São João passou por aqui ?!

Teófilo
Candeeiro apagado
1
Tony Teófilo · Salvador, BA
8/6/2007 · 93 · 3
 

Eu sou jovem, mas ainda me recordo bem de como era gostoso esperar pela noite de São João, ascender uma fogueira para se sentar ao redor com a família e com os amigos para assar uma espiga de milho. Ainda me lembro (isso quando no interior, é claro) de como o mês de junho possuía uma atmosfera diferente, uma alegria, tudo era motivo de festa, arrumar um par para dançar a quadrilha da escola, ir à feirinha comprar fogos (hoje tenho pavor), comer canjica e pamonha sem parar. Coisa de criança? Besteira! Peregrinar nas portas da vizinhança perguntando por São João e, novamente, se deliciar com a mesa farta e o melhor do licor caseiro. Combinar com os amigos ir dançar aquele forró “arrasta pé” numa sala de reboco que ficava na roça, há alguns quilômetros pela estrada de terra dali, um namorinho no friozinho da madrugada, isso sim, era festa boa até amanhecer o dia.

Saudosismo? Talvez. E por quê não? Feliz daquele que pode recordar coisas boas. Ou será infeliz? Quem não tem do quê recordar de bom não tem do quê sentir falta...

Quem me conhece de perto, sabe que eu sou urbano (e Salvador pra mim é provinciana), mas tive (e continuo tendo) a felicidade de viver as coisas bacanas que também se passam nas cidades mais pacatas (ops! Ou nem tão pacatas como se pensa). O fato é que, a mim, resta sim saudades. Nem por isso, seria bobo de trocar as festas juninas no interior pra ficar na capital. Já estive por umas duas vezes no empurra-empurra do Pelô, e é melhor estar nos mega-shows a lá Amargosa, Cruz das Almas ou Senhor do Bonfim. Eu disse melhor, e não o melhor. Pois, o melhor mesmo, acredito que ainda exista, fica nas cidades onde a festa é menos mega e ainda tenha um pau-de-sebo pra escalar ou um pote com um gato pra quebrar.

E como gosto de comparar os lugares, não é segredo para ninguém que os festejos juninos são típicos da região Nordeste. Santo Antônio, São João e São Pedro. Em Belo Horizonte, por exemplo, quando tem alguma coisa nesses dias, é uma quermesse numa rua recôndita regada a quentão. Já na capital paulista, a meninada passa sim o mês inteiro soltando os seus fogos pela rua, mas, no mês de dezembro, na véspera do fim do ano.

De qualquer forma, o que vale é a cultura diversa, e assim, que bom os carnavais, os arraiás, as oktoberfest, os rodeios, os bois garantidos. E espero que seja apenas uma tola impressão de que a emoção que se tinha em aguardar por essas datas esteja se perdendo, e quando menos se dá conta o carnaval já passou, o São João já se foi, o ano já deu lugar para o outro, e aproveitamos muito menos do que poderíamos.

Feliz São João!

compartilhe

comentários feed

+ comentar
Andre Pessego
 

legal... e a foto...

Andre Pessego · São Paulo, SP 7/6/2007 14:33
sua opinião: subir
Andréia Santos
 

Gostei do teu texto! o que mais me chamou atençao foi o titulo, e como jornalista, sempre aprendi que o titulo deve chamar para que o leitor tenha interesse de ler o texto! Gostei, mas so uma opniao, se descrevesse mais o que é a a festa de sao joao, ainda daria uma pintada de curiosidade, pra quem nao é nordestinos vim conhecer o sao joao !!!!!

Andréia Santos · Salvador, BA 16/6/2007 19:24
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Tony Teófilo
 

Valeu pessoal, obrigado!

Tony Teófilo · Salvador, BA 18/6/2007 08:57
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados