Nuvens atemporais

by Wander
1
W@nder · Rio de Janeiro, RJ
9/4/2016 · 1 · 0
 

Ser incompreendido me incomoda
Escrever e não ser lido
Não da maneira que eu acho que mereço
Me entristece
Temo que pessoas não entendam a profundidade da minha mensagem
Penso não ser fraqueza a minha escrita
Penso que é o oposto
É o que alguns sentem medo
Minha escrita é meu escudo
É tudo o que sou
E vou continuar escrevendo, até chegar o momento em que minha cabeça não pense, minhas mãos não me obedeçam
Enquanto isso, o mundo do absurdo e da intolerância martela forte nas paredes da minha memória
E eu vivo, amo, odeio, amanheço, entardeço...
Sem pressa, anoiteço
Rabisco um sol risonho e coral sobre nuvens atemporais
Não entendeu?
Não fico ofendido pelo gesto
Nem triste
Honrado, quem sabe...

Sobre a obra

Sem pressa, anoiteço
Rabisco um sol risonho e coral sobre nuvens atemporais

compartilhe



informações

Autoria
Wander Motta
Ficha técnica
Atemporalidades à parte
Downloads
36 downloads

comentários feed

+ comentar

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
pdf, 2 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados