SÍTIO OFICIAL RADAMÉS GNATTALI

1
RobertoGnattali · Rio de Janeiro, RJ
12/12/2006 · 119 · 4
 

www.radamesgnattali.com.br

Este aí, acima, é o endereço do sítio oficial do compositor, pianista e arranjador, maestro RADAMÉS GNATTALI, gaúcho de origem, carioca por adoção, que em 2006 estaria completando 100 anos de nascimento. Com patrocínio da Petrobras, o sítio foi lançado em agosto deste ano.
O sítio contém muita informação e o objetivo destas linhas é dar uma explicação geral sobre o seu conteúdo.

O primeiro item do menu é a 'autobiografia' contendo uma seleção de falas de Radamés recolhidas de diversas entrevistas concedidas por ele ao longo dos anos. Separada por assuntos, que o usuário vai escolhendo num submenu, a autobiografia traça um histórico bastante abrangente do maestro, baseado em suas próprias palavras. Há informações de várias épocas da sua vida, desde ao seu nascimento, passando pela infância, juventude, até chegar à maturidade. Radamés comenta lances importantes da sua vida profissional, desde quando iniciou carreira no Rio de Janeiro como pianista de concerto; conta como foi parar na música popular, como ingressou no rádio, como conheceu Ernesto Nazareth e Pixinguinha.
Muitos assuntos abordados na autobiografia podem ser aprofundados com consultas ao 'álbum de recortes'. Ali se encontra uma coleção de aproximadamente 150 recortes de revistas e jornais, em alta resolução, desde 1924, quando Radamés estreou no Rio de Janeiro, até a década de 1990.

O 'álbum de fotos' apresenta mais de 150 fotos com legendas que contam mais sobre a vida de Radamés. Textos e fotos podem ser copiados à vontade.
Uma 'linha do tempo' ilustrada percorre todo o trajeto de vida de Radamés, ano a ano, desde o seu nascimento, em 1906 (aliás, desde o matrimônio dos seus pais, em 1905), até 1988, ano da sua morte. A linha do tempo, além de conter informações sobre a vida e a obra do compositor, procura contextualizá-las numa espécie de mapa, onde são traçados e entrelaçados os principais acontecimentos nacionais e mundiais, no campo das relações humanas, das artes, da cultura, da política, ocorridos no período citado.

Outros itens importantes são:
- 'discografia' - contendo, até o momento, 131 discos catalogados, entre Lp's e CD's.
- 'música para cena' , incluindo a música para cinema, teatro e balé;
- 'depoimentos' - uma seção especialmente dedicada à opinião dos amigos e dos críticos sobre algum aspecto da figura humana, do artista, do profissional que foi Radamés;
- 'baixar arquivos' onde, brevemente, se poderão baixar ilustrações interessantes, autógrafos de partituras, trechos de músicas gravadas, programas de concerto e outros;
- 'notícias' - espaço destinado à divulgação de eventos, concertos, seminários, debates, lançamentos de livros, discos, trabalhos acadêmicos e outros relacionados à vida e à obra de Radamés. Para publicação no sítio, enviem dados completos contendo título e tipo do evento, participantes, data, hora, local, ficha técnica, repertório e outros que acharem necessário. Enviar para robgnattali@terra.com.br

Talvez, o principal item do sítio seja o 'catálogo de obras' pois, este, é um banco de dados contendo o registro de todas as obras de música de concerto compostas por Radamés, constantes do seu arquivo particular. São 274 peças, até o momento, sendo que este número vai aumentar já na próxima atualização do catálogo. Esta é a grande vantagem do catálogo on-line, ele pode ser atualizado periodicamente com inclusões de obras e novas informações. Por intermédio do catálogo fica-se sabendo, exatamente, o que Radamés compôs, quando, para qual formação, a quem dedicou etc. Algumas fichas catalográficas são ilustradas com imagens de partituras manuscritas ou editadas em computador. No entanto, não se espere encontrar obras completas pois, não somos autorizados a disponibilizar as partituras de Radamés pela web. Os interessados em obter informações sobre aquisição de partituras devem entrar no 'fale conosco' e enviar uma mensagem, através da caixa de correio, diretamente para a Nelly Gnattali, esposa e viúva do maestro, responsável por este minucioso trabalho de catalogação da sua obra, bem como pela administração do seu acervo.
O catálogo de música popular está em construção e, brevemente, deve estar na web. Já temos em catalogação aproximadamente 200 peças, entre valsas, polcas, choros, marchas, sambas, muitas canções.

Somando tudo, música de concerto com música popular, Radamés compôs perto de 500 músicas. Isto, sem contar os milhares de arranjos que escreveu para a Rádio Nacional, para as gravadoras Victor, CBS e Continental (para citar apenas três), as trilhas sonoras para cinema, televisão e peças de teatro musicado, os arranjos para festivais de música, para as orquestras de baile. O espantoso é que, segundo ele próprio, só escrevia pela manhã, das cinco e meia ao meio-dia. "Depois, não sei fazer mais nada", dizia. E ainda arranjava tempo para a sesta, após o almoço. A tarde era reservada para ensaiar, gravar programas de rádio (Nacional e MEC), reger e tocar piano em gravações de disco. Além disso, participava como regente ou pianista de suas próprias obras, em diversos concertos de música erudita ao logo do ano. Não foi a toa que Tom Jobim compôs um choro com o título “Radamés e Pelé”.

Completam o sítio os itens do menu secundário, localizados horizontalmente, na barra inferior da página. São eles: 'bibliografia', 'sítios relacionados', 'projeto', 'créditos' e 'fale conosco'. E, ainda, no canto inferior direito, onde se vê um pequeno ícone em forma de livro, fica o 'glossário', uma listagem explicativa de termos empregados no sítio, histórico de grupos em que Radamés participou, abreviaturas empregadas no catálogo de obras, etc.

Esperamos que gostem do sítio e façam bom uso dele. Esperamos, também, que enviem sugestões e críticas, apontem erros e nos ajudem a melhorá-lo cada vez mais.

Saudações musicais!

Roberto Gnattali
robgnattali@terra.com.br

compartilhe

comentários feed

+ comentar
Helena Aragão
 

Legal ver que há algo de Overmundo no site do Radamés: a agenda também é construída por todos, todo mundo pode dar dicas de eventos que tenham relação com a obra dele. Já tínhamos falado um pouquinho do site por aqui. É bem bacana ver a possibilidade de diálogo entre quem faz a página e quem usa suas informações. Valeu, Roberto!

Helena Aragão · Rio de Janeiro, RJ 11/12/2006 18:51
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Sá Reston
 

Parabéns Roberto, excelente contribuição!!!! O site está uma beleza, e poucos músicos no mundo merecem tantos tributos quanto o Radamés!!!
Muito Obrigado!!!

Sá Reston · Rio de Janeiro, RJ 13/12/2006 00:21
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
RobertoGnattali
 

Obrigado Reston! Ótimo que você gostou. Recomende o site pra todo mundo. O trabalho agora é divulgá-lo, no Brasil e pelo mundo afora. As pessoas, realmente, desconhecem a grande obra do Radamés e o site pode ajudar bastante nessa divulgação. Estamos agora às voltas para colocar som no site, os exemplos musicais de sonatas, sinfonias, quartetos etc. O problema é conseguir autorização das editoras e gravadoras. A gente chega lá.
Grande abraço.
Roberto

RobertoGnattali · Rio de Janeiro, RJ 13/12/2006 00:34
sua opinião: subir
RobertoGnattali
 

Olá,
Não deixem de ler o texto "Jovens, Populares e Eruditos", da Helena Aragão, no Overblog. Trata-se de uma matéria interessantíssima sobre o novo CD da dupla Marcos Nimrichter (acordeom) e Caio Márcio (violão) com repertório em homenagem a Radamés Gnattali. O texto fala também do próprio Radamés e dá um plá sobre o CD-ROM "Catálogo Digital Radamés Gnattali" que foi lançado em 2005.
Não percam.
Abraço
Roberto

RobertoGnattali · Rio de Janeiro, RJ 19/12/2006 15:14
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados