Renata Cogui e suas fantásticas pinturas

Renata Cogui
Renata Cogui
Renata Cogui
Renata Cogui
Renata Cogui
Renata Cogui
Renata Cogui
1
Aparecida Fernandes · São Paulo, SP
28/1/2010 · 2 · 0
 

Quem vê o trabalho da Renata Cogui pela primeira vez, principalmente se for através de fotografias, muito provavelmente irá acha se tratar apenas de alguém que gosta de torturar bonecas e depois fazer fotografias dessas seções de torturas, mas com uma análise mais atenta iremos notar o quanto extraordinário é o trabalho dessa carioca nascida em 1983 e que cursou pintura na AMBEP RJ. Não se trata de fotografias e sim de pinturas, isso mesmo, pinturas a óleo sobre tela. O trabalho impressiona pela qualidade técnica, pela capacidade de no fazer ir além de uma simples representação. São fascinantes essas imagens, mesmo aquelas que num primeiro momento nos tenham causado alguma espécie de desconforto. Sabemos que são objetos inanimados, mas não conseguimos deixar de fazer uma relação com o corpo humano. Trata-se de uma artista, que apesar de ser muito jovem, já apresenta um grande amadurecimento, e com certeza ainda vamos nos surpreender muito com o trabalho dessa artista.

compartilhe



informações

Autoria
Genivaldo Amorim
http://www.centrodearte.com.br
Ficha técnica
Renata Cogui é Carioca, nasceu em 1983, vive e trabalha no Rio de Janeiro. Seus
trabalhos aludem diretamente à diluente fronteira entre os objetos retratados e o
corpo humano, revelando a medida existente nessa relação.
Downloads
202 downloads

comentários feed

+ comentar

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados