gleidston cesar Portugal , WW

gleidston cesar

sobre o colaborador

Sobre você
BIOGRAFIA

Gleidston César Rodrigues Dias é poeta, cronista, contista e romancista. Nasceu em Goiatuba (GO), em 28 de março de 1974. É filho do casal e Maria Francisca Rodrigues Dias e Eurípedes Gonçalves Dias. Cresceu em Goiatuba, onde deu seus primeiros passos nos versos literários e, concluiu o ensino fundamental.

Mais tarde, na sua juventude mudou-se para Uberlândia (MG), aonde continuou os estudos. Nesta cidade casou-se 1998, com Karla Daniela, com quem tem três filhas: Ábia, Ana e Isabela Em meados de 2000, muda-se para Lisboa, tendo lá permanecido até junho de 2011, quando regressou para o Brasil e fixou moradia na cidade de Gurupi, aonde já tinha Familiares. Colabora ativamente em diversos sites ligados à escrita e às artes.

Habilitação: Técnico em Segurança do Trabalho e Coordenador de Segurança Privada, com especialização em monitoramento.

Membro Correspondente da ALTO- Academia de Letras de Teófilo Otoni.

Obras publicadas:

“Os sentimentos por trás das palavras” (Poesia). Editora Temas & Originais, 2009.Lisboa-Portugal. “Vidas Urbanas” (Romance). 2010. Editora Edium Editores. Lisboa-Portugal.“ Reencontro “ (Romance). 2011. Edium Editores. Lisboa-Portugal. Participou nas seguintes antologias literárias: “Delicatta IV Prosa e Poesia”, (2009); “Contos Cardeais” (2009); Mosaico das Palvras, (2009);“Antologia 2010”, “Cronistas, Contistas e Poetas Contemporâneos” (2010), todas publicadas pela Scortecci Editora, de São Paulo, participou no projeto do Sesc em conjunto com Editora Assis “Rastros Poéticos" (2011) e, do “Anuário de Poetas e Escritores de Gurupi” Editora Veloso (2011), 1ª Antologia "UNIVERSUS" (2012), Editora Universus.

Contato:

gleidston74@gmail.com

Gleidston César.
Editar
Citações favoritas
"Ando na luz da minha existência/ E isso me basta."

Gleidston César.

"Sou um caminhante imperfeito
Que aperfeiçoa a sua busca a
Cada sonho Realizado. E é
Nesse encontro de sombra e
Cinza que me refaço renascendo
Dia após dias."

Gleidston César.


SER HUMANO

Descobri que para dois elos de uma corrente se unirem é preciso que um esteja aberto. Descobri que para amar é preciso estar disponível.
Descobri que o que me faz ser diferente, é exatamente ser diferente.
Descobri que a cor da pele fecha e abre muitas portas.
Descobri que ler e escrever é necessário para entender a razão do ser humano.
Descobri que ter irmãos, na vida, é ser amigo, sem pedir nada em troca.
Descobri que ilusões são devaneios e sonhos são esperança, e que a única diferença entre um e outro, é que uns são alcançáveis e os outros não.
Descobri que para dizer: eu te amo, preciso primeiro provar com atitudes. Só então, depois, a frase terá sentido.
Aprendi que amar, não é dizer, é vivenciar, disponibilizar e apoiar, sempre.
Descobri que amigos de verdade são aqueles que têm, os maiores defeitos, e nós conseguimos suportá-los, e vice-versa.
Compreendi que meus pais são jóias raras. Que posso ir e vir e, eles estarão sempre no mesmo lugar, de braços abertos para me receber.
Compreendi que experiência é quando, dia após dia, me disponibilizo para a vida sem nada esperar em troca e meu dia acaba de forma diferente.
Compreendi que respeito, eu conquisto com as minhas atitudes.
Descobri que ter humildade me abrirá muitas portas.
Descobri que preconceito, eu venço com competência.
Aprendi que ser negro ou branco, me faz perder tempo no discurso, e ser humano, me faz conquistar a plateia.
Compreendo, que quando você terminar de ler esse simples texto, terá uma opinião sobre o que leu. Isso irá evidenciar a lógica sobre o que escrito está.

Gleidston César.

colaborações recentes

Reflexão banco
12/9/2008 09:37 · 119

Uma reflexão. +

Consequência banco
9/9/2008 16:46 · 120

Poetizando sobre o livre arbitrio,
oras facil de recomeçar oras,
dificil de partir,mas o importante
é sempre estar pronto a recomeçar. +

Palco da Vida banco
2/9/2008 15:49 · 119

A alegria de ser, sempre verdadeiro, dá nós o direito de viver a vida na sua plenitude... +

Pétala banco
28/8/2008 10:23 · 151

Um término fica sempre qualquer coisa por dizer, ainda que seja por bilhete, carta, poema, é sempre bom jogar as palavras pra fora, e seguir em frente... +

Perfume da Flor banco
17/8/2008 22:01 · 126

Um olhar sobre quem nós rodeia com algo de bom para nós oferecer, prestar atenção a nossa volta é essencial para perceber o que se passa... +
+listar todas

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados