Quem sou eu, quem é você?

1
Bia Amorim · Ribeirão Preto, SP
5/10/2006 · 84 · 10
 

Quem sou eu?
Bom eu andei pensando e acho que tenho que perguntar, quem eu fui, quem eu sou e quem eu serei!
Por que quando somos crianças (quando eu fui pelo menos), somos "seres" mágicos, tudo o que fazemos e imaginamos é fantástico, comer um biscoito de chocolate, tomar um sorvete, passear e brincar na escola. Vivemos temporariamente na "Terra do Nunca", somos todos Peter´s, claro que tem que ter o apoio de nossos pais, para ajudar a criar a atmosfera nescessária. Depois passamos para a adolescência, então tudo é "festa", as amizades se tornam concretas e eternas, os amores são "complexos".Sentimos diariamente o "friozinho na barriga", com coisas pequenas, viagens novas, novos paqueras, novas escolas, o vestibular, a tão sonhada ingressão na faculdade, mais amigos, mais amores. Na vida adulta, é a fase mais difícil de se passar (na minha opinião), tudo se torna realmente concreto, no caso cinza! Chegam as contas a se pagar, os problemas que muitas vezes aumentamos para resolver, os filhos para criar, temos que dar satisfação ao marido, ao chefe, trânsito, pressa, tudo correria e stress, eu ainda não aprendi a ver com bons olhos a vida adulta e então é que eu faço a pergunta, quem sou eu? Hoje? Não sei definir, sei te dizer quem eu fui, com certeza (e fui muito muito feliz). Também posso dizer quem quero ser, mas fica muito indefinido quando não sabemos o momento que estamos vivendo. Você sabe se auto-definir? Não é extremamente difícil essa auto-analise?
Quem sabe quando eu estiver com certeza do que eu virei eu te diga. E você sabe dizer quem foi e quem é, até quem vai ser? O importante é sempre estar feliz e de bom humor, e com certeza sermos otimistas!

compartilhe

comentários feed

+ comentar
apple
 

É necessário que os pais zelem pelo ambiente dos filhos.

Crianças e adolescentes precisam de orientação, respeito, carinho, apoio.

Precisam conhecer a realidade ao invés de viverem num mundo de alienamento e precisam contar com demonstrações de interesse dos pais em fazer o melhor que possam pela passagem dos filhos nesse mundo.

Os pais precisam dialogar com os filhos, procurando compreendê-los, auxiliá-los no possível.

Por outro lado, pai também nâo é Deus. Não pode tudo. Cada um faz o que sua visâo, sua capacidade permite. Todavia, os pais conscientes do seu papel devem procurar o constante aprimoramento através de leituras, participação em cursos, troca de opiniôes...

apple · Juiz de Fora, MG 2/10/2006 19:43
3 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Bia Amorim
 

Com certeza, eu devo a minha infância feliz aos meus pais e familiares que tiveram contato comigo neste período. Claro que as pessoas nascem com identidades próprias e algumas vezes não pode ser mudado, mas a Educação é princípio para tudo!

Bia Amorim · Ribeirão Preto, SP 3/10/2006 13:24
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Ana Cullen
 

Eu nunca quis crescer... é tudo mais colorido durante a infância... eu detesto cinza!
Abraços!

Ana Cullen · Brasília, DF 5/10/2006 11:44
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Katine Walmrath
 

E haja fôlego, Bia, pra encarar esses questionamentos, que eu acho até saudável que nos acompanhem por toda a existência.
Mas penso que assim como a infância tem o seu encanto, também a vida adulta pode ser vivida com prazer e doçura.
Saudações.

Katine Walmrath · Porto Alegre, RS 5/10/2006 18:12
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
JuNiN
 

vixi ... fikei confuso ... sera que eu vou ter que passar por dificuldades em ser adulto ??? sera que eu vou ter que passar alem da dor ??? sera que eu vou ter que sofrer ??? acho que minha vida imatura .... esta sendo como minha escola ... estou crescendo e aprendendo .... estou aprendendo sozinho .. é claro com ajuda dos meus pais ... sei que daqui uns anos ...vou ter completado meu aprendizado com meus pais ... igualzinho com meus professsores ... eles me ensinam e vão embora ... e eles deixam aquele sentimento em nosso coração .... ao acabar meu aprendizado ..... vou ter que viver sozinho ... trabalhar .. encontrar uma esposa ... e ter filhos .... mais antes preciso acabar meu aprendizado ... para poder ser feliz ... com muitas responsabilidades ...

JuNiN · Ribeirão Preto, SP 7/10/2006 13:11
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Ana Cullen
 

Você não vai TER que fazer nada junin, você pode fazer o que você quiser... mas eu entendo sua angústia toda... mas não existe um caminho certo a ser trilhado... o comum não é necessariamente o melhor...
Abraços!

Ana Cullen · Brasília, DF 7/10/2006 15:21
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
apple
 

Criança também tem problemas. Depende muito do contexto social em que vive, logicamente.
Nunca diria: "Minha infância foi divina! Meus pais foram perfeitos..."

Agora sou mais feliz mesmo com mais responsabilidades. É uma felicidade que nasce do prazer deconhecer o mundo, de saber agir.

Quanto aos meus pais, acho que tiveram suas limitações que me atrapalharam muito. Entretanto, fizeram o quê puderam. Entâo, agora toco a minha vida e vou tentando correr atrás do prejuízo. De toda forma, sempre agradeço pelo que fizeram.

Tenho convicção de que nunca serei perfeita. Nessa medida, aceito incondicionalmente as atitudes passadas dos meus pais.

Hoje estamos melhor como família. Acho que meus pais melhoraram. Estão mais amadurecidos, vividos, dispostos a compreender.

Se tiver um filho tentarei fazer o melhor também. De toda forma, sei que vou errar. Espero, entretanto, que chegue a um bom termo com meu filho.

Espero que seja feliz, seguro, realizado financeiramente, compreensivo, adorador da cultura e das coisas espirituais. Que erre, que tenha os seus problemas! Mas que tenha sempre esperança e "fibra" para lutar, correr atrás do que quer. E que saiba o quê quer; que saiba avaliar as situações e o quê trará bem-estar interior para ele.

apple · Juiz de Fora, MG 8/10/2006 07:07
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
JuNiN
 

concordo plenamente com vic~e ... cris ... acho que depende dos pais ... para nascer o genio do filho ...

JuNiN · Ribeirão Preto, SP 8/10/2006 11:27
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
zaikan
 

Bom eu andei pensando e acho que tenho que perguntar quem eu fui, quem eu sou e quem eu serei!
Por que quando somos crianças (quando eu fui pelo menos), somos "seres" mágicos, tudo o que fazemos e imaginamos é fantástico, comer um biscoito de chocolate, tomar um sorvete, passear e brincar na escola, andar de bike com os amigos, aprontar aquelas confusões, etc... Vivemos temporariamente na "Terra do Nunca", somos todos personagens reais, claro que tem que ter o apoio de nossos pais, para ajudar a criar o clima necessário. Depois passamos para a adolescência, então tudo é "festa", as amizades se tornam concretas e eternas, os amores são "complexos".Sentimos diariamente o "friozinho na barriga", com coisas pequenas, viagens novas, novos paqueras, novas escolas, o vestibular, a tão sonhada ingressão na faculdade, mais amigos, mais amores. Na vida adulta, é a fase mais difícil de passar (em minha opinião), tudo se torna realmente concreto. Chegam as contas a se pagar, os problemas que muitas vezes aumentamos para resolver, os filhos para criar, têm que dar satisfação a esposa, ao chefe, trânsito, pressa, tudo correria e stress, eu ainda não aprendi a ver com bons olhos a vida adulta e então é que eu faço a pergunta, quem sou eu? Hoje? Não sei definir, sei te dizer quem eu fui, com certeza (e fui muito feliz). Também posso dizer quem quero ser, mas fica muito indefinido quando não sabemos o momento que estamos vivendo. Você sabe se auto-definir? Não é extremamente difícil essa auto-analise?
Quem sabe quando eu estiver com certeza do que eu virei eu te diga. E você sabe dizer quem foi e quem é, até quem vai ser? O importante é sempre estar feliz e de bom humor, e com certeza sermos otimistas!
Para juntos conquistarmos um mundo justo e melhor!
Para que possamos ser mais felizes...

By:Roberto Fioravante

zaikan · Itambé, PR 2/10/2007 20:03
sua opinião: subir
Bia Amorim
 

Oi Roberto, adorei seu comentário, acho que cada fase da vida, com certeza deve ser vivida com muito otimismo, tudo tem um rumo e claro que temos que crescer e virarmos adultos, como que saberíamos que tudo o que passamos foi tão bom e mágico?como teríamos tanta certeza dos sentimentos que passamos, crescer é evoluir, o difícil é lidar com isso! O dia que eu souber responder minhas próprias dúvidas, quem sabe...o importante é refletir!!Beijo

Bia Amorim · Ribeirão Preto, SP 3/10/2007 15:39
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados