Brasil.gov.br Petrobras Ministério da Cultura
 
 

UM LAUDO COMPLETO - Os lados de Laudo

Laudo
Estúdio do Laudo
1
Patricia Moreira · Vitória da Conquista, BA
23/8/2007 · 216 · 18
 

... Depois de um tempo você começa a deixar o ego de lado:
- esse "sou artista". E deixa a arte te possuir mais - te completar e você ser parte dela. É difícil de explicar, mas é meio por aí...


Laudo Ferreira Junior - cartunista – 43 anos, artista auto-didata, reconhecido no mundo das histórias em quadrinhos e fora dele! Amado e apreciado por centenas de fãs, que vêem no seu fazer artístico, fonte de prazer, imaginação e inspiração. Esse cara consegue, além de dar corpo a imaginação, ser Ator - diretor das expressões humanas mais íntimas – Ele estraçalha a alma de sensações, com seus traços precisos, volumes, sombras, expressão, densidade e movimentos intensos! Coisa que qualquer artista visual sonha um dia alcançar. E o que é mais interessante: - De uma forma muito irreverente e emocionante. Esse é o Laudo.

LAUDO – O nome.

- Todo final de ano aqui em São Paulo é feita a "pizzada dos cartunistas" que reúne quase todo mundo daqui que é da área. Gente graúda e gente miúda, e vez ou outra aparece uns “nerds” malas pra babar ovo pra umas estrelas, e pra encher o saco de outros. Estou na categoria dos que "tem o saco enchido". E então, chegou um cara chato e sem graça - vivo fugindo dele - quando apareço em eventos de quadrinhos e desenho. Mas enfim - conversava com dois amigos, ele se aproximou ao meu lado e antes de mais nada soltou um:
- E AÍ, LAUDO COMO TÁ PERÍCIA, A SUA MULHER?
...
fiquei olhando pro cara - pra cair a minha ficha!
Enfim. Laudo ...Perícia... Entendeu?
- Mas não vou ser preso, por matar um mala desses. Relevei e continuei conversando.

O Início do LAUDO

-Sou um apaixonado pelo que faço, tenho sede de produzir e as primeiras coisas que me lembro e tenho guardado são coisas que remetem aos quadrinhos. Profissionalmente comecei a desenhar em 1983 com uma editora chamada Press, na ocasião ela era um dos pouquíssimos pontos de publicação para autores nacionais, porém lá eles publicavam de tudo desde pornô até ficção e adaptação literária. Aprendi pra cacete na época.

LAUDO no tempo

- Bom, em 1987 eu lancei uma revista independente
chamada "Balada para o futuro" na época em que "balada" era um tipo de música. O meio independente de quadrinhos, na ocasião, estava fervilhando. Depois lancei outros quadrinhos independentes como o "O duelo". E então pelo meu próprio ritmo de trabalho, já há alguns anos, pouco participo do meio independente, mas eu costumo escrever alguns roteiros e tenho alguns compadres com quem trabalho vez ou outra como o Dark Marcos o qual fiz a "Sob o peso das nossas asas"

LAUDO técnico

- É uma mistureba brava, trabalho com aquarela, lápis de cor, tinta acrílica, ecoline, guache, photoshop, mas isso varia conforme a situação, por exemplo, no momento estou trabalhando em uma história em quadrinhos sobre a Inconfidência Mineira , o desenho está sendo feito a nanquim e pincéis atômicos de ponta chanfrada preto e cinza, algo bem solto mesmo, depois vai pro computador e o meu sócio aqui do estúdio da uma cor.

- Olha só, interessante perguntar isso, porque eu preciso desenhar em um tamanho legal, bem maior, mas geralmente a minha página original é 50 a 75% maior que o tamanho que será publicado. Tem uma HQ que estou trabalhando, e é meu trabalho do coração, que se chama "Yeshuah" o original é 27,5 por 37,5cm, grande pra escanear, dá um trabalho do cão, coisa de ariano, mania de grandeza!

- Sim Patrícia, faço a página com todos os quadros dependendo é claro, da história que estou fazendo, pode parecer "viagem", mas preciso começar do primeiro quadro da página até o último na seqüencia mesmo, agora se estou com um roteiro já definido faço os quadros da página aleatoriamente.

- Há dois esquemas que faço, quando eu “arte-finalizo” faço um esboço rápido com lápis HB e já vou pra arte-final no nanquim e canetas. Se outro é meu arte-finalista aí é mais chato, faço um primeiro estudo do desenho em lápis 3H, depois defino melhor com lápis HB daí dou um pré - acabamento com grafite azul, depois uso o lápis definitivo - grafite 0,5mm. O grafite azul? Bem, com ele você não precisa apagar, ele não sai na impressão, na Xerox. Bem eu trabalho assim, mas cada um tem o seu jeitão.

LAUDO e a Nº1

– Isso mesmo, a Tianinha é a número um ! É feita pra uma revista masculina, mas não é pornô, mesmo porque na Hq não existe sexo explícito, digamos que a Hq está mais para o humor erótico, mas é sério, porque a distribuidora da revista que é do grupo da revista Sexy, não distribui material pornô.

- Hum, vamos por partes, a Tianinha é publicada mensalmente nessa revista Total há sete anos, são mais de cem histórias que já fiz dela, em 2000 eu já trabalhava como ilustrador pra revista Sexy, um dia o editor da revista que era muito, muito amigo, me chamou pra falar que eles estavam criando uma nova versão da Sexy só que num formato menor e mais barato, e que uma das seções seria de quadrinhos, uma falsa loira, moradora de subúrbio, daquelas loiras de “raiz” do cabelo preto como o nome: Tianinha. No dia seguinte voltei a editora com uma outra coisa e disse pra ele que precisaria ser uma personagem que fugisse do gênero erótico da "garota que é comida pelos bofes" e sim a "garota que come os bofes" uma mina dona do seu nariz e com mais atitude! Ele gostou da idéia e falou que ela não seria falsa loira e sim uma loira mesmo; enfim durante uns dois anos eu pra te ser sincero trabalhava nas histórias em quadrinhos com ela numas de trampo, mas depois comecei a sacar que o público - os leitores gostavam da personagem e em 2004 pra você ter uma idéia lançamos uma edição especial com republicações de histórias dela que vendeu 25 mil exemplares. E em 2005 lançamos mais duas que venderam 20 e poucos mil cada, é doidera, mas o blog que mantenho dela na net tem uma média de 3 mil visitações por semana.

- Hoje, eu curto e muito fazer suas Hq's, até porque acho que ela tem uma outra coisa diferente. Tem algumas garotas por exemplo, que me enviam e-mails dizendo-se serem fãs da personagem, eu fico meio bobo, uma delas, compra a revista mensalmente, corta as páginas com a Hq e encaderna -segundo ela a postura da personagem é uma inspiração! Quando li isso pensei "caralho!! Inspiração pra que ? Pra sair dando pra cacete ? Não, mas pelo jeito solto e principalmente livre de não ficar debaixo de homem algum.. palavras dela. Mas isso é bem legal, tem coisas que fogem do nosso "controle criativo".

LAUDO Para muitos

- Para a grande maioria, a personagem é uma safada, mas acho que ela mesmo “caga e anda pra isso”. A Tianinha tem esse lado mesmo,e é bom que ela tenha,mas por outro lado ela sabe o que quer, e ao que vai levar isso, mesmo que por um prazer momentâneo ela sempre se sai bem, não existe a remota possibilidade de um cara enrolá-la.

- Não, de forma nenhuma Patrícia, eu não desenho com essa intenção jamais, prefiro achar que de certa forma dou mais poderes as mulheres nos quadrinhos, sempre tive maior predileção em criar personagens femininas, acho que não basta à personagem ser gostosa, mas tem que ser inteligente! O homem é bicho bobo, mesmo quando pensa que está levando e comendo a garota no papo, ela na verdade se deixa levar.

- Tem sim! Gostaria de poder justamente brincar com essas diferenças, com as ditas feministas e com os ditos machões, claro.. Contar isso de uma forma legal nos quadrinhos.

Transpiração de LAUDO

- Não, não costumo criar referências de outras coisas dos quadrinhos, até porque vejo muita coisa. Sabe Patrícia, eu leio a bessa, e a Tianinha mesmo, visualmente foi inspirada em algumas divas loiras e o resto muito no meu jeito de pensar: - Inteligente, dona do seu nariz, bem humorada , viva, alegre e claro, o fato de ser gostosa, ajuda . Mas é curioso que muita gente acha que sou um maluco e completamente sexuado, tarado, mas eu sou tranqüilo, já fui muito, mas hoje me preocupo com muitas outras coisas em minha vida é lógico!
- Aliás, depois da entrevista você me dá seu telefone?

Outros LAUDOS

- Estou trabalhando com um cartunista de Piracicaba que está fazendo o roteiro pra um álbum, uma revista de umas sessenta páginas falando sobre Cornélio Pires - que foi um grande artista e autêntico caipira dos anos 30, mas estamos ainda no texto – eu saí com a idéia, mas ele está trabalhando o roteiro. Também estou trabalhando com um roteirista e professor de história em uma hq chamada - Conde Lopo - esse roteirista criou um personagem baseado em um livro do escritor Álvares de Azevedo, nele tem muita mistura – história, lendas brasileiras, história do Brasil, mitologia terror, é doidera!

- Tem outros também muito legais – “O Elogio da Loucura”, pela escala educacional, que já está pronto, que é um ensaio escrito por Erasmo de Roterdã em 1509 e publicado em 1511. É tido como um dos textos mais influentes da civilização ocidental. O texto de Erasmo começa com sua apresentação, passando pelos deuses e deusas mitológicos até terminar falando sobre o mundo cristão. Um texto arrebatador e principalmente atualíssimo. A loucura por vezes é extremamente irônica, por vezes poética e em algumas vezes sombria. Como disse um texto de quinhentos anos conservando um frescor para uma leitura moderna ou releitura como fez o André Diniz ao adaptar para quadrinhos este fenomenal trabalho e sem encher gratuitamente a bola desse meu compadre, algo que só ele saberia fazer. As quarenta e seis páginas que desenhei desse trabalho proporcionou-me a felicidade quase como de trabalhar como algo autoral. O que parecia a princípio difícil, desenhar quarenta e seis páginas de monólogo, tornou-se para mim um excelente exercício de narrativa. O trabalho foi finalizado com as cores do Omar.

- Estamos também, produzindo em parceria com o André Diniz, velho amigo e parceiro de longa data, um material a ser lançado pela Escala Educacional, sobre a “Inconfidência Mineira”. Na verdade, o Diniz está com uma produção grande de roteiros feitos para essa editora que foram distribuídos entre eu, Daniel Brandão, José Aguiar, Antonio Éder, fora o próprio Diniz que também está desenhando um roteiro seu. O roteiro do Diniz embora caminhe na parte educacional é ótimo, contando de uma maneira que só ele sabe levar toda a situação que envolveu este momento da história do Brasil.

- tem um também da Revolução Russa que vou começar a trabalhar, mas mesmo sendo trabalhos educacionais existe uma plena liberdade de criação .

Um LAUDO completo

- Vai ser lançado ainda, o meu quadrinho “YESHUAH – ASSIM EMBAIXO ASSIM EM CIMA “. Um épico espiritual e humano – uma trilogia de 150 páginas cada, tendo como protagonista Jesus, numa versão livre de qualquer vício ideológico e religioso . Pelo menos é minha intenção no roteiro. Este trabalho vem sendo produzido há quase cinco anos. Os volumes um (“Assim embaixo, assim em cima) e dois (este sem título por enquanto) já estão prontos e estou trabalhando na terceira e última parte.

- Esta hq tem dois lados, um é a história contada meio em cima dos evangelhos canônicos, da seguinte forma, a Maria fica grávida virgem, porém existe aí, por exemplo uma versão minha e um entendimento de que A hq é focada mais nos personagens que na história em si, por exemplo, Maria fica grávida virgem porém depois na gruta sozinha, ela questiona a Deus o porque disso, o porque dela sentir as dores do parto,e o porque do seu medo. São coisas desse tipo, e há um segundo lado em que eu me baseei em pesquisas lendo textos apócrifos.

- Patrícia, este é o meu trabalho que quero realmente que as pessoas conheçam e vejam, lá está um Laudo completo. Como desenhista e como um ser Humano que pensa um pouquinho, não se trata de uma hq religiosa e sim de uma aventura humana em busca de algo maior pra dentro de si, pode parecer presunçoso mas tudo é contado de uma maneira simples . Mas tenho tido dificuldades em publicar esse quadrinho, é que os editores acham bacana o desenho, mas não estão sacando “qualé” a da história, pois ela nem é religiosa daquelas que o Padre Marcelo faria o prefácio, nem muito menos de chutar o pau da barraca, o caminho dela é o caminho do meio e esse, é difícil de enxergarem. Mas estou na briga ainda, apresentando esse trabalho aqui para as editoras no Brasil e para fora.

- Com isso, não estou querendo dizer que fiz algo GRANDIOSO E BOM, tô fora dessas presunções, mas fiz algo que me deu na veneta sem me referenciar com nada.
... Sem pieguices ? Eu te respondo Patrícia: - O Amor! Sem ele não rola nada – Amor e fé no meu taco.
E principalmente fé nas coisas!

Mais do LAUDO

Banda Mamão

Estúdio BANDA desenhada

Banda mamão 2

BIGORNA

Arquivo OVERMUNDO

Depois da meia noite - Hq completa do Laudo , Omar Vinole, Cloves Valle e Marcio Sennes

Omar Vinole- O ARTISTA DAS CORES



Entrevista, Laudo Ferreira Júnior - São Paulo- SP - 17.08.2007 / Um Laudo completo - Os lados de Laudo - OVERMUNDO / Por Patrícia Moreira - Vitória da Conquista-BA

compartilhe

comentários feed

+ comentar
FILIPE MAMEDE
 

Patrícia, excelente contribuição. Entrevista bacana essa com o Laudo. Arte efervescente e 'marginal'. Aqui em Natal, essa semana as artes perderam um pouco do brilho. Um sujeito chamado Evaldo Oliveira foi pintar lá pelas bandas do céu. O Evaldo, emprestou seu traço para diversos clássicos das HQs. Fez ilustrações para revistas como Mandrake, Drácula, Fantasma, X-9, Cavaleiro Negro, Flecha Ligeira, e Kripta, além de uma infinidade de livros de faroeste de bolso. O Recruta Zero foi seu trabalho mais famoso: fez desenho, roteiro e texto para o personagem de Mort Walker... Há algum tempo o Evaldo era o carturnista de um jornal daqui, foram anos de belas tiradas...

Um abraço.

FILIPE MAMEDE · Natal, RN 21/8/2007 09:04
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Patricia Moreira
 

Filipe, obrigada pelo comentário e contribuição, O Laudo realmente possue um trabalho ímpar!

Pois então, sinto muito pela grande perda de Natal -o Evaldo construiu uma extensa carreira nacional, e era referência - Com certeza seu trabalho fez história no mundo das Hq´s, quem nunca teve em mãos um desses ?

Grande Abraço!

Patricia Moreira · Vitória da Conquista, BA 21/8/2007 10:42
sua opinião: subir
Labes, Marcelo
 

Patricia, só agora apareço, depois de ter tido a belíssima oportunidade de ler a entrevista em primeira mão.

Quem aparecer por aqui e não tiver coragem de ler tudo, um aviso: trata-se de uma das mais bacanas entrevistas que já pousaram por aqui.

Pat, muito interessante o modo como transcreveste o que foi dito. Engenhoso e eficaz.

Grande abraço.

Labes, Marcelo · Blumenau, SC 21/8/2007 13:19
sua opinião: subir
Claudia Puget
 

Patricia,
Gostei de conhecer um pouco mais do Laudo.
Bacana a matéria!
abraço
puget

Claudia Puget · Muqui, ES 21/8/2007 17:54
sua opinião: subir
Sérgio Franck
 

O Laudo é bom no lance dos quadrinhos. Tem a moral total. Valeu a leitura e o voto, não somente pela ótima entrevista e, também pela talentosa correria do cara. Parabéns a Patrícia pela boa entrevista e, para o Laudo pelo ótimo trabalho.

Franck

Sérgio Franck · Belo Horizonte, MG 21/8/2007 19:48
sua opinião: subir
Laudo
 

Ih, olha só!!!
Tô gostanto de ver!
Gracias e gracias a incrível Patricia!

Laudo · São Paulo, SP 22/8/2007 08:04
sua opinião: subir
Patricia Moreira
 

Labes!!! Pois então, agradeço demais os ótimos toques! E é uma honra te-lo aqui comentando a respeito da colaboração. Grande abraço. Obrigada!!

Patricia Moreira · Vitória da Conquista, BA 22/8/2007 14:08
sua opinião: subir
Patricia Moreira
 

Claudia, menina que bom que tenha gostado. Eu também GOSTEI muito !!! beijos!! E obrigada pela visita

Patricia Moreira · Vitória da Conquista, BA 22/8/2007 14:16
sua opinião: subir
Patricia Moreira
 

Franck!!!!! Amigo de guerra! Que bom você novamente aqui. Nós agradecemos demais ...Que bom que curtiu o trabalho do Laudo. O cara é féra!!! Beijos.

Patricia Moreira · Vitória da Conquista, BA 22/8/2007 14:20
sua opinião: subir
Patricia Moreira
 

Laudo!!! Incrível é tú - Todas as palavras são TUAS. Abraços!

Patricia Moreira · Vitória da Conquista, BA 22/8/2007 14:24
sua opinião: subir
Andre Pessego
 

Olha aí, só podia ser essa menina. De tudo ela faz um pouco, coisas de baiano, essa raça, a raça mais temperadas dos trópicos, beijos, andre.

Andre Pessego · São Paulo, SP 22/8/2007 16:43
sua opinião: subir
Patricia Moreira
 

André... André.. AANDRÉ.. E só tu mesmo figura ! rs.. Obrigada pela visita.. bjs

Patricia Moreira · Vitória da Conquista, BA 22/8/2007 16:47
sua opinião: subir
Ilhandarilha
 

O Laudo tem um traço lindo! òtima entrevista e ótima contribuição, Patrícia.

Ilhandarilha · Vitória, ES 22/8/2007 17:49
sua opinião: subir
Patricia Moreira
 

Ilha!! Obrigada pela sua presença ...e por ter compreendido a importancia ! Grande beijo.

Patricia Moreira · Vitória da Conquista, BA 23/8/2007 11:42
sua opinião: subir
Lígia Saavedra
 

Patrícia, devemos te agradecer e muito por vc nos ter apresentado a esse Laudo. Dono de um trabalho maravilhoso e que só enriquece nossa arte.
Bjs

Lígia Saavedra · Ananindeua, PA 23/8/2007 17:40
sua opinião: subir
Guilherme Mattoso
 

interessante a forma de apresentar a entrevista. gostei.

Guilherme Mattoso · Niterói, RJ 24/8/2007 13:33
sua opinião: subir
Vladimir
 

Muito Legal, Patrícia! Parabéns!
Atenciosamente,
Vladimir Sérgio.

Vladimir · João Pessoa, PB 13/9/2007 13:26
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Patricia Moreira
 

Vladimir! Agradecida pelos comentários! Que bom que gostou! Um abraço.

Patricia Moreira · Vitória da Conquista, BA 21/9/2007 14:56
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

imagens clique para ampliar

As aventuras da TIANINHA zoom
As aventuras da TIANINHA
Ilustração Revista Total zoom
Ilustração Revista Total
O elogio da loucura - Erasmo de Roterdã zoom
O elogio da loucura - Erasmo de Roterdã
Inconfidência Mineira zoom
Inconfidência Mineira
Yeshuah zoom
Yeshuah
Crazy Mary zoom
Crazy Mary

filtro por estado

busca por tag

observatório

feed
Nova jornada para o Overmundo

O poema de Murilo Mendes que inspirou o batismo do Overmundo ecoa o "grito eletrônico" de um “cavaleiro do mundo”, que “anda, voa, está em... +leia

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados