Brasil.gov.br Petrobras Ministério da Cultura
 
 

Trem do Pantanal - O resgate da História

1
Carol Alencar · Campo Grande, MS
16/4/2007 · 98 · 9
 

Muito se sabe que o Trem do Pantanal sempre foi um marco de muita importância para a memória e estórias do “povo” pantaneiro.
A saudade do Trem do Pantanal bate forte nas lembranças de algumas pessoas que, na década de 60, se tornava quase incontida.
Viajantes assíduos daquele trem sacolejando os nossos sonhos, fugindo de uma paixão mal resolvida ou pelo simples fato de viajar, vem na lembrança do famoso e suculento bife a cavalo e da cerveja quente, servida no restaurante freqüentado por gringos, mochileiros e solitários.
Dos amores e desencontros nas cabines mal ventiladas. Quem não viajou no Trem do Pantanal fazendo turismo, buscando novos caminhos rumo aos Andes, ou simplesmente curtindo o romantismo de uma viajem com direito a céu estrelado, não pode imaginar como era o burburinho nas estações superlotadas, gente de todo lugar. A presença do bugre pantaneiro, de pé no chão vendendo chipa, o peixe frito e o caju ao viajante debruçado na janela. Ou o cheiro da relva molhada de orvalho, de manhã, quando estava atravessando o rio Paraguai.
São essas as lembranças de quem fazia as viagens do trem de antigamente.
Resgatando toda uma história e não podendo abandonar o turismo da região, o Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, lançou um projeto que é considerado um empreendimento estratégico para a economia do Estado e um elemento impulsionador de uma política social junto às comunidades da região.
O Governo Federal disponibilizou cerca de R$100 milhões para a recuperação da ferrovia, incluindo locomotivas, no trecho entre Corumbá e Bauru.
O Secretário de Infra-Estrutura e Habitação, Carlos Augusto Longo Pereira, em reunião, disse que, para que o Trem do Pantanal volte a transportar passageiros só falta reformar a estação. “É uma exigência da Agência Nacional de Transportes Terrestres que as estações ao longo dos percursos estejam em funcionamento, e que todas as passagens de nível estejam sinalizadas”, explicou.

A reforma da estação, que foi construída em 1922, vai custar R$ 96 mil e deve começar em dez dias. A conclusão está prevista para o início de abril, quando deve ser inaugurado o Trem do Pantanal com a presença do Presidente Lula.
O Trem do Pantanal irá atender a demanda de turismo entre Campo Grande e Corumbá, em uma extensão de 459 km, utilizando a malha da Ferrovia Novoeste, parceira do projeto do governo.
A princípio, o trem passará por quinze estações ferroviárias, e fará um trajeto da cidade de Corumbá a Porto Esperança. Haverá espaço para 192 passageiros, divididos em cinco vagões, e o esperado é que, em cada estação, por onde o trem percorrer, o turista encontre apresentações e exposições de cunho regional, mostrando um pouco da cultura e dos produtos pantaneiros, como danças típicas, artesanatos, comidas entre outros.
Enquanto esperamos, apenas ouvindo a canção criada por Paulo Simões e Geraldo Rocca, o Trem do Pantanal fica só na memória de uns e na ansiedade dos “novos” poderem um dia deleitar-se da viagem do famoso e estimado Trem.

compartilhe

comentários feed

+ comentar
Bia Marques
 

Bom saber disso, espero mesmo que o trem seja repatriado não só nos trilhos do matão mas por todo esse nosso país continental, quem sabe assim acaba a onda pânico e terror no aeroporto. Já sacolegei um monte pelos trilhos daqui, de São Paulo e Minas... As viagens eram mais bacanas naquele tempo.

Bia Marques · Campo Grande, MS 14/4/2007 22:15
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Carol Alencar
 

Pois é Bia, estamos na expectativa até hoje.
Fiz esta matéria no começo de 2006 e até então..nada!!!!
Infelizmente né, porque toda a história que o famoso Trem do Pantanal constituiu acabou ficando só nas lembranças e na música do Paulo Simões mesmo....

Carol Alencar · Campo Grande, MS 15/4/2007 10:28
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Jefferson Contar
 

Ao que tudo indica, o novo governo estadual não se interessa por este sonho. Resta chorar.

Jefferson Contar · Campo Grande, MS 16/4/2007 03:29
sua opinião: subir
Carol Alencar
 

Se o governo tivesse afim, concerteza já teriamos o trem há tempos!!!! Mas infelizmente não é Jefferson???

Carol Alencar · Campo Grande, MS 16/4/2007 13:09
sua opinião: subir
Bia Marques
 

Quase acreditei, buá!

Bia Marques · Campo Grande, MS 16/4/2007 18:27
sua opinião: subir
FILIPE MAMEDE
 

Muito bom Carol. Deve ser uma viagem muito bacana hein?! As ferrovias brasileiras devem ser bem tratadas. Além de meio de transporte, abrigam histórias tão bonitas como essa. Um abraço.

FILIPE MAMEDE · Natal, RN 17/4/2007 07:59
sua opinião: subir
Carol Alencar
 

Obrigada Filipe..
A viagem é realmente linda! Segundo minha mãe e avó é impossivel você não ter boas lembranças. Desde comidas servidas até os animas a bordo! Realmente era muito bom!!! Pena eu não poder repassar isto para as minhas próximas gerações...
Abraços

Carol Alencar · Campo Grande, MS 17/4/2007 14:41
sua opinião: subir
Cesáurio
 

Gostei muito do artigo. Viajei no "trem do Pantanal" pelo menos por três vezes: na ida para a Bolívia (Santa Cruz de la Sierra, Cochabamba, La Paz, Desaguadero) e Peru (Puno, Cuzco e Macchu Picchu), na volta de lá e, anos depois, na volta de um encontro de comunidades rurais na cidade de Nobres. Voltei de Nobres passando por Chapada dos Guimarães e depois de Cuiabá até Poconé e Porto Cercado (um porto da Itaú que tinha uma cerca em volta). De Porto Cercado desci de chata o rio Cuiabá pelo Pantanal até Corumbá, onde pela primeira vez vi a "frente" da cidade: seu casario colonial voltado para o rio, iluminado à noite. lindo! Quero refazer esta viagem com meus filhos! E quiçá com alguns amigos meus e deles! Que venha o trem novamente!

Cesáurio · Anitápolis, SC 12/8/2008 10:38
sua opinião: subir
Kico Zaninetti
 

Estou indo pra Machu Picchu e tinha ouvido falar no trem do pantanal. Queria que fizesse parte da viagem, mas infelizmente parece que não vai dar certo. Uma pena.

Kico Zaninetti · Belo Horizonte, MG 18/9/2008 17:00
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

veja também

filtro por estado

busca por tag

observatório

feed
Nova jornada para o Overmundo

O poema de Murilo Mendes que inspirou o batismo do Overmundo ecoa o "grito eletrônico" de um “cavaleiro do mundo”, que “anda, voa, está em... +leia

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados