Um poema de Natal

1
Poeta Jorge Henrique · Nossa Senhora da Glória, SE
1/12/2011 · 1 · 0
 

É preciso renascer um ser mais puro
Que almeje refazer-se ano a ano.
É preciso renovar a sua essência.
É preciso reaprender a ser humano.

É preciso que uma mão seja estendida,
E segure firmemente a do irmão.
É preciso que haja a solidariedade
De verdade, que não seja uma ilusão.

É preciso dividir a mesa farta
Com aqueles que não têm a mesa posta.
É preciso que o clamor por igualdade
Não se cale nem fique sem resposta.

É preciso que se ostente nesse dia
O presente do afeto e da amizade.
Que não seja uma festa do comércio,
Mas o júbilo da fé: Natividade!

É preciso esquecer o “Bom Velhinho”,
Pôr o Cristo de volta em seu lugar,
Celebrando a vinda do Cordeiro,
Deus menino que veio nos salvar.

Jorge Henrique,
escrito em 23 de dezembro de 2009.

compartilhe



informações

Autoria
Jorge Henrique
Downloads
170 downloads

comentários feed

+ comentar

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
pdf, 2 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados