Poema em Dó

Internet
1
Pessoa de Melo · Olinda, PE
29/11/2015 · 1 · 0
 

Sangue subtona nas artérias
Ouço a Melo(dia) nas veias
Compasso escrito em linhas tortas

Na partitura da existência
Sente-se maestro em sinfonia
Perde-se no próprio tom
Resumindo a vida a uma nota só

Nessa acústica perversa
Reverbera timbres expurgos
Faltam notas
Falta o tórax
Falta quem lhe toque
Diafragmáticamente

Coração na boca
Peito aberto
Vai sangrando
Sem música
Sem harmonia
Sem o Cais
Sem Milton
e sem Nascimento.

Sobre a obra

A melodia da vida em cada pulsar, em cada batida.

compartilhe



informações

Autoria
Pessoa de Melo
Ficha técnica
Ao som de tudo que nos comparte e nos reparte. Em dó.
Downloads
94 downloads

comentários feed

+ comentar

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
pdf, 3 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados