Que panorama é esse?

1
Rosiane Farias · , AC
13/7/2007 · 121 · 4
 

Semana do Rock discute a cena do rock pop colocando no caldeirão música, literatura e cinema
A idéia é colocar no caldeirão música, literatura, cinema e lançar o debate sobre o rock pop no Novo Milênio. Que panorama é esse? Para saber sobre tudo isso e muito mais vem aí a Semana do Rock. O evento que vai de 10 a 15 de julho traz um pacote diverso com shows, debates, lançamento de livro e exibição de filmes. A programação acontece nos espaços Theatro Hélio Melo, Atlético Clube Juventus e Concha Acústica.
A Semana reúne em Rio Branco os dinossauros do rock acreano e as bandas emergentes, que começam a escrever mais uma página desse processo. No caldo não poderia faltar nomes do rock nacional como Dado Villa-Lobos (ex-Legião Urbana), Mário Linhares ex-Dark Avenger e atual vocalista da banda Harllequin. Dado faz show com a banda acreana Los Porongas e os convidados Camundogs e Nicles e Linhares abre o Intermunicipal Rock com a participação de dez bandas locais: Fire Angel, Soldier, Metal Live, Nova Banda, Blush Azul, Escalpo, Nicles, Dream Healer, Silver Cry e Filomedusa.
O show Tributo aos Dinossauros do Rock Acreano abre o evento no Ninho da Águia (Atlético Clube Juventus) na terça-feira (10) a partir das 20 horas. Heloy de Castro, Pia Villa e o grupo Capú comandam o palco. Cada um dos ‘dinos’ recebe convidados. A banda Silver Cry saúda Helloy de Castro, Fire Angel Pia Villa e a banda Dream Healer o grupo Capu.
A Semana é uma realização do coletivo formado pelo governo do Estado, por meio da Fundação Elias Mansour e Secretaria de Turismo Lazer e Esporte, Prefeitura de Rio Branco através da Fundação Garibaldi Brasil e o gabinete do vereador Márcio Batista, e apoio da Amupac e Sempre um Papo.
O Rock é mundialmente celebrado no dia 13 de julho. Segundo o vereador Márcio Batista a proposta é fazer uma programação para expor o trabalho das bandas locais.
“A idéia é comemorar a data histórica em homenagem ao rock movimento universal. Aqui no Acre esse movimento vem se enraizando e tomando forma. Bandas locais começam a se projetar nacionalmente. A proposta é fazer uma programação para expor o trabalho das bandas locais emergentes”, diz Márcio Batista.
Para o presidente da Fundação Elias Mansour Daniel Zen existe uma diversidade e contraste nas programações que estão sendo providas no Estado que surtem um efeito de fortalecer o coletivo.
“O evento faz parte da Programação de Verão do governo do Estado, que começou com o 9º Arraial Cultural. Um revitaliza as tradições, e ao mesmo tempo, a Semana do Rock evidencia os movimentos urbanos. Isso demonstra a diversidade da cultura acreana”. Ele analisa que o rock acreano vive um momento de projeção nacional, inclusive com destaque nos veículos de comunicação. “A movimentação da música independente no Estado nos permite a realização de eventos desse porte, com bandas locais e nacionais com uma repercussão arrojada”.
Marcos Vinicius (FGB) analisa a cena do rock no Acre como o resultado de um processo que teve seu boom na década de 80 com o Festival do Amapá que reunia uma multidão à beira do Rio Acre.
“Pia Villa, Helloy de Castro, Grupo Capu e tanto outros caras ajudaram a construir essa cena. A Semana do Rock”.
Cinema e literatura com muito rock in roll
Um diferencial da Semana é que além da música o coletivo arma parceria com o projeto Sempre um Papo e o Circuito Documentário (ABDeC/AC).
No Circuito Documentário música e cinema se unem com a exibição no projeto Circuito Documentário de Botinada – A Origem do Punk no Brasil de Gastão Moreira. O filme será exibido no dia 11 (quarta-feira), às 19 horas, no Theatro Melo. “O documentário narra às origens do punk rock no Brasil, sua primeira fase (1976 – 1984) e o paradeiro de seus protagonistas. Foram quatro anos de pesquisa, 77 pessoas entrevistadas, milhares de horas nas ilhas de edição, 200 horas de vídeo e muitas imagens raras e inéditas compiladas pela primeira vez. Botinada traz à tona essa incrível história contada pelos punks que vivenciaram de corpo, alma e jaqueta de couro essa caótica jornada”
O Sempre um Papo faz o recorte com a Semana do Rock trazendo o jornalista, escritor e produtor musical Alex Antunes, no dia 12 (quinta-feira), às 19 horas, no Theatro Hélio Melo. Antunes irá lançar A Estratégia de Lilith (ed. Conrad), seu livro de estréia que está sendo filmado este ano, com roteiro de Hilton Lacerda ("Amarelo Manga", "Baixio das Bestas", "Cartola", "Árido Movie").
Mesa redonda - Dado Villa-Lobos (RJ), Pablo Capilé (MT), Mário Linhares (DF) e Diogo Soares (AC) participam da mesa-redonda com o tema Retratos do Rock e Pop no novo Milênio no dia 14, de 10 às 13 horas, no Theatro Hélio Melo. O produtor e DJ Dande Tavares media o encontro. A discussão lança o debate: ‘depois do boom de inter-relações propiciado pela internet, a música jovem produzida no Brasil ganha nova dimensão estética, geográfica e técnica. Que panorama é esse?’.

Serviço:
Intermunicipal Rock
Quando: 13 (sexta-feira), 17h30
Onde: Atlético Clube Juventus
Show de encerramento - Los Porongas, Dado Villa-Lobos, Camundogs e Nicles
Quando: 15 (domingo), às 19h30
Onde: Concha Acústica Jorge Nazaré
Acesse a programação no site: www.ac.gov.br

compartilhe

comentários feed

+ comentar
Bia Marques
 

Putz, começa amanhã! Teria sido bacana saber disso pela agenda da semana passada...

Bia Marques · Campo Grande, MS 9/7/2007 22:32
sua opinião: subir
Natacha Maranhão
 

Ei Rosi, que bom ver você por aqui! E ainda mais com notícias do roquenrol!!
beijo

Natacha Maranhão · Teresina, PI 11/7/2007 23:11
sua opinião: subir
Rosiane Farias
 

Olá Natacha
Tá uma maravilha essa terrinha. Arraial Cultural, Semana do Rock, Conferência Internacional de Manejo Florestal Comunitário, 2ª Conferência Estadual de Políticas para as Mulheres e Campeonato Latino americano de motocross fora as baladas e outras coisitas...

Rosiane Farias · , AC 12/7/2007 10:23
sua opinião: subir
Alê Barreto
 

Os que participarem podem se articular para solicitar aos organizadores (que estão de parabéns pela iniciativa) para que na próxima edição rolem atividades de capacitação para trabalho na cadeia produtiva da economia da música.

Alê Barreto · Rio de Janeiro, RJ 13/7/2007 15:47
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados