Diretrizes para ser um bom anfitrião

1
Vitória Caroline · Tupã, SP
7/3/2016 · 0 · 0
 

“Hóspedes são como os peixes. Depois de três dias começam a apresentar odor desagradável”. Benjamin Franklin ao criar esse ditado, não pensou na possibilidade de que os anfitriões muitas vezes também podem apresentar odores desagradáveis. Fala-se muito em hóspedes desagradáveis, mas o que mais tem por aí é anfitriões desagradáveis. Ser anfitrião é uma arte que nem todos dominam. Um talento para poucos. Aqui vou listar algumas diretrizes para ajudar a todos a serem bons anfitriões e elucidar várias questões.
1. Se você emprestou seu chinelo para o seu hóspede, não fique pedindo de volta a todo o momento. Não é porque o chinelo é seu que significa que você pode ir a hora que você quiser pegar de volta e devolver e ficar nesse troca-troca de chinelo. Emprestou, agora deixa o hóspede usar até que ele não precise mais e ele mesmo devolva para você.
2. Não é porque a casa é sua, que significa que você pode entrar no quarto do hóspede a hora que quiser e sem bater na porta. Isso é invasão de privacidade e é um costume muito feio e inconveniente.
3. Nunca mande um hóspede fazer serviços da casa como limpar banheiro e lavar louça. O hóspede sabe que tem que ajudar, e a iniciativa tem que partir dele. Qualquer pessoa com semancol e senso do ridículo sabe que tem que colaborar com essas pequenas tarefas. Agora se o seu hóspede não tem o semancol e nem o senso do ridículo, para você anfitrião te resta apenas sentar e chorar e chupar essa manga em silêncio. Mas é feio você mandar ele fazer. Se ele for educado e tiver bom senso, ele vai ser proativo. Relaxa.
4. Agora suponhamos que você tenha o hóspede educado, proativo, exemplar e que te ajuda lavando a louça. Ele está fazendo um favor pra você. Então como anfitrião NUNCA ensine ou imponha para o seu hóspede o seu modo de fazer as coisas. O hóspede não mora aí na sua casa. Ele não sabe o seu jeito de arrumar e guardar as coisas. Então pare de pilhar só porque ele guardou um utensílio num lugar diferente no armário por não saber a sua maneira de dispor os utensílios. Ele já está fazendo um favor em te ajudar com a louça. Ele não é seu empregado.
5. Não meta o bedelho na vida pessoal do seu hóspede. Não interessa se ele é seu parente.
6. Não obrigue o seu hóspede a frequentar os mesmos lugares que você. Ressaltando, não interessa se ele é seu parente. Não interessa se você é mãe, avó, tia ou sei lá o quê dele. Se ele não quer ir à sua igreja, por exemplo, não o critique. Ele vai aonde quiser e quando quiser.
7. Não fique regulando o consumo de energia elétrica dele. Isso é um gesto muquirana de muita feiura e de péssimo tom. E jamais desligue o ventilador/ar condicionado/calefação dele no meio da madrugada. Pois além de ser um vilipêndio, ainda entra novamente no item 02 dessas diretrizes. Se você inventou de hospedar, agora aguenta. Nem que isso te custe a energia elétrica um pouquinho mais cara. Agora caso não queira gastar, simplesmente não hospede ninguém.
Bom, pessoal. Estas foram apenas algumas dicas de como ser um bom anfitrião. Ressaltando: não interessa se o hóspede é parente seu ou não. O respeito é bonito e todos gostam. E acima de tudo. Não interessa se a casa é sua. Isso não te dá o direito de deitar e rolar e ser grosseiro. Lembrando que ser anfitrião é uma arte. Espero que tenham gostado desse momento descontraído e de verdades ditas à queima roupa e sem diplomacia. Um beijo e um queijo.

Sobre a obra

O texto dá algumas dicas de como ser um bom anfitrião e evitar situações desagradáveis.

compartilhe



informações

Autoria
Vitória Ferreira
Ficha técnica
Vitória Ferreira
Downloads
28 downloads

comentários feed

+ comentar

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados