Procura-se a autonomia da cultura amazonense

Overmundo
Centro da capital do Amazonas
1
Redator Overmundo · São Paulo, SP
10/1/2013 · 22 · 0
 

*Artigo sobre a fusão das pastas de Cultura e Turismo na capital do Amazonas, por Thiago Hermido


A autonomia da cultura manauara, tão debatida por artistas, produtores e agentes culturais em âmbito artístico, agora é questionada na esfera das políticas públicas em Manifesto publicado ontem (9 de janeiro de 2013), pela mobilização social intitulada #MobilizaCulturaManaus, que indaga a decisão do prefeito eleito, Artur Neto (PSDB), de unir as pastas Cultura e Turismo e criar a Agência Municipal de Promoção Cultural e Turismo, órgão gestor que ninguém sabe ao certo do quê vai tratar.

O Manifesto é resultado de uma reunião aberta convocada por meio das redes sociais e realizada no Coletivo Difusão, em dezembro do ano passado, que contou com representantes de linguagens artísticas, comunicadores, conselheiros de cultura (municipais e estaduais) e grupos organizados, que defenderam a autonomia da pasta Cultura, em virtude de recursos próprios para o setor e da administração independente, que atenda as demandas e necessidades de Manaus.

O grupo procura entender tal escolha, tendo em vista as recentes conquistas como a inclusão do Estado e Município no Sistema Nacional de Cultura, a criação e efetivação da Frente Parlamentar de Cultura do Estado do Amazonas e a criação do Plano Municipal de Cultura, sem contar os avanços em relação a produção cultural e o entendimento da cadeia produtiva da cultura que vem se fortalecendo na capital amazonense, sub-sede da Copa de 2014.

Teria Arthur esquecido da Cultura, como bem pontua o antropólogo e professor da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Ademir Ramos, nesse texto, ou apenas uma equipe de transição desatualizada dos processos culturais que vem ocorrendo no Brasil, do entendimento que cultura é promoção de evento, festas, shows, festivais megalomaníacos, o famoso pão e circo?

As respostas tem até data para serem respondidas. Será no dia 22 de Janeiro, quando Inês Daou, nome indicado para assumir a Agência, irá se reunir com os fazedores da cultura da cidade de Manaus para responder as dúvidas, questionamentos e inquietações a respeito do modelo adotado pela nova gestão municipal para tratar do assunto. O local e horário ainda serão definidos.

Lembrando que a decisão do novo Prefeito - que já governou a cidade no início dos anos 90 - desce um degrau sim no que se diz respeito a gestão! Pois a cidade já teve uma Secretaria Municipal de Cultura, uma Fundação Municipal de Cultura e Artes (ambas pastas independentes) e, de repente, enquanto há uma tendência nacional, em que várias cidades brasileiras criam-se pastas únicas para cultura, ou as desvencilhiam de outras, em Manaus, a opção é unir Cultura e Turismo em uma agência de promoção.

Agora é esperar as respostas aos movimentos culturais.


compartilhe

comentários feed

+ comentar

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados