Qual o gosto do seu boteco?

Foto: André Melo
1
Natacha Maranhão · Teresina, PI
23/12/2006 · 389 · 63
 

Pastelzinho? Croquetinho? Bolinho? Empadinha? Ir pra um boteco no Piauí esperando encontrar esse tipo de tira-gosto é perda de tempo.

Não sei se por causa da história de que “;beber comendo ajuda a não ficar muito bêbado”;, nós aqui caprichamos na comidinha; salvo raras exceções, a ordem é ter comida que dê “;sustança”; na mesa.

Em uma pesquisa que fiz via Orkut com alguns botequeiros assumidos, o tiragosto mais votado foi o “;Arrumadinho”;. Consiste em carne de sol trinchada, feijão tropeiro e arroz maria-isabel, tudo junto no mesmo prato, bem arrumadinho, e coberto por uma chuva de cheiro-verde picado. O melhor do Piauí, segundo os entrevistados, é o do bar do Pernambuco.

A panelada, já citada aqui no Overmundo, é outra delícia muito pedida para acompanhar brejas geladíssimas. Feita com bucho de boi muito bem temperado –; tem que ter muita folha de louro, pimenta do reino e cebola -, o bom é comer com farinha, gotinhas de limão e pimenta. A que é vendida no Mercado da Piçarra é famosa, e aos sábados, quando o mercado fica lotado, uma cerveja antes do almoço (que como já disse o mestre Science é muito bom pra ficar pensando melhor) acompanhada por um pratinho de panelada é obrigatório. No Cantinho do Jambo a panelada é o tira-gosto mais pedido.

A carne de sol também é boa opção. Depois de passada na manteiga com rodelas de cebola, é trinchada e aí é só comer. É quase irmã siamesa da paçoca, as duas se completam com perfeição. E a paçoca nada mais é que carne de sol socada no pilão com cebola e farinha, até ficar uma espécie de farofa (mas não vá chamar paçoca de farofa porque isso é uma ofensa!), que é passada na manteiga e servida com cheiro-verde picado. Se pedir esse prato como refeição e não como tira-gosto, vem ainda com arroz maria-isabel e se o dono do boteco/restaurante for bem esperto, uma bananinha pra acompanhar. A bananinha é uma estratégia para fazer os clientes voltarem. Conheço gente que prefere um lugar a outro só por causa da dita.

No restaurante Carnaúba, que funciona há mais de quinze anos, os garçons contam que tem gente que chega pensando em só tomar cerveja e comer um tira-gosto, mas acaba pedindo refeição –; especialmente de carne de sol, carneiro ou linguiça caseira - porque sai mais em conta.

O sarapatel é um petisco polêmico. Quem gosta, gosta muito, ama e adora. Quem não gosta morre de nojo e não come nem pra ganhar dinheiro. É feito com vísceras picadas (pode ser de porco, de carneiro, de bode) e muito tempero; come-se com gotinhas de limão e farinha.

E numa cidade abraçada por dois rios, claro que tem que ter tira-gosto de peixe. No Pesqueirinho, restaurante e bar tradicional, as piabas fritas pedem a companhia de uma cerveja gelada. Elas são pescadas lá perto e chegam fresquinhas; são fritas em óleo bem quente até ficarem torradíssimas.

Na beira do rio Parnaíba, dezenas de lavadores de carros oferecem seus serviços todos os dias e aos sábados o lugar já virou point. Quem quiser esperar a lavagem do carro tomando uma geladinha tem que chegar cedo, senão não encontra mais lugar para sentar. Lá, as manjubinhas (são peixes pequeninos) fritas são uma atração à parte e come-se com vinagrete e farofa.

O publicitário Siqueira Campos, botequeiro de carteirinha e membro do Conciliábulo de Teresina –; um grupo de respeitáveis senhores que se reúne (num boteco, claro) para tomar cerveja ou uísque ou rum ou cachaça e falar da vida da cidade e seus moradores –; afirma categoricamente que a piaba frita é o tira-gosto mais piauiense que existe. “;Eu só vejo piaba frita aqui e no Ceará, mas a daqui de Teresina é a melhor de todas, bem feita, bem fritinha, é uma delícia”;.

Nos fins de tarde de sábado e domingo, o caranguejo é de lei. Vindo de Parnaíba, o bichinho tem fãs ardorosos. Em bares como o Salute e o Novo Mangue, são vendidas centenas de cordas de caranguejo nos dias de maior movimento. Nada de patinha à milanesa, o que o povo aqui gosta é de caranguejo toc toc, para quebrar as patas e comer tudo, inclusive a cabeça. Em alguns bares, uma gentileza agrada e muito: depois que se come as patas, é só pedir com jeitinho que o garçom leva os “;peitos”; para serem cozidos em molho de leite de coco e traz de volta pra mesa, para alegria dos mais fanáticos.

E já que falamos de caranguejo, não dá para deixar de citar o camarão ao alho e óleo do bar do Daniel, considerado o melhor da cidade. “;Quando pedimos mal passado, aí sim fica perfeito”; diz Siqueira, que cita ainda o espetinho do Zé de Melo, o peixe do VTS, a panelada da Lili Bolero e o frango do Zé Filho como petiscos que são a cara dos bares do Piauí. Ele afirma que comida de boteco tem que ser pouquinha, servida em porções pequenas, para que os clientes peçam sempre mais. Alguém discorda?

No último encontro de overmanos e overminas no Rio, comentamos que seria interessante fazer um paralelo entre o que se come nos botecos de cada lugar. O Piauí já mostrou, quem mais se habilita? Adianto que é um texto, literalmente, muito gostoso de fazer!

compartilhe

comentários feed

+ comentar
Thiago Camelo
 

Muito triste ler tudo isso na hora do almoço :)

Thiago Camelo · Rio de Janeiro, RJ 21/12/2006 11:42
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Helena Aragão
 

Hum.... O que é arroz maria-isabel? será que tem aqui e eu não sei?...

Helena Aragão · Rio de Janeiro, RJ 21/12/2006 15:33
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Natacha Maranhão
 

é arroz com carne de sol picadinha, Helena. A carne picada é refogada com cebola e depois coloca o arroz, cozinha tudo junto, o arroz fica amarelinho!! Nossa, bom demais!
Vem me visitar aqui que eu faço um pra você, hahaha

Natacha Maranhão · Teresina, PI 21/12/2006 15:51
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Helena Aragão
 

Adoraria! Quem sabe em 2007, hein, hein?! Provar o arroz maria-isabel in loco seria uma onda... :)

Helena Aragão · Rio de Janeiro, RJ 21/12/2006 17:51
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
apple
 

Pode ser um bar "melhorzinho", uma casa de shows que sirva tira-gostos? Sou meio "chatinha" com ambiente, sabe? Fora que gosto de comidas mais delicadas...

O camarão, o peixe são bons pratos para mim. Agora Buchada de Bode e similares, não "topo" muito não.

apple · Juiz de Fora, MG 23/12/2006 07:41
sua opinião: subir
apple
 

A carne de sol! Hummm... Adoro!

apple · Juiz de Fora, MG 23/12/2006 07:41
sua opinião: subir
Natacha Maranhão
 

só não pode ser casa de shows que serve tira-gosto (estranho isso...) porque a idéia é falar de boteco mesmo, Criss...
que é uma paixão nacional!!
não entendi o "melhorzinho". Boteco não é ruim, se fosse não seria frequentado por tanta gente boa nos quatro cantos do país...

Natacha Maranhão · Teresina, PI 23/12/2006 10:49
4 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Alexandre Inagaki
 

Ótima iniciativa. Adoraria ver as versões do Acre, Santa Catarina, Goiás e Mato Grosso, pra citar quatro estados brasileiros que ainda não conheço, a fim de saber por onde me enveredar quando visitá-los...

Alexandre Inagaki · São Paulo, SP 23/12/2006 10:55
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Eduardo Neves
 

Delícia de texto! E o melhor é que essas iguarias das fotos foram todas "devoradas" no dia da matéria. ;)

Eduardo Neves · Teresina, PI 23/12/2006 11:33
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Fábio Fernandes
 

Natacha, quando eu for aí também querer esse arroz-maria-isabel, Putz, me deu água na boca...
E você me deu uma idéia. Não sei se alguém já topou, mas, mesmo estando em Sampa, eu gostaria de escrever um pouco sobre as comidinhas de boteco do Rio, que são sensacionais!!!

Fábio Fernandes · São Paulo, SP 23/12/2006 11:34
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Eduardo Neves
 

Em tempo: O tema da matéria é "comida de boteco", ou eu entendi mal? Porque tem gente aqui achando que é "comida de spa"...

Eduardo Neves · Teresina, PI 23/12/2006 11:34
sua opinião: subir
Fábio Fernandes
 

Helena, topa escrever uma matéria a quatro mãos sobre isso?
Vou estar aí no Rio entre o Natal e o Reveillon, bem que a gente podia bolar um mini-encontro de overmanos e overminas (eu sei que é em cima da hora, mas, modéstia as favas, as boas idéias costumam ser assim... ;-)

Fábio Fernandes · São Paulo, SP 23/12/2006 11:37
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Alê Barreto
 

Me deram uma boa idéia. Vou começar a olhar com mais atenção os botecos de Porto Alegre!

Alê Barreto · Rio de Janeiro, RJ 23/12/2006 15:29
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Tiago Araujo Melo
 

Adoro botecos, apertados, mas com cerveja sempre gelada e um bom tira-gosto, claro, com os amigos, paraíso!

Tiago Araujo Melo · Aracaju, SE 23/12/2006 16:56
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
apple
 

Hummm... Eu sou meio "chatinha" nesse ponto...não gosto desses lugares tipo "copo sujo"...

apple · Juiz de Fora, MG 23/12/2006 17:47
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Fábio Fernandes
 

Está fechado, então!
Vamos escrever a série "Botecos do Brasil" para o Overmundo!

(infelizmente, com a possível exceção de BH, porque a observação de "copo sujo" da Criss me lembrou de uma coisa importante: na Savassi [área nobre de BH] não tem boteco! - pelo menos do que me lembro dos muitos verões que passei na casa de minha tia em Beagá)

Valeu, Criss!
(Uma sugestão: por que você não faz uns artigos sobre os ótimos restaurantes de qualidade de BH? Também lembro de alguns lugares cinco-estrelas bárbaros aí na sua cidade)

Fábio Fernandes · São Paulo, SP 23/12/2006 18:12
3 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Paula Danielle
 

boteco tan nam nam
boteco tan nam nam
boteco tan nam nam

eita que o bom do boteco (pra quem conhece) é a cerveja gelada no copo americano, comida gordurooooosa que é pra segurar a onda a noite toda e conversa animada!!!
Dá-lhe Mercado da Piçarra, as 7 da matina comendo um misto de tds esses sabores tão nossos...
boteco= sabor de boemia
bjo

Paula Danielle · Teresina, PI 23/12/2006 19:03
sua opinião: subir
Joca Oeiras, o anjo andarilho
 

Querida Natacha:
Aqui em Oeiras o meu boteco preferido é a Gracinha que tem mão de vaca e panelada imbatíveis, além da dona que, por todos os títulos, faz juz ao nome nosseus 1,5 m de simpatia e alegria vital. Diziam que a Gracinha nunca fechava, isto é, a qualquer hora do dia ou da noite se vc chegasse com fome era só bater na janela e ela, mesmo que dormindo estivesse, levantaria toda alegre para servir o freguês.
Diziam...mas agora é oficial. Em dezembro de 2005, reunidos em Oeiras alguns "confrários",que é como se chamam os membros da "confraria de Oeiras" grupo virtual criado por mim no Yahoo, resolveu imprimir um cartaz um cartaz com os seguinters dizeres
"Restaurante da Gracinha, aberto 24h por dia, mesmo quando9 está fechado"
A Gracinha já tem até comunidade no orkut a "Panelada da Gracinha em Oeiras". O restaurante da Gracinha, entretanto, não vende cajuína.
Se perguntada porque ela responde
Se eu comprar meus filhos e , agora, netos, bebem tudo.è prejuízo na certa!
Localizado noi bairro do Rosário (a chamada "doca colina") as madrugadas a Gracinha já presenciaram shows vários artistas que, após sua apresentação oficial em shows e festivais vêm terminar a noite aqui, tomando uma breja, comendo uma panelada e dando canjas inesquecíveis aos demais freqüentadores do boteco, ops, restaurante da Gracinha

Joca Oeiras, o anjo andarilho · Oeiras, PI 23/12/2006 19:24
sua opinião: subir
Joca Oeiras, o anjo andarilho
 

Em Parnaíba, um bar famoso pela freqüencia de intelectuais boemios fiquei sabendo, acaba de perder o dono. Seu Augusto faleceu há menos de um mês. Como o bar era a cara ( e a alma) do dono, eu desconfio que Parnaíba perdeu o bar.
A história do bar do Seu Augusto remonta os idos de 1967 quando o nosso heroi, então com vinte e um anos, apaixonou-se por dona Vicenza, 22 anos mais velha do que ele, e dona do cabaré mais famoso da região do baixo meretricio , a Munguba, que ficava perto da lagoia da quarenta. Casaram-se e, em poucos dias, Seu Augusto já tomava conta sozinho do estabelecimento, quando a dona Vicenza estava doente ou indisposta. Teve que se acostumar com brigas de bebados e putas onde, segundo ele, saia até facada.
Dona Vicenza veio a falecer em 83 e o seu Augusto, viúvo, sem filhos, aos 38 anos, nunca mais se casou (uma prova do amor que devotava a Vicenza)
O baixo meretrício mudou de lugar na Parnaíba, mas o seu Augusto continuou tocando o "Recanto da Saudade da Munguba" ou simplesmente como preferem alguns de seus freqüentadores famosos o "Bar do Augusto".
O bar tem (ou tinha) um ambiente extremanete agradável na sua simplicidade, com as paredes cobertas de artigos sobre a casa e três inspirados poemas de Elmar Carvalho que foi´, aliás, quem nme indicou o local. Nas prasteleiras, ao invés de garrafas, LPs, mais de dois mil, que o próprrio Augusto fazia questão de, só ele, manipular.
As bebidas? Só cervejas, acondicionadas nos freezers. Tira gosto?
Muito pobre! às vezes churrasquinho em nada "especial"
As vezes camarão pré salgado, servido gelado mesmo. Homem sem camisa? Aqui não! Assim era o Seu Augusto com o seu compenetrado jeito de ser, serio mas não triste ao contrário, jovial.
Não vou mentir, em um ano na Parnaíba pouco freqüentei o bar do Augusto: só mesmo para apresentá-lo a amigos. Não gosto de cerveja, minha bebida é a mangueira (pinga piauiense fabricada no municipio de Castelo do Piauí) gelada, que ele não vendia. E adoro tira-gostos variados e bem elaborados. o q ele não fazia a menor questão de ter. O carro chefe do Bar do Augusto era, sem dúvida, a saudade, cosubstanciada na imponente discoteca de que o Augusto se orgulhava muito. Havia clientes que ele conhecia os gostos musicais e aos quais satisfazia antes mesmo de abrir a primeira cerveja. Sem dúvida é um lugar que fará falta em Parnaíba. Parece que o Augusto tinha uma filha de criação... que herdará o espaço e a discoteca. Mas o "Bar do Augusto", não tenho a menor dúvida, este morreu com ele.
Em tempo, doente, já em fase terminal, o seu Augusto recebeu do governo do Estado do Piauí a "Medalha do Mérito Renascença", por relevantes serviços prestados à comunidade parnaibana. Justissima homenagem!

Joca Oeiras, o anjo andarilho · Oeiras, PI 23/12/2006 20:33
sua opinião: subir
Joca Oeiras, o anjo andarilho
 

Natacha, você conhece o Clube VTS em The?

Joca Oeiras, o anjo andarilho · Oeiras, PI 23/12/2006 20:36
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
apple
 

Não...até que boteco sim...tem cada "espelunca"...tem uns mais "arrumadinhos" também que possuem os tira-gostos e as mesas para o bate-papo...

Cinco estrelas? Será que tem alguma ironia nesse comentário? Têm restaurantes e restauarntes também...

É...depois escrevo. Falarei de restaurantes, bares, casas de shows, casas de chás, confeitarias, sorveterias, ... Vamos caminhando!

Se bem quando falo que vou fazer, não gosto de fazer porque aí já cria expectativa e prefiro escrever mais sem compromisso...

apple · Juiz de Fora, MG 23/12/2006 20:57
sua opinião: subir
apple
 

Ah! Seguinte: eu não gosto de beber...seja qual espécie de bebida for. Questão de princípios!

Então, irei me ater aos tira-gostos e bebidas não-alcóolicas...

apple · Juiz de Fora, MG 23/12/2006 21:04
sua opinião: subir
Joca Oeiras, o anjo andarilho
 

Querida Criss: Gosto de vc pq não sei se põe destemor ou por pura ingenuidade você não vacila em dar sua cara a tapa.Em vez de assumir claramente BOTECO NÃO É A MiINHA PRAIA vc busca soluções participativas que nada tem a ver "Vale casa deshow com uns petiscos legais?".Eu diria, meu bem, que no overmindo tem lugar parab tudo, ou melhor, vale tudo mas aqui a Natacha fez uma proposta muito clara BOTECOS INESQUECÍVEIS. E eu ascho ate que você pode contribuir muito legal com esta discussão escrevendo, sabe o que, minha linda? Porque não gosto de Boteco..por Criss-BH
E olha que eu tenhoum palpite, sabe qual é? Que vc não gosta de boteco porque nunca foi levada a um por alguém que entenda e dê valor à magia dos botecos. Que vc chegou num boteco não para curtir mas para não se sentir bem. Se eu te levar a um boteco tenho certezaq que vai passar a amar o genero "boteco".Não é difícil vc godstar de boteco, Apenas vc foi mal apresentada a eles*.
Mas não se peocupe, para mim vc continua sendo a linda e querida Criss de sempre.Aliás, quanto mais te conheço, com todas as restrições, mais gosto de vc, menina.
beijos e abraçoa
do Joca oeiras, o anjo andarilho
*eu quis fazer uma analogia "não existe mulher difícil, apenas mulheres mal cantadas", não se se consegui!

Joca Oeiras, o anjo andarilho · Oeiras, PI 23/12/2006 22:25
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Joca Oeiras, o anjo andarilho
 

Querda Natacha:
O boteco dos meus sonhos, no entanto é aquele do filme "Tomates Verdes fritos" com aquela bela churrasqueira que servia,ao pontio aquelascarnes, o uisque "bourbon" (originário do Kentucki e feito de milho) que eu adoro (a ponto de dispensar a mangueira e o próprio prato da casa ( os tomates vercdes fritos, que. bem seguinhos (são pasados no ovo e no pó de pão, se constituemnum saboroso tira-gosto. Mas eu sei,istoé apenas um sonho "cult".

Joca Oeiras, o anjo andarilho · Oeiras, PI 23/12/2006 22:34
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
apple
 

Olha, eu falo porque penso e gosto de falar o quê penso independente das conseqüências. Não tem nada demais falar, qualquer coisa quem achar que deve pontuar alguma coisa para mim, tudo bem...

É chato levar na cara, mas o pior é ficar amarrado sem poder se expressar. Ou querendo ser muito formal, certinho...o Overmundo tem esse defeito em alguns de seus participantes!

Acho errado é quem faz "cara feia" para os outros... Já estou "manjando" quem são essas pessoas. Daí, entro mais para ver as colaborações de quem eu gosto, entendeu? Os outros vou isolando...

apple · Juiz de Fora, MG 24/12/2006 07:36
sua opinião: subir
apple
 

Não...lógico que foi sugerido uma coisa, mas posso sugerir outra. Daí, a pessoa fala:
-Vou fazer sobre esse tema agora. Já que você está achando, você faz sobre esses outros aí porque tem tais e tais vantagens nesses temas também.

Senão, a pessoa fala:
-Claro! Cada um deve falar de coisas que aprecia para que consiga transmitir o seu interesse, a sua animação 'a colaboração!

Quer dizer, isso falaria eu e as pessoas cujo comportamento, aprecio. Acho que educação no trato com os outros nunca é demais!

apple · Juiz de Fora, MG 24/12/2006 07:43
sua opinião: subir
apple
 

Acho também que deveriam falar a diferença entre bar, boteco, restaurante, ... porque estão falando de algo meio imaginário, não-circunscrito, delimitado!

apple · Juiz de Fora, MG 24/12/2006 07:46
sua opinião: subir
apple
 

De toda forma, Joca, o pessoal aqui não aprecia críticas. Então, qualquer coisa que falasse, achariam ruim. Gostam de ser aplaudidos, parabenizados...isso sim!

apple · Juiz de Fora, MG 24/12/2006 07:49
sua opinião: subir
apple
 

Eu acho nojento comer em lugares com pratos e copos horrosos, mal conservados, sujos. Detesto ver aqueles ambientes feios; cheios de caixas de cerveja aparecendo; mesa de má qualidade ou mal conservados; toalhas de mesa furadas, sujas, horrorosas.

Piora quando ficam na calçada desrespeitando as leis de ocupação urbana!

Detesto comidas que atraem mais pela gordura do que pelo talento no tempero do cozinheiro.

Não gosto de bebidas alcoólicas porque não vou ficar fugindo da realidade usando de um instrumento tão traiçoeiro quanto o álcool. Detesto lugares que atraem pela bebida...tipo aqui tem tais e tais bebidas.

Detesto ambientes cheios, mal planejados com uma mesa praticamente em cima da outra...

Prefiro muito mais ir a um ambiente para dançar ou a uma confeitaria bacana.

Se bem que tem bares, botecos, ... sei lá que são mais arrumados, mais aconchegantes, mais refinados. Se bem que, de toda forma, não é meu tipo de ambiente favorito.



apple · Juiz de Fora, MG 24/12/2006 08:04
sua opinião: subir
apple
 

Resumindo:
-Gosto de ficar 'a vontade e ser bem recebida, bem aceita do jeito que eu sou;
-Gosto de deixar os outros 'a vontade também e colaborar para que os outros venham a encaminhar melhor os seus procedimentos;
-Gosto de pessoas simples, receptivas, alegres, compreensivas, ...

Certa vez, fiquei amiga de uma pessoa por causa disso. Gostei muito do jeito dela andando descalça pela rua porque o sapato estava apertando... Já estava começando a gostar dela, mas foi ali que realmente optei por essa amizade!

Quase nunca decepcionei, viu? Sempre fui bem-vinda na casa dela, por ela, pela família dela. Já chegamos a falar que a nossa amizade será para sempre...

Por enquanto, são 7 anos de amizade, né? Só que é como se diz "O futuro a Deus pertence".

Porque estou falando isso? Ah! Porque eu quero...pronto!

Quem aceitar, vem ser meu amigo. Caso contrário, saí fora...porque não mudo o meu jeito!

apple · Juiz de Fora, MG 24/12/2006 08:30
sua opinião: subir
apple
 

Gosto de chegar no trabalho e perguntar sobre os outros. E vou falando de mim também, independentemente de ter afinidade, proximidade com os outros, ....

Sei lá! Tenho esse jeito assim, sabe?

E proponho 10 bilhões de coisas diferentes lá também. Só que o quê mais gostam é que sou empenhada nas tarefas, comprometida com o andamento do serviço.

Ah, Joca! Acho que você vai ler muito hoje... Hahaha....

apple · Juiz de Fora, MG 24/12/2006 08:40
sua opinião: subir
apple
 

Mensagem aos meus Amigos

Carinho é fonte energética.
Carinho é caminho de amor.
Carinho nunca é demais.
A afetividade é importante, sim.
Pois, como um ser humano ainda imperfeito,
ainda aprendiz, pode bastar-se a si mesmo?
Não, amigos, a individualidade, sem dúvida,
é direito de cada um de nós.
Mas, em excesso, é egoísmo.
Viemos aqui para aprender.
Aprendizagem é sinônimo de troca de experiências,
troca de energia, troca de informações,
troca de afeto, troca e troca...
Carinho é plumagem bonita, macia, gostosa de sentir.
Quem dá afeto se fortifica; quem o recebe se acalma,
se tranqüiliza, se equilibra.
Carinho é sinônimo de amor, amigos.
Amor é bálsamo para a nossa condição de criança espiritual.
Criança precisa de amor para crescer psicologicamente,
afetivamente e fisicamente saudável.
Criança precisa de apoio e de muita troca.
Portanto, também nós precisamos de afeto.
Não esqueçam desse detalhe amigos:
amor é fonte de energia, é vida, é crescimento.
Dêem e aceitem todo o tipo de afeto com verdadeiro amor.
(Castilho)
(Texto psicografado e autorizado pela SEGRAV)

apple · Juiz de Fora, MG 24/12/2006 08:53
sua opinião: subir
apple
 



Em vão buscaremos a felicidade se não a cultivarmos dentro de nós.
Rousseau


apple · Juiz de Fora, MG 24/12/2006 08:59
sua opinião: subir
apple
 

Pensando bem terá uma vantagem nessa série sobre botecos se as diferenças nos hábitos, alimentares principalmente, entre as regiões do país ficarem esboçadas.

Se bem que não levo fé nisso não. Vamos ver! Faço votos de que dê certo...

Por outro lado, a informação na Internet fica diluída e cada uma individualmente não atinge muita gente.

apple · Juiz de Fora, MG 24/12/2006 09:07
sua opinião: subir
jjLeandro
 

Feliz Natal, mina
http://jjleandro.blog.terra.com.br/
http:fotolog.terra.com.br/jjleandro60

jjLeandro · Araguaína, TO 24/12/2006 12:21
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
JuNiN
 

FELIZ NATAL A TDS, FELIZ NATAL CRISS ,ABRÇS

JuNiN · Ribeirão Preto, SP 24/12/2006 12:37
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
DanielCasteloBranco .COM.BR
 

Nossa, esse feijão tropeiro está com uma cara ótima. Eu até aguento umas cervejas só para comer um pratinho dessa delícia. Esse Piauí é demais!

DanielCasteloBranco .COM.BR · Teresina, PI 24/12/2006 13:23
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
achr
 

Depois de tantos comentários, o que vou dizer exatamente...
Aqui em Poa, tem vários botecos interessantes.
Poderia citar o Walter, Naval, Amigos do Mé, Lancheria do Parque... e por ai vai. Todos com suas particularidades, alguns mais "arrumados" outros nem tanto, porém não perdem seu charme. Seguinte, mas dá pra citar o arroz de carreteiro de charque acompanhado por um feijãozinho mexido.
É isso feliz natal a todos.

achr · Porto Alegre, RS 24/12/2006 16:43
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
markinho
 

oi natacha adorei voce escrever sobre os botecos e seus tira gostos ,moro em são luis ma aqui temos varios botecos com cervas geladas e exelentes tira gostos tem peixe pedra que cozido ou frito é uma delicia.caragueijo no toc toc vou pedir da proxima vez que comer alguns que cozinhem a cabeça pois aqui em são luis agente come as patas e cabeça de uma vez só ou seja não pedimos pro garçon da um cozinhada na cabeça quando for aí te procuro
um beijo e feliz natal

markinho · São Luís, MA 24/12/2006 18:32
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Patrícia Andrade
 

Nossa que texto delicioso!É bem verdade que os Botecos são preferência nacional (eu que o diga!rsrsrs). Particularmente eu já tive a satisfação de provar cada parto destes que foram citados. Uma coisa é certa: o que não deve faltar num Boteco é a cervejinha sempre gelada, copos colocados no freezer (alguém já viu isso? Eles fica branquinhos...”vestidos de noiva”) e ainda o bom atendimento do dono do Boteco.
O negócio é fazer logo amizade com o dono do Boteco. Você chega e passa a se sentir em casa!
Vou eleger meus prediletos: sarapatel e panelada.
Na falta dos dois pedimos ao Sr. Raimundo (este é no meu bairro) para assar lingüiça toscana e servir com vinagrete e farofa. Melhor que isso, só dois isso!
E aí minha gente, a Paula Danielle mandou bem: “Boteco = sabor de boemia”

Patrícia Andrade · Teresina, PI 24/12/2006 19:06
sua opinião: subir
Paulo José
 

Por que será que cerveja gelada combina com tudo?

Paulo José · Alto Paraíso de Goiás, GO 25/12/2006 16:06
sua opinião: subir
Diana Gaúna
 

Bom!!! Eu adoro comer!! è um dos pecados capitais, a gula, mas muito bom qd posto em pratica!!
Em Cg MS n tem tantas iguarias exoticas, mas os figurões de barzinhus tem um cardapio variado!! Pasteizinhus, bolinos de carne seca c mandioca, caldos variados, porções d um mont d coisas!!! E nós, que estamos nessa área, "O BARZINHO E BOTECO", sempre damos um jeitinho brasileiro d achar um bom petisco!!!!!

Diana Gaúna · Campo Grande, MS 25/12/2006 22:30
sua opinião: subir
Natacha Maranhão
 

Uau! Tá animado o boteco aqui, hein?
Joca, que bom que você falou de Oeiras e Parnaíba! Tem um barzinho de praia lá em Barra Grande que é uma delícia, mas eu esqueci o nome do dono (imperdoável!!). Os melhores tiragostos, camarões enooormes e cerveja vestida de noiva!
Criss, tenho amigos em BH que me falam de botecos ótimos!! Morro de vontade de conhecer...
Fábio e Helena, vou ficar esperando seu texto a quatro mãos.
Alê, mostra pra gente o que tem em Porto Alegre!
Tiago, fala de Aracaju.
Acre, Santa Catarina, Goiás e Mato Grosso, além do Inagaki, muita gente quer saber o que se come nos botecos daí! Paulo José, conta pra gente, tem pequi nos tiragostos de Goiás?
Paula e Pati, beijos, minhas queridas botequeiras!

Natacha Maranhão · Teresina, PI 26/12/2006 10:07
sua opinião: subir
apple
 

Natacha,

Postei uma "surpresinha" para você no Overblog!

Um abraço

apple · Juiz de Fora, MG 26/12/2006 10:14
sua opinião: subir
Natacha Maranhão
 

Uau! Tá animado o boteco aqui, hein?
Joca, que bom que você falou de Oeiras e Parnaíba! Tem um barzinho de praia lá em Barra Grande que é uma delícia, mas eu esqueci o nome do dono (imperdoável!!). Os melhores tiragostos, camarões enooormes e cerveja vestida de noiva!
Criss, tenho amigos em BH que me falam de botecos ótimos!! Morro de vontade de conhecer...
Fábio e Helena, vou ficar esperando seu texto a quatro mãos.
Alê, mostra pra gente o que tem em Porto Alegre!
Tiago, fala de Aracaju.
Acre, Santa Catarina, Goiás e Mato Grosso, além do Inagaki, muita gente quer saber o que se come nos botecos daí! Paulo José, conta pra gente, tem pequi nos tiragostos de Goiás?
Paula e Pati, beijos, minhas queridas botequeiras!

Natacha Maranhão · Teresina, PI 26/12/2006 10:22
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Joca Oeiras, o anjo andarilho
 

Querida Natacha:
Esta história de saber o nome do dono do boteco, no caso dos dois citados por mim, tem a ver com a própria personalidadedo boteco a ponto de, no caso do Seu Augusto já ocorreu, o bar se extinguir com a morte do dono. A Gracinha também: cozinheira de mão cheia, é ela quem habitualmente serve a comida e os bebes, enfim, é tão onipresente no borteco que ele seria impensável sem ela.
Mas existe uma praia popular na geralmente aristocrática Ilha do Guarujá, a praia de Perequê, onde mais de uma dúzia de barracas disputam, lado a lado, a preferência dos fregueses servindo ostras frescas, mexilhões em várias versões culinarias, carangueijos e camarões (não enormes, mas muito saborosos) além das brejas e caipirinhas. Aliás, foi lá que eu saboreei a melhor (inesquecível) caipirinha da minha vida. Neste caso, todos são ótimos e a concorrência é brava, o nome dos donos perde a importância, inclusive por que a gente os freqüenta de quando em quando na temporada. Não são botecos de criar hábito!
De outro tipo é um boteco que fica em plena serra, na estrada entre São José dos Campos e Caraguatatuba, em São Paulo. Se é que ainda existe, há anos não passo por lá, serve, na sua própria definição "O melhor sanduiche de calabreza de São Paulo".Não sei se é isto tudo, mas o sanduiche é muito bom e ele ainda apresenta um diferencial importante: pinga grátis tirada de um tonel de carvalho (vc mesmo se serve à vontade) que fica mais gostosa ainda quando há serração úmida. Este pode ser considerado um "Boteco-Pedagio" vc não a

Joca Oeiras, o anjo andarilho · Oeiras, PI 26/12/2006 10:42
sua opinião: subir
Zema Ribeiro
 

naty, é difícil de achar, mas no maranhão também tem piaba frita. e (você deve saber, risos) manjubinha aqui é também chamada pititinga. já estou pensando no roteiro maranhense (ludovicense, eu diria) de botecos. abração e um ótimo 2007!

Zema Ribeiro · São Luís, MA 26/12/2006 11:25
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Natacha Maranhão
 

Ai Zema, pititinga com limão e farofinha, lá na praia de Araçagy!! Que saudaaaaaade que deu agora!!!
Meu pai tem um roteiro de botecos aí de São Luís, toda vez que ele vai aí tem que passar em pelo menos metade deles, hahaha.
ótimo 2007 pra você também, e pra todo mundo!

Natacha Maranhão · Teresina, PI 26/12/2006 12:04
sua opinião: subir
Antonio Rezende
 

"Caba" do Norte, conheço bem tais botecos e especiarias. Não todos os de Teresina, Claro. Quero ver é quem já provou os pratos deliciosos do BODE ASSADO, em Araguaína, no meu Tocantins.

Antonio Rezende · Palmas, TO 26/12/2006 13:00
sua opinião: subir
Natacha Maranhão
 

Joca, claaaaaaro que eu conheço o VTS!! Fui lá algumas vezes com meu amigo Cláudio Barros e o maridón...cerveja gelada, peixe ótimo (prefiro o cozido, com pirão, hummm) e música da melhor qualidade...E mais o seu Vicente, né? que por si só é uma atração!

Natacha Maranhão · Teresina, PI 26/12/2006 23:12
sua opinião: subir
Natacha Maranhão
 

Joca, claaaaaaro que eu conheço o VTS!! Fui lá algumas vezes com meu amigo Cláudio Barros e o maridón...cerveja gelada, peixe ótimo (prefiro o cozido, com pirão, hummm) e música da melhor qualidade...E mais o seu Vicente, né? que por si só é uma atração!

Natacha Maranhão · Teresina, PI 26/12/2006 23:14
sua opinião: subir
jjLeandro
 

FELIZ ANO-NOVO!!

Abraços

http://jjleandro.blog.terra.com.br/
http://fotolog.terra.com.br/jjleandro60

jjLeandro · Araguaína, TO 31/12/2006 10:30
sua opinião: subir
Ana Cullen
 

Hummmm... já comecei a traçar um roteiro dos petiscos típicos de boteco daqui de Brasília... saindo pra semana que vem uma matéria sobre isso!
Abraços!

Ana Cullen · Brasília, DF 2/1/2007 13:24
sua opinião: subir
Sergio Rosa
 

Ô Fábio, tem uns butecos bem legais na Savassi. Muitas vezes os lugares mais toscos são os que você encontra as pessoas mais divertidas e passa noites memoráveis. Por isso que acho aquele clipe do Rock Rocket genial.

Aqui em BH rola esse festival Comida di Buteco, que é um evento grande e tal. Eu e uns amigos tivemos a idéia de montar um Comida di Buteco Lado B: só os mais toscos, os mais podreras. Formulamos até alguns critérios de avaliação: garçom mais mal humorado, localização mais sujeira, público mais estranho...

Sergio Rosa · Belo Horizonte, MG 4/1/2007 19:44
sua opinião: subir
Fábio Fernandes
 

Salve, Sérgio! Eu realmente não conheço os butecos da Savassi, mas falei mais por tiração de sarro mesmo - não vou a BH tem quase uns 10 anos (quero dizer, estive em 2005 para as bodas de ouro de meus tios, mas fui num dia e voltei no outro, nem deu pra ir a lugar algum). O festival Comida di Buteco também rola aqui em SP (e acho que no Rio tb, alguém me confirma?), mas eu gostaria muito de participar do Lado B quando for aí - aliás, me aguarde que no meio do ano estarei em BH!

Fábio Fernandes · São Paulo, SP 6/1/2007 13:11
sua opinião: subir
Joca Oeiras, o anjo andarilho
 

Sobre o VTS, vejam o que eu escrevi já faz um tempo:
O Clube VTS entre o amor e o ódio
Por Joca Oeiras, o anjo andarilho

Foi o meu querido amigo e cineasta Douglas Machado quem me falou, pela primeira vez, do Vicente, proprietário do "Clube VTS", e de seu restaurante. Situado entre a rua Paissandu e a Av. Maranhão nas proximidades do Palácio da Cidade. Não tem, certamente, uma localização nobre.

O Douglas me dizia que, para ele, não havia lugar mais acolhedor em Teresina. E sobre o Vicente, com enorme simpatia, ele me contou aquela história de que tem gente que ele não deixa entrar no seu "Clube VTS" (eu estava querendo que ele escrevesse uma matéria para o "mais charmoso" sobre um local pitoresco em Teresina).

Mesmo dizendo que é lá o lugar onde se sente mais à vontade na capital do Piauí, o Douglas me colocou que não escreveria sobre o Clube porque, talvez, o proprietário não gostasse...

Foi com esta impressão de entrar numa casa que tem cachorro bravo que, numa bela manhã teresinense, adentrei o Clube VTS escoltado pelo Douglas. A entrada mais parece uma oficina ou borracharia. Quando chegamos tem algumas mesas no quintal onde a comida é servida: ninguém deve ter pressa pois o Vicente faz questão de preparar na hora o ensopado de peixe que garante a fama gastronômica do lugar. É também neste quintal que ele limpa o peixe e o tempera, numa pia asseadíssima especial para este trabalho, como adverte um cartaz: "Não lave as mãos nesta pia"!

Quando chegamos, cerca de 10:30 da manhã, o lugar tinha um ambiente havaiano (como a gente vê nos filmes) todo o mobiliario muito simples e rústico, cheio de verde e com uma convidativa rede a que o sol de Teresina emprestava um colorido todo especial. O Douglas não ia lá fazia tempo e foi efusivamente recebido pelo simpático Vicente que reclamou da sua ausência. E nós tomamos umas três mangueiras cada um para esperar o peixe ensopado que veio delicioso.

Gostei muito daquela manhã em que, pela primeira vez, estive no Clube VTS. Fui lá novamente anteontem à tarde e mantive a mesma impressão da primeira vez: um lugar especial.

Mas tem muita gente que odeia o VTS, chamando de imundo, o lugar e de casca grossa, o Vicente. E eu acho que é isto é até um charme a mais, isto de ter defensores fervorosos e detratores ferrenhos. Desta maneira o lugar acaba sendo freqüentado apenas pelos "sócios" do Clube VTS, aquelas pessoas que, para lá das aparências, encontraram no espaço do Vicente um lugar cheio de luz e de calor humano, além de um excelente peixe ensopado. E eu já tenho a minha carteirinha!

Joca Oeiras, o anjo andarilho · Oeiras, PI 12/1/2007 22:44
sua opinião: subir
SILVASSA
 

não li todos os comentários. por isso ne sei se citaram já aqui uma nova onda chamada justamente de baixa-gastronomia.

ou seja, comida sem frescuras nem experimentalismos tolos. sincera, boa, acessível. de forte origem cultural.

parabéns. pra um cozinheiro como eu, que anda saudoso de seu campo de batalha, o texto é um deleite.

SILVASSA · Salvador, BA 15/3/2007 08:47
sua opinião: subir
Arthur Torres
 

Um boteco que ficou na lembrança, "ESCRITÓRIO BAR" em Angra. (final dos 80)Era show, só tinha de diferente a o clima de informalidade, era tudo meio improvisado; Me lembro do cara trazendo a cerveja, quando o papo rolando na mesa lhe interessva, sentava sem a menor cerimônia,_Eu acho..., Tá maluco, não é isso não!...,"O quê? Tá sem dinheiro? Tem problema não, paga depois,...
Faliu! Mas ficou a lembrança boa,...e algumas dívidas!
Abraços.

Em tempo: O termo correto não é "copo sujo" e sim "PÉ SUJO"

Arthur Torres · Paraíba do Sul, RJ 17/3/2007 16:43
sua opinião: subir
Natacha Maranhão
 

Gustavo, baixa-gastronomia é o que há!! Bom demais! Comida de verdade, pra ser saboreada devagarinho, em boa companhia...
beijo pra você

Natacha Maranhão · Teresina, PI 18/3/2007 10:17
sua opinião: subir
maramarina
 

texto de bom gosto, hein? rssrsr

excelente idéia dos botecos do BR? Será que já tá na ativa.

abs

maramarina · Aracaju, SE 10/5/2007 15:37
sua opinião: subir
Fê Pavanello
 

Hum... Que discussão de dar água na boca!!
Aqui em Brasília ainda não conheci muitos botecos, mas em São Paulo é para mim inesquecível a Haideé, que ficava na 9 de Julho, atrás da GV, perto do túnel, sentido Centro. Ouvi dizer que fechou. Na verdade, sei que fechou, mas não quero acreditar nisso e só acreditarei quando voltar à Sampa e ver aquela porta fechada. Haideé é uma pessoa absolutamente incrível e que faz a melhor coxinha que eu já comi na vida e dá os melhores conselhos nas horas mais adequadas possíveis!!!
Lugar minúsculo, mas ricamente freqüentado pelo pessoal da FGV e da São Francisco, além de outros "perdidos" que sempre apareciam.
Que saudades!!

Fê Pavanello · Brasília, DF 18/5/2007 18:34
sua opinião: subir
Guilherme Mattoso
 

que fome!

Guilherme Mattoso · Niterói, RJ 28/5/2007 16:43
sua opinião: subir
FILIPE MAMEDE
 

O texto é uma delícia. Vindo à Natal, não deixe de experimentar o 'Escondidinho de Carne de Sol'. Feito com macaxeira (aipim para Cariocas e, Mandioca para paulistanos), e carne de sol desfiada, o prato é uma delícia. Outra delíca é a paçoca de pilão; carne moída no pilão, com cebola, feijão... vou parar por aqui...

hUUUUMMMMM aBRAÇO.

FILIPE MAMEDE · Natal, RN 3/7/2007 10:16
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

imagens clique para ampliar

Feijão tropeiro, paçoca de carne e baião de dois + cerveja=felicidade de boteco zoom
Feijão tropeiro, paçoca de carne e baião de dois + cerveja=felicidade de boteco
Carne de sol com queijo e manteiga da terra zoom
Carne de sol com queijo e manteiga da terra

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados