Tinha um óvni no meio do caminho

Paulo J.S.
Justo naquele dia, naquela hora, naquele lugar
1
Paulo José · Alto Paraíso de Goiás, GO
18/10/2006 · 236 · 29
 

Até meados da década de 1980, a Chapada dos Veadeiros, em Goiás, era habitada principalmente por sertanejos, sacis, negros d’água, romãozinhos, curupiras e mães d’ouro. A partir daí, os extraterrestres começaram a chegar, levados pelos turistas e ufólogos, discoportos foram inaugurados e expressões como chipado, abduzido e nave-mãe passaram a fazer parte do cotidiano.

Hoje, na esfera mística de Alto Paraíso, discos voadores têm lugar especial. Para muitos é uma nova forma de religião, em que santos e anjos são substituídos por seres também voadores, mas extraterrestres, e por seres intraterrestres, estes habitantes de cidades construídas em cavernas no fundo da terra e remanescentes da civilização atlântida.

Esse mundo se divide entre os que acreditam e os que não acreditam. Os últimos são quase todos iguais, mas os primeiros subdividem-se em crentes, ufólogos místicos e ufólogos cientistas. Os crentes querem ver naves espaciais e, se possível, ETs, mas contentam-se com luzes móveis no céu noturno. Será um avião? Um satélite? Um óvni? Se formos literais, desde que não seja reconhecido como tal, um avião também vai ser um “objeto voador não identificado”.

Já os ufólogos místicos dizem ter o privilégio de realizar encontros físicos e astrais com seres extraterrestres, corporificando uma religião universal, na forma de uma fraternidade espalhada por todo o planeta. Os ufólogos cientistas são os que investigam os casos acima, incluindo o de não crentes, e costumam acusar os governos de vários países de guardar segredos sobre o assunto bem como utilizar-se de tecnologia extraterrestre para fins militares. Também são capazes de interpretar coisas sutilíssimas, como o fato de, na etiqueta interplanetária, ser de bom tom não confundir um ET com um EBE.

À revista UFO, o ufólogo Claudeir Covo explica que o ET de Varginha, por exemplo, é um EBE, ou seja, uma Entidade Biológica Extraterrestre. “Sabemos que os seres capturados em Varginha são do tipo delta, espécie de macaco extraterrestre, bem mais desenvolvido que nossos macacos. São treinados pelos seres do tipo alfa e beta para realizarem missões específicas". Estas missões, que acontecem em diversos pontos do planeta, como a Chapada dos Veadeiros, são promovidas por duas ordens interplanetárias: os confederados e os não confederados, os primeiros sendo identificados com o bem.

Gente legal
Segundo os contatantes, apesar de existirem ETs bons e maus, grandes e pequenos, a maioria deles nesta área da galáxia é de gente legal, tamanho médio, dois olhos arregalados (estes já adotados pelos terrestres para ilustrar suas festas trances e raves) e, ao contrário do que se diz, não são verdes, mas cinzas. Tá legal, de vez em quando, eles capturam uns terráqueos para experiências, mas nada que desabone suas condutas. Esses ETs estão em missão de paz e obedecem ao comandante Asthar Sheran. Preste atenção neste nome, leitor, porque esse é o cara.

Para os praticantes dessa nova religião, Asthar Sheran é São Miguel Arcanjo e entra em contato por telepatia, viagem astral ou fisicamente com diversas pessoas ao redor da Terra. Elas funcionam como multiplicadoras de seus avisos e sugestões. Como um santo popular, ele é devotado por milhares, tem seguidores, suas mensagens são discutidas, apreciadas e difundidas e várias comunidades na internet o têm como centro. Sua figura, de um ET quase louro, olhos claros e semblante pacífico e concentrado, vestido de azul e irradiando luz, é ícone da Nova Era.

Para aqueles que se identificam com a causa, quem faz contato com Sheran ou outros comandantes-mestres como Karran e Mória - ou seja, quem for iniciado - conquista poder político e magnetismo e, por isso, está apto, quase como uma missão, a criar uma entidade, na qual a nova religião vai ser ritualizada. Na Chapada dos Veadeiros, a maioria das experiências são pessoais e restritas; publicamente, só o turista e sua busca por luzes que se movem no céu.

A mais famosa das entidades relacionados com contatos imediatos de terceiro grau de Alto Paraíso foi a Fundação Arcádia. Nela, Ergon Abraham Can Hell e sua esposa Inti-Rá mantiam uma movimentada fazenda, onde aconteciam cursos, meditações, treinamentos e contatos e vendiam-se livros de conteúdo ufológico e instrumentos baseados em tecnologia extraterrestre – caso do bastão cromotransmutador, usado para equilibrar a energia dos chakras, aliviar dores e relaxar.

Ali, entre as propostas, uma era constituir um hospital holístico para a prática da cosmoterapia, uma soma de práticas tradicionais e alternativas e conhecimentos extraterrestres. “Além de todo um trabalho de volta à natureza, haveria ligação a uma tecnologia muita avançada”, explicou Ergon. O projeto, contudo, não foi adiante.

Por causa de sua vibração energética, a Chapada dos Veadeiros é um dos lugares preferidos dos crentes para seus encontros. O site Ufo Gênesis a coloca como um dos quatro principais destinos do turismo ufológico no Brasil, ao lado da Chapada dos Guimarães e Serra do Roncador, em Mato Grosso, e Chapada Diamantina, na Bahia. Dessa lista podemos deduzir que os ETs preferem as chapadas.

Por aqui, as atividades incluem eventos de discussão sobre o estágio de relacionamento da Terra com outros planetas, reuniões para ver um disco voador em lugar previamente acertado e cursos, nos quais o condutor tira as dúvidas dos presentes consultando telepaticamente seres alhures.

Popstars
Há pouco tempo, a entidade Humming Bird, sediada nos Estados Unidos e famosa no meio, promoveu um encontro, em Alto Paraíso. Cada convidado pagou por três dias de atividades cerca de R$ 2,6 mil. Entre as questões que apareceram, uma chamou a atenção da participante Sueli Carneiro: o caso de dois chipados, um homem e uma mulher, em que ambos haviam pedido ao condutor-mestre que entrasse em contato com Asthar Sheran, e para propósitos diferentes. Enquanto ele reclamava que tinha perdido o livre arbítrio e, por isso, queria que desligassem o chip, ela estava maravilhada e solicitava, digamos, um upgrade.

Para ser chipado, é preciso ser abduzido e esta é outra categoria. Ser sugado pela luz de um óvni e ir para seu interior, dizem as histórias, pode ser espetacular para uns e traumático para outros. De qualquer forma, quem volta passa a ser uma espécie de popstar no metier, conquistando fãs e admiração. Isso porque não adianta querer ser abduzido, a escolha é sempre dos ETs. Do ponto de vista terrestre, os casos mostram que quem tem mediunidade desenvolvida está mais apto.

Muitos dos que têm a experiência de entrar em contato com os extraterrestres preferem não falar do assunto, sempre alegando que iriam colocar a cara à tapa. “Ninguém acredita. Nem adianta falar. Você fica ridicularizado”, explica um iniciado de Alto Paraíso, que pede anonimato e se recusa a dar entrevista. “O contato físico é limitado. Você fica paralisado. Os encontros então acontecem mais através de viagens astrais, projeciologia”, acrescenta, encerrando nossa conversa.

Os perseguidos são outra categoria nesse universo. Tem dois tipos. Um é seguido ou vigiado por uma bola de fogo, que se move quando a pessoa se move. O professor Paulo Duarte, dono de uma casa no povoado de São Jorge, conta que, numa viagem de madrugada em direção a Alto Paraíso, “uma imensa bola amarela, parecida com a lua cheia”, viajou ao lado de seu carro, a uma certa distância, por vários quilômetros. “Até hoje não sei o que era”, diz. Quando a pessoa está ao ar livre, não raro essas bolas causam queimaduras.

O outro tipo de perseguido é o que invoca a tradicional cena do cinema e da TV, na qual o automóvel é seguido por um disco voador cheio de luzes. São várias as histórias e elas indicam que, quanto mais ermo e mais tarde da noite, mais chances existem de aparecer um óvni. Aqui, cabe uma pergunta: por que, podendo voar, os óvnis preferem, mesmo pelo alto, seguir a rota das estradas? E essa paixão por automóvel? Serão eles apaixonados por carro como todo brasileiro?

Bem, se há um lado tratado com seriedade, os ETs também geram um folclore, expresso em lendas urbanas, brincadeiras e piadinhas. O fotógrafo Ricardo Feres escreve, em seu site, sobre Veadeiros: “confesso que não vi ET algum, mas várias pessoas me garantiram que se eu procurasse bastante, encontraria. Mas acho que abril não é mês de férias interplanetárias, já que o estacionamento do discoporto estava vazio”.

O mochileiro Thiago de Sá informa que, “pelos lados da Chapada dos Veadeiros, há quem acredite existir uma base de óvnis e um centro de operações do Quarto Reich, numa nova tentativa alemã. Relatos de contatos com ETs, cetros mágicos, luzes inexplicáveis, toda aquela região é um poço de misticismo”.

Já no blog de Ernestinho e Suas Mulatas Bezuntadas, o seu titular, membro da Sociedade Ufológica E.T. Phone Home, nos conta: “Certa madrugada, durante uma de suas solitárias expedições ufológicas na Chapada dos Veadeiros, viu-se envolvido por uma intensa luz azulada. Olhou para cima e viu uma gigantesca nave espacial. Começou então a ser atraído e perdeu a consciência. Quando voltou, semanas depois, apenas uma lembrança: um imenso luminoso com os dizeres ‘Sorria! Você está sendo abduzido’."

compartilhe

comentários feed

+ comentar
ronaldo lemos
 

Paulo, como diria o Dr. Spok, o seu texto é fascinante. Fiquei com mais vontade ainda de visitar a Chapada dos Veadeiros. Não deixe de colocar na Agenda do Overmundo os eventos de ufologia que forem acontecer. E se alguém quiser uma palestra sobre o Overmundo nos eventos de ufologia por aí, é só falar!

ronaldo lemos · Rio de Janeiro, RJ 16/10/2006 15:42
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Hermano Vianna
 

alô Paulo: texto realmente fascinante! tanto que para facilitar a vida dos leitores fascinados, os que querem ser abduzidos agora para dar uma volta de disco voador (sempre foi meu desejo secreto), seria bacana você colocar os links para os vários sites citados. sabe como fazer? é só realçar o nome do site, apertar o botão "link" que tem em cima da janela de edição e colocar o endereço do site na outra janela que aparece... sei que minha explicação é péssima: qualquer problema, estamos aqui!

Hermano Vianna · Rio de Janeiro, RJ 16/10/2006 20:19
4 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Claudiocareca
 

Muito bom!! Eu mesmo jah tive contato com um Ovni aqui em Chapada dos Guimarães. Uma bola de fogo amarelo-esverdeada do tamanho de uma bola de futebol voava paralelamente ao solo e depois sumiu. Estávamos em cinco amigos todos sóbrios e todos viram.
Bom pode ter sido um cometa ou asteróide sei lá... Para mim um ovni, sem dúvida.

Claudiocareca · Cuiabá, MT 18/10/2006 12:54
4 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
arlindo fernandez
 

Gases
Grande Claudio! com certeza era desse mundo mesmo.Geralmente são bolsas de gases que saem por rachaduras da terra. A luz pode ser a queima na atmosfera ou reflexo.
Saudações.

arlindo fernandez · Campo Grande, MS 18/10/2006 22:19
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
arlindo fernandez
 

Matéria.
A matéria ficou excelente!!!!
Ovni, nem nos meus sonhos mais selvagens.
Parabens pela matéria Paulo.
abraços.

arlindo fernandez · Campo Grande, MS 18/10/2006 22:23
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Marcelo Cabral
 

Antes desse trem de ET o povo chamava isso de fogo corredor, e é lenda nos interiores por ai afora. Como disse o Arlindo, são gases, acho que de matéria decomposta que ao entrar em contato com o ar, creio que o oxigênio especificamente, inflama e é levado por uma corrente de ar.
A matéria está simplesmente muito boa! A Chapada é um lugar incrível, espero voltar lá.
Parabéns Paulo.

Marcelo Cabral · Maceió, AL 18/10/2006 23:28
3 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Patrícia Alcântara
 

Rá!!!
Realmente... bastante esclarecedor e atrativo! Parabéns...

Patrícia Alcântara · Cuiabá, MT 19/10/2006 04:38
sua opinião: subir
Carlos Hollanda
 

Bem interessante sua análise, Paulo, divertida e ao mesmo tempo séria. Certa vez, visitando o lançamento do livro de um certo senhor das imediações citadas por você, notei que entre as fotos de extraterrestres que, segundo ele, se materializavam em seu templo, havia uma de um ET igualzinho ao "Príncipe Submarino", aquele dos quadrinhos. Tão igual que parecia uma pintura a óleo. Tão parecido com uma pintura a óleo fotografada e depois sobreposta como transparência sobre a foto do templo, que fiquei impressionado... com a habilidade do fotógrafo, claro.

Carlos Hollanda · Rio de Janeiro, RJ 19/10/2006 07:32
3 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Marcelo Cabral
 

Eita Carlos! São Namor, o Principe Submarino!
Deve ter uma seita pra cada personagem mítico criado pela mente do homem, impressionante, deve ter do Thor, Surfista Prateado... As temáticas e a linguagem usadas pelos discípulos de Asthar Sheran são bem parecidas com os roteiros das chamadas "sagas cósmicas" da editora americana Marvel Comics. Espero que eles nos avisem antes do Galactus vir devorar a terra. (Glup)
Interessante e divertido, no mais, o legal é que uma diversidade de crenças convivendo pacificamente no mesmo lugar é uma coisa bacana, nesse aspecto da tolerância, essas novas religiões têm muito que ensinar as outras mais antigas.

Marcelo Cabral · Maceió, AL 19/10/2006 10:36
3 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Carlos Hollanda
 

Ah, nesse quesito, estou plenamente de acordo: as crenças New Age são muito interessantes quanto à questão da convivência pacífica, embora nem todas se tolerem tanto assim.

Carlos Hollanda · Rio de Janeiro, RJ 19/10/2006 11:05
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Me-Mél
 

Chip
Isso mesmo Carlos. Estas crenças a gente pode armazenar num chip ou na memória de um PC. (risos).
legal né???
abraços

Me-Mél · Campo Grande, MS 19/10/2006 12:04
sua opinião: subir
Tati Magalhães
 

Nossa, muito bom de ler o texto mesmo. às vezes me surpreendo com a capacidade humana de buscar naquilo que ela não pode explicar o sentido para sua vida... quando há tanto aqui na terra pra gente conhecer e resolver... acho que essa coisa de ufologia serve principalmente como atrativo turístico para o lugar, e o que pode ser "sério" para uns, vira negócio, torna-se exótico...
Faz mais sentido, pra mim, me energizar com as águas das cachoeiras dos veadeiros, olhar e pisar no vale da lua, caminhar horas para conhecer os cânions e todas as maravilhas daquele lugar, observar as plantas... Tudo muito terreno. Olhar pro céu também é lindo, mas porque tem estrelas e lua...

Tati Magalhães · Maceió, AL 19/10/2006 12:09
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Carlos Hollanda
 

(Risos) imagina quantos giga ou terabytes vamos precisar, hein, Me-Mél!! (risos)

Carlos Hollanda · Rio de Janeiro, RJ 19/10/2006 12:15
sua opinião: subir
daniela labra
 

Muito divertido este texto! Acabo de chegar da Chapada dos Guimarães e essas regiões são pratos cheios para místicos new age. Porém, lá até mesmo o cético dos céticos sente-se energizado pela força da natureza, não há como escapar de tanto poder terreno.

daniela labra · Rio de Janeiro, RJ 19/10/2006 12:25
3 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
s. fontes
 

Texto ótimo, me deu vontade de voltar a Alto Paraíso. Estive lá há uns dez anos e confesso que não vi ETs nem caçadore de ovnis, nada. Também devo ter ido na baixa temporada de abduções.

s. fontes · Palmas, TO 19/10/2006 16:12
sua opinião: subir
arlindo fernandez
 

Paulo,
Veja como eu adoro discos voadores.

arlindo fernandez · Campo Grande, MS 19/10/2006 18:55
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
arlindo fernandez
 


foi

arlindo fernandez · Campo Grande, MS 19/10/2006 18:56
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Paulo José
 

Arlindo,
acho que você é um ET disfarçado de terráqueo.

Paulo José · Alto Paraíso de Goiás, GO 20/10/2006 10:48
sua opinião: subir
Carlos Hollanda
 

Bom, não pode ser possível não existir vida inteligente em algum ou alguns outros planetas. São tantas galáxias, estrelas, planetas que não se conhece... Mas pelo jeito o Paulo e a Daniela estão certos: o Arlindo deve ser um ET disfarçado, tal o talento dele; não há como escapar de ser seduzido pela beleza e o encantador ar místico que envolve a chapada. É mesmo uma coisa muito boa.

Carlos Hollanda · Rio de Janeiro, RJ 20/10/2006 10:53
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Sofia Amorim
 

Adorei esse texto. No começo, achei que seria algo do tipo "acredite em et's". Ao contrário, o texto é tão bem escrito que parece satisfazer tanto os crentes, quanto os não crentes (e os outros dois tipos de ufólogos). Ao mesmo tempo, senti uma certa ironia (deliciosa) no texto.
Estive em Alto Paraíso há 3 anos e não vi nada. Mas senti uma energia maravilhosa e achei esta terra inesquecível, marcante. Independentemente do que se acredita, como disse Carlos Hollanda (acima) não há mesmo como escapar.

Sofia Amorim · Ribeirão Preto, SP 20/10/2006 13:23
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
arlindo fernandez
 

Gostei.
Paulo José, passei um sufoco nas mãos dos homens de preto.Fui expulso, mas voltei...
saudações pantaneiras do sul
af.

arlindo fernandez · Campo Grande, MS 20/10/2006 13:45
sua opinião: subir
arlindo fernandez
 

Et
Carlos,
Gostaria que vc visse a minha cara de felicidade!!!!
Hoje devo escrever umas 50 páginas por conta desse combustível.
escrevi estes versos por conta disso
Alienigena Visão
Nos obscuros mangues dos braços em espiral do cisne,
os humanos evoluiram até chegar a inteligência.
Mas não entendi o motivo de trocar machados de pedras por armas nucleares,
pois a comida continua a mesma!!
Os seus açougues são mais confortáveis que aquelas reuniões na vasta planicie africana em tardes avermelhadas.
Ao observar a Terra flutuando como um grão de poeira ao longe,
percebi que era apenas a aurora daquelas criaturas
os homens
af

arlindo fernandez · Campo Grande, MS 20/10/2006 14:00
sua opinião: subir
andrecatuaba
 

A figura mais mítica da chapada se chama Zé do banjo e no começo do milênio resmungava e tocava seu banjo - sem cordas - num camping improvisado ali perto do centro - se é que extsite centro em São Jorge.

andrecatuaba · Brasília, DF 21/10/2006 21:55
sua opinião: subir
Mateus
 

Cara eu acredito muito nestes temas! Olha só, dia 20/10 meu primo filmou um OVNI lá em Brasília, olha que o cara eh moh cetico. A midia local nao cobriu nem comentou nada. Ha algo muito estranho no ar,todas as pessoas ja estao comentando..ve o que vcs acham!! O video ta lka no Youtube

http://www.youtube.com/watch?v=CIdckAWFf9U

Mateus · Arapoema, TO 25/10/2006 16:36
sua opinião: subir
Luigo Legna
 

Gostei muito da temática abordada e a forma em que o texto foi conduzido, gosto muito deste assunto em particular até tenho uns vídeos no youtube que tratam este tema bem a serio, quem quiser ver clica aqui, e vc Mateus que zueira em! rsrs melhores do mundo!
pensei que fosse algo sério e fui lá ver!

Luigo Legna · Passos, MG 6/6/2007 01:00
sua opinião: subir
Natacha Maranhão
 

Gosteeeei!!!
Aqui no Nordeste os ovnis são cercados de lendas que o povo do interior do interior do interior jura que são verdade. Fala-se dos
"aparêi" (aparelhos) que sugam o sangue dos meninos de noite, dos que dão choque nas pessoas e sugam a energia dos animais nos currais...
Já passei uma madrugada na beira de um açude esperando um tal disco voador que juravam que ia lá toda noite...não vi nada, só um pescador brincando com uma lanterna...mas depois fui no sitio de uma família, no meio do mato, das brenhas, e o dono da casa jurou de pés juntos que estava tomando banho, quando saiu da água sentiu um choque e foi derrubado no chão. A mulher dele olhou pra trás e só viu uma luz forte no céu...
vai saber o que era, né?
Muito bom o seu texto! Parabéns!

Natacha Maranhão · Teresina, PI 30/7/2007 20:25
sua opinião: subir
Gil Rocha
 

O mundo é um universo de possibilidades!! O que é certo ou errado é relativo, verdade, mentira ou ilusão..quem é que sabe.

Gil Rocha · Santo André, SP 26/5/2011 00:25
sua opinião: subir
borracha
 

pois e pessoal tenho uma borracharia na estrada e uma certa noite por volta das 3.50 da madrugada encostou um onibus na minha borracharia um pneu trazeiro estava furado e deceräo do onibus 5 lindas garotas e alguns rapazes era uma banda o calor era intenso e todos estavam assustados enquanto eu tirava o pneu houvia o comentario deles olha cara as luzes eram muito fortes e o mais estranho nao fazia barulho algum senti fortes arrepios mas o pior de tudo foi quando ela veio em cima do onibus e ficou a frente nesta hora pensei to frito ja era e uma das meninas falava viu aquele anao com olho de formiga falou comigo sim e nao mechia a boca e a outra perguntou o que ele falou entao respondeu a outra perguntou o que faziamos ali e se gostariamos de viajar nas estrelas fiquei apavorada e sai correndo e gritei de medo alias quando disseram que o onibus parou foi a maior gritaria pois estavam de frente a um disco voador que os seguia e estavam ate em duvida se continuavam a viajem foram muitas coisas que relataram sem saberem que eu ouvia tinha o nome nas camisetas e onibus eletrocountry agora sei la mas ja ouvi outros como do cantor beto barbosa do fazendeiro joao neves e outros todos sempre a noite rsrsr acreditem se quiser ......

borracha · Ipiranga do Norte, MT 29/10/2011 03:44
sua opinião: subir
Andre Guiomar
 

Li o texto muito boa a definição... Vou deixar o meu relato estava a passeio em São Jorge - Alto Paraiso no carnaval. Saímos para vim embora por volta dás 1:30 do dia 22/02/2012. E o mais inacreditável foi ver uma bola de luz como se fosse chama nos seguindo, apareceu várias vezes por mais ou menos 40 km da estrada sumindo e aparecendo atrás do carro ou do lado em cima da mata. Fiquei apavorado tentamos bater foto mais não saiu nem pensamos em filmar na hora vou uma coisa estranha não faço idéia do que seja mais nos seguiu por muito tempo. Inacreditável estou arrepiado até agora.

Andre Guiomar · Osasco, SP 23/2/2012 19:00
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados