Taxi imã

Diana Basei e Marcelo Barros
1
Pipo Pegoraro · São Paulo, SP
18/10/2011 · 0 · 0
 

TAXI IMÃ

Pipo é taxi, e taxi é recuso veículo para vencer os engarrafamentos do trânsito,
e além disso Pipo é imã. então liga.

Dou bom dia, boa tarde a Sofia
para vermos o amanhecer
e o que foi de passagem passar
Sofia não precisava ser rica, foi apenas escolha da sorte e porque pobre é só quem não olha o céu todo dia

“Pensar meio junto, diferente no mesmo assunto” é bom e “Sem mesmo te ver,
chegar mais cedo pra ti receber“ é melhor ainda - viajei no taxi,
mas não fui a Gâmbia nem dancei Bondali.

Não cumprimentei Sofia, mas dá para sentir que Só fia,
como fala o catingueiro do sertão nordestino juazeirense, traduz:
“Paisagem pobre senão quem não vê o céu todo dia a imensidão torna-se ser.
Seja você

Sacode pelas mãos Ogundelê em feijão com arroz, bem melhor que banquete de milionário,
esse então quando encontra um prato de feijão come de sentar no chão e apagar.
Por isso seja você é a dupla de palavra campeã.

Samambaia basta dizer: “Rodopiando a saia assim...” E não colírio mais bacana para os olhos do mundo.

Hoje e sempre, pisar presente tem dois sentidos e eu fico com o que
não quebra, mas bota pra quebrar.
Quanto a Beleza, só engana a quem curte se enganar, mas não posso negar que mulher bonita é o que mais encanta,
não restam dúvidas.

No mais no radinho de pilha prevalece à música paixão que leva sempre pro chão,
ela fica na cabeça, mas vai ao coração.

Rastro, todo passo deixa rastro, e a ausência dela maltrata,
mas a dor não é na carne nem no osso, é na imaginação. Bate palmas o coração.

Que rica salada com as doces frutas com Cuba vestida de Nigéria, inevitável chega Brasil e Disneylândia ao mesmo tempo angolando o Rio Carioca dos Novos Baianos
com comunidade em apartamento e depois em sítio, o acarajé ultrapassa fronteiras com espiritualidade Índia oriental e Índia tribal amazônica.

Pipo escreve, canta, dança assobia, sofia, e ainda é capaz de conseguir ser o
próprio radinho de pilha que ouve as canções que lembram dela.

Nada melhor para fechar que o tradicional:
Tenho dito!

Luiz Galvão (poeta, escritor e novo baiano)

Sobre a obra

Texto feito pelo poeta Baiano Luiz Galvão em referência ao segundo disco Taxi imã do compositor paulistano Pipo Pegoraro.

compartilhe



informações

Autoria
Luiz Galvão
Ficha técnica
autor: Luiz Galvão
Downloads
223 downloads

comentários feed

+ comentar

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados