Teje intimado!

Juliaura Bauer
Tem dias que nem pra baixo o santo ajuda
1
Juliaura · Porto Alegre, RS
29/7/2007 · 86 · 15
 

Não estraga a festa, ô levado.
Deixa essa galhofa de lado
porque é traço, fosse texto, tava borrado
Teje intimidado!


O micro-texto da mini-reportagem sobre a denúncia feita no blogue Novae está agora ampliada de duas ilustrações, o que fiz a partir do debate de edição aí em seguida do texto. Não quis eu reproduzir a íntegra da denúncia feita lá aqui porque não se trata, para mim, apenas do fato, que é público e de jornal, ainda de que de imprensa não grande, mas a relação disto com a liberdade de manifestação da arte.

O mascote é o único que não pode andar armado na festa.

A autoridade, cão de guarda na esquina, extrapola a função de vigia da ordem e, demente, assume a touca da polícia política.
É censura à comunicação de idéias, censura à criação do chargista, que é um artista.

compartilhe

comentários feed

+ comentar
FILIPE MAMEDE
 

Que lástima... quanta coisa é velada nesse País não é mesmo...

FILIPE MAMEDE · Natal, RN 25/7/2007 15:17
5 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Marcos Paulo
 

Oi Juliaura: para colaborações assim, como essa que você publicou, é recomendável postá-la aqui. O Overblog é para publicações de reportagens, ensaios ou críticas.

Essas e outras informações estão disponíveis neste link. Confira!!!

Marcos Paulo · Rio de Janeiro, RJ 26/7/2007 10:41
4 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Juliaura
 

Marcos, querido,
Entendi esse micro-texto como uma mini-reportagem sobre a denúncia feita no linque, fato que já está em um outro blog, que não quis eu reproduzir integral aqui, porque não se trata de reproduzir o fato, que é público e de jornal, mas de comentá-lo de modo crítico e, me pareceu, com arte, ainda que pouca.
Não falo exatamente da nota em que a meretíssima, feito guarda da esquina, extrapola a função de vigia da ordem, mas do retorno, pela cabeça da autoridade demente, da polícia política, o que quis figurar com o cão pastor, geralmente o cão policial por excelência.
Censura e comunicação de idéias tem tudo a ver com a liberdade de exercer a atividade artística, que é o fato narrado no pequeno verso, e eu o estou denunciando como censura para a criação do chargista, que é um artista.

E arte não é pra ser explicada, é arte ou não é.

Agradecida pela atenção.

Juliaura · Porto Alegre, RS 26/7/2007 11:13
3 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Marcos Paulo
 

Concordo com você, Juliaura, mas você já leu o Participe?

Marcos Paulo · Rio de Janeiro, RJ 26/7/2007 12:11
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Juliaura
 

Do participe:
O objetivo é divulgar a produção cultural de todo o Brasil e de comunidades brasileiras espalhadas pelo mundo afora, sobretudo a que não tem acesso à grande mídia.
Marcos,
Eu li o Participe quando me inscrevi no Overmundo, eu leio o participe toda vez que tenho dúvida de algo meu ou de outrem que leia esteja fora de lugar, eu leio de novo toda vez que alguém comenta justificadamente que eu estou postando algo fora de lugar, o que nem vinha mais acontecendo muito.
Agora, queres ser objetivo e dizer onde achas que estou fora de lugar.
Eu considero o que postei uma micro-reportagem.
Se isso não existe, eu inaugurei com criatividade.
Se existe e eu não sabia, eu a fiz por osmose cultural, porque tudo está no mundo e pode pegar, que nem gripe, num outro ser.
E o fiz também porque não acredito que o linque sugerido seja grande midia e acredito que o cartunista, que nem colei aqui a charge porque não consegui ainda falar com ele, é um artista censurado.
Se fosse um cara conhecido e famoso tava correndo abaixo assinado já pra denunciar a conduta imoral e arbitrária da autoridade e pedir liberdade de expressão.
Vai em qualquer sítio da grande midia e vê se acha crítica e arte feito aquela quanto ao PAN.
Aqui mesmo no Overmundo só li um artigo do Spirito, falando que não conseguia financiar projeto de ação cultural para o PAN.
Não tô falando de PAN nem de esportes (apesar de que a mulherada provou há pouco que aqui é sim o país do futebol... feminino)

Eu peço liberdade de expressão pros de baixo, para os pobres, para os pequenos como eu.
Os de cima, os da grande midia têm liberdade de empresa, que lhes garante a palavra ou a mudez dos que eles compram.

Repito: issto não é um poema, embora possa ter amarga poesia nele.
Isto não é ficção, embora possa ser recuperação de uma maldita história que minha avó conta que podou muita rosa no jardim dela e matou muita gente porque não havia flores para cantar, porque não se podia cantar.
Cobra pequena cresce...
Quero uma segunda opinião, mesmo tua, com mais objetividade do que o mero recomendável, que acredito não estar adequado a este postado e nem veda que aqui esteja.
Penso eu que até incentiva, quando fala do escondido da grande midia.
A pergunta que faço é, mesmo sendo recomendável lá, depois que teve falei, é vedado estar aqui?

Juliaura · Porto Alegre, RS 26/7/2007 15:00
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
crispinga
 

Juli, Votei e entendo que você já tem discernimento suficiente para postar onde achar devido. Acho que orientar quem está começando é necessário, ficamos perdidos no começo, como eu fiquei.
Mas seria injustiça tirá-lo do lugar...Ela está falando de sociedade e cultura, lugar para Overblog, não?
Bjs Juli
Cris

crispinga · Nova Friburgo, RJ 27/7/2007 20:24
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
RonaldAugusto
 

juli, juli! abraços!

RonaldAugusto · Porto Alegre, RS 29/7/2007 00:17
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
RonaldAugusto
 

ah, votei! mas, em que pese sua argumentação, tá com cara de poema, sim.

RonaldAugusto · Porto Alegre, RS 29/7/2007 00:20
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Juliaura
 

Ah! Ronald,
Se assim meu mestre entenda
de pé quebrado, espancado, injuriado,
intimidado, enfim intimado
fingida, dar-me-ia por achada:
é, se dizes, de certo, poema o postado
então, assim a matéria será votada
----
Não argumento nem penso outra coisa, Cris, também é o libelo anti-censura, rimado e, com selo de garantia de meu grande inspirador
Ronald, um verso-emblema a erguido a categoria de poema.
___
Tu és aí do Rio, deu em algum jornal local daí alguma coisa sobre a perseguição política ao cartunista. Afinal, O Dia também alterou um monte em várias oportunidades a tal de propriedade intelecutal do pan, esse boneco pilhado de sol aí o mascote, cauê, não é isso?
Aqui ninguém dá nunca nada disso, porque essa gente sempre se proteje.
Tanto é que cartunista bom é cartunista desempregado de jornal que pensa que é grande.
Nem vou citar os nomes mas tem, um, dois, três, quatro... no mínimo, que eu conheço de outras publicações que não diárias.


Agradecida, Beijin.

Juliaura · Porto Alegre, RS 29/7/2007 01:27
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Luiz Antonio Cavalheiro
 

Oi! Juliaura!
Cobra pequena cresce... isso é bem verdade. Já vi essa cobra várias vezes e ela se esconde em lugares impossíveis de se acreditar. Você já deve saber ( eu sei!), minha amiga poeta, quem serve de alimento a essa maldita e, principalmente, quem, na bandeja de prata do cinismo e da hipocrisia, serve as suas refeições.

Cada vez te admiro mais!

Beijos

Luiz Antonio Cavalheiro · Cordeiro, RJ 29/7/2007 07:43
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
crispinga
 

Valeu Juli!
O povo votou, tá votado!
Bjs
Cris

crispinga · Nova Friburgo, RJ 29/7/2007 08:36
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
crispinga
 

Juli,
Como disse o Filipe, inventaram uma censura velada, na minha opinião pior que a escancarada. O prefeito aqui escondeu tudo o que é feio, repórteres foram agredidos, tudo em nome da "Ordem e da Organização"...Já ví este filme antes...
Enfim, o Pan acabou, a vida continua, a "Força Nacional" vai embora e estamos novamente entregues à propria sorte!
Aliás, postei e já deve estar em votação " A mulher, o futebol e a Alegria", uma resposta aquele amigo que falou que futebol é campo estritamente masculino...rsrs
Nossos atletas fizeram bonito, mostraram que honram a camisa que vestem , choraram ao ouvir o Hino Nacional, as medalhas de ouro choveram...
Coisas assim, que podemos chamar de fé ou utopia é que nos mantem caminhando...E é desse povo que me orgulho!
" Andar com fé eu vou, que a fé não costuma faiá..."
Beijos, milha rubra idealista!
CRIS

crispinga · Nova Friburgo, RJ 29/7/2007 08:50
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
crispinga
 

Ronald,
Prazer em conhece-lo! Bem vindo ao Overmundo e nos presenteie com suas charges no Banco de Cultura! rsrs
CRIS

crispinga · Nova Friburgo, RJ 29/7/2007 08:57
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
crispinga
 

Ize, já que não está recebendo recados , vou fazer meu jabá aqui:
http://www.overmundo.com.br/overblog/a-mulher-o-futebol-e-a-alegria
BEIJIN
CRIS

crispinga · Nova Friburgo, RJ 29/7/2007 11:40
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Ize
 

Super atrasada , que é tanta coisa pra se olhar no overmundo que fico perdidinha, só venho aqui pra dizer BRAVO!!! menina Juli, que por de trás desse postado, seja lá o que ele for, tem tanto rio que de uma margem não dá pra ver a outra. Sua vovó deve estar orgulhosa de vc. Mande mtos beijinhos pra ela e um grandão pra vc.

Menina Cris, vc sabe né, que já fui há mto tempo no seu artigo, adorei e votei. Bjão pra vc também.

Ize · Rio de Janeiro, RJ 2/8/2007 11:55
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

imagens clique para ampliar

A intimação do patrimônio imaterial refere-se ao mascote do PAN armado de fuzil zoom
A intimação do patrimônio imaterial refere-se ao mascote do PAN armado de fuzil
Latuff vem apoiando a campanha contra a redução da maioridade penal zoom
Latuff vem apoiando a campanha contra a redução da maioridade penal

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados