Rodolfo Falcão Dois Irmãos do Buriti, MS

Rodolfo Falcão

sobre o colaborador

SOU MESMO ASSIM

Disposto a tudo,
Seguro prédios,
Corto montanhas,
Esgoto as águas do mar
Escondo-me no armário,
Construo pontes,
Derrubo casas,
Vôo longe,
Danço um tango
E me esparramo em seus braço,
Padrão operário,
Sou o sol,
O gosto do sal
A terra, o ar, as estrelas
A chuva, que dança ao vento
Sou o raio da tempestade,
Que queima o chão,
O grito de socorro
Das pessoas mudas.
Sou um pouco do nada
E do nada muito pouco:
O desejo realizado
O que ainda não foi feito,
Sou a vida passada,
O futuro incerto,
O presente secreto.
Quem quer que eu seja,
Sou mesmo assim:
Sem destino,
Sem estrada,
Apenas com uma certeza:
Sou muito você
E você assim
Em mim.

colaborações recentes

DIZ O MILAGRE banco
8/6/2013 20:41 · 0

+

AOS POUQUINHOS banco
2/9/2013 12:20 · 0

+

AINDA HÁ TEMPO banco
24/6/2013 11:51 · 0

+

DIZ O MILAGRE banco
8/6/2013 20:41 · 0

+

EU NÃO CONSIGO TE ESQUECER banco
12/3/2013 12:56 · 0

+
+listar todas

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados