já sabia o mínimo que eu achava que precisava saber: fazer upload de imagens e linkar quem eu achava interessante”. De tanto confundirem a tal da Nina com a própria Mauren, ela resolveu trocar o blog pra Tiras da Mau, recentemente. Espera-se que acabem os mal entendidos, pois.

Apesar de não ter nenhum trabalho impresso até o momento, a Mauren aguarda pra breve a estréia fora da rede. Está pra sair uma história em quadrinhos na revista carioca Tarja Preta. “Quer dizer, a coisa saiu da internet pro impresso. O convite pintou porque viram o blog e curtiram as tiras”, diz. Nos planos da moça ainda estão a participação (mesmo que à distância) numa exposição de quadrinhos alternativos em São Francisco, nos Estados Unidos, e ilustrar Havaianas com o personagem Reginaldo. O que começou como brincadeira parece estar virando sério. “Eu desenhei vários Reginaldos nas minhas Havaianas, fiz uma fotinho vagabunda com minha webcam e postei no blog, dizendo que tava vendendo. Uma garota de Brasília viu, curtiu e quis comprar. Daí postei a mesma foto no Flickr e um cara de Londres viu, achou um barato e quis comprar pra dar de presente pra esposa. Desse eu ainda estou esperando os Euros chegarem pra mandar pra ele”. Legal, não?

Outra guria publicando em blogs é a Chiquinha, com seu Chiqsland Corporation. A falta de familiariadade com blogs e afins sempre a afastou de projetos virtuais. Tanto que o primeiro blog nem foi criado por ela e sim pelo veterano Fábio Zimbres. “Ele já conhecia meus desenhos e falava sempre: “Chiquinha, tu tem que ter um blog”. E eu nada... Até que um dia ele mesmo fez uma conta pra mim e mandou por e-mail! Fiquei tão lisonjeada que daí por diante dei início aos meus trabalhos por lá”, diverte-se. “Hoje em dia acho muito legal ter um blog, independente de publicar na mídia impressa, porque além de alcançar um público maior tu tem liberdade pra postar no formato que quiser, fora o fato de não ter nenhum editor te censurando, dizendo que isso ou aquilo é inadequado pros padrões editoriais da publicação. Esse é o ponto mais vantajoso”.

É por todas essas vantagens que a publicação de quadrinhos em blogs tem aumentado e atraído muita gente, que não precisa torcer pra conseguir espaço numa revista ou jornal. É só criar o blog e botar a imaginação – e o talento - pra funcionar.

compartilhe

comentários feed

+ comentar
Rodrigo Teixeira
 

Muito bacana. Q os quadrinhos tomem de assalto o país e o desenho animado brasileiro, com personagens brazucas, comece a dar as caras para a criançada na televisão 'aberta' brasileira.

Rodrigo Teixeira · Campo Grande, MS 14/8/2006 23:48
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Thiago Camelo
 

Ah! Uma dica. Uma pesquisa pela tag quadrinhos dá um panorama bem bacana sobre o que vem sendo produzido no país.

Thiago Camelo · Rio de Janeiro, RJ 15/8/2006 19:01
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Sergio Lima
 

Interessante. Confesso que nunca vi algum autor de quarinhos publicando em blogs. mas realmente é uma maneira eficiente de divulgar o rabalho

Sergio Lima · Rio de Janeiro, RJ 16/8/2006 03:04
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Eduardo EGS
 

Pois é, Sergio. Tem muita gente - mesmo - publicando em blogs.

Tenho certeza que em cada estado podemos encontrar inúmeros exemplos de blogueiros quadrinistas. É só pesquisar!

Eduardo EGS · Porto Alegre, RS 16/8/2006 09:21
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
brunovianna
 

E o blog do Allan Sieber? Genial. http://talktohimselfshow.zip.net/

brunovianna · Rio de Janeiro, RJ 17/8/2006 10:53
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Carlos Hollanda
 

Jóia o trabalho do pessoal do blog. Como a galera acima disse, há um bom tempo tem artistas feras publicando em blogs ou em sites independentes, não raro gratuitos. Abração!

Carlos Hollanda · Rio de Janeiro, RJ 2/11/2006 12:14
sua opinião: subir
dMart
 

bacanaço o artigo, Eduardo!

grande mérito por não focar somente a produção realizado em Porto Alegre, como é o caso do fantástico Alma, o André Macedo. e ele tá com uma trupe bacana de artitas trabalhando lá num projeto coletivo de animação. vale outra pauta.

baita, dMart.

dMart · Porto Alegre, RS 6/11/2006 13:44
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Rafael Monteiro
 

É incrível como o Brasil tem talento pras hqs, e os artistas não encontram espaço pra publicar seus trabalhos. O negócio é mesmo se virar, como essa matéria mostra muito bem!

Rafael Monteiro · Niterói, RJ 16/11/2006 02:49
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados