A BELEZA DO ERRO, DO ENGANO E DA IMPERFEIÇÃO

JC Recife
Almério, grande cantor do agreste de Pernambuco
1
Abílio Neto · Abreu e Lima, PE
29/11/2019 · 1 · 0
 

A BELEZA DO ERRO, DO ENGANO E DA IMPERFEIÇÃO - crônica musical

Pouco depois de chegar ao endereço que tenho atualmente, pela força da amizade que fiz com porteiros e zeladores, tornei-me uma espécie de consultor informal deles em questões trabalhistas e previdenciárias, o que se constitui uma atividade perigosa porque ninguém perdoa uma orientação errada. Há certo relativismo quando Zeca Baleiro afirma que existe ‘a beleza do erro, do engano e da imperfeição’, porém ele tem liberdade poética para achar o que quiser. A sabedoria de Guimarães Rosa fez com que ele afirmasse que ‘viver é muito perigoso’ e nisso estava coberto de razão.

Indo nessa linha, há poucos meses quando eu saía de casa numa segunda-feira, de manhã bem cedo, para o supermercado, um dos porteiros do meu prédio veio me pedir uma orientação em nome daquela antiga confiança que existe entre nós. Disse-me ele:

Sabe aquele morador, casado, do andar x?

Sei.

Pois não é que acharam a carteira de motorista dele dentro do carro da esposa daquele engenheiro do andar y!

Foi o marido que achou?

Não, foi o filho do zelador que veio fazer limpeza nos carros do prédio ontem à tarde, domingo.

Rapaz, calma, isso pode não ter sido nada, mas também pode ter sido muita coisa. Para o bem de todos, é melhor devolver o documento dizendo que foi achado em outro lugar, próximo ao elevador, por exemplo. E não conte o fato a ninguém. Agora, devolva o documento para a esposa do morador x.

Por que para ela?

Porque aí ela manda o marido tomar jeito para que da próxima vez que ele perder documento, que o faça de forma ajuizada e não como aconteceu.

A devolução se deu conforme a minha modesta colaboração. Em 2016, quando eu tive um apagão em casa, um dos meus filhos foi bater à porta do engenheiro para ajudá-lo a levar-me ao hospital. E ele veio na hora. Chegou até sem camisa. Acham que eu, se puder, não vou tirar o nome de uma pessoa prestativa como essa de uma confusão? Além disso, de vez em quando ele toma umas cachaças daquelas. O outro morador também é uma pessoa bem educada, um homem muito religioso e que me parece amar muito sua esposa, portanto, existe beleza em quem bebe, em quem reza e em quem ama. Aí estou inteiramente de acordo com Zeca Baleiro:

“Mundo velho e decadente mundo/Ainda não aprendeu a admirar a beleza/A verdadeira beleza/ A beleza que põe mesa/E que deita na cama/ A beleza de quem come/A beleza de quem ama”.

Vou morrer dizendo que isso é lindo. Mas complementando o pensamento de Guimarães Rosa, se viver é perigoso, aprender a viver é uma das tarefas mais difíceis da vida. Ontem, falávamos em minha casa daquela moça que foi espancada pelo namorado dentro de um bar em Fortaleza e a maior queixa dela foi que o ambiente estava repleto de homens e nenhum fez nada para ajudá-la. Ninguém fez porque viver está cada vez mais perigoso. Falei que eu, que já alcancei a idade da covardia e não tenho a menor intenção de me transformar num velho alfa, até porque não posso sê-lo, acho que ficaria estático também. Nisso, o filho mais ajuizado que eu tenho, disse que quebraria uma garrafa na cabeça do agressor, se estivesse lá. Vejam como viver é perigoso porque de onde não se espera nada é que pode sair alguma coisa.

E agora eu estou saindo para ir visitar um representante da mais perigosa especialidade médica, o urologista, vulgarmente conhecido como ‘doutor da próstata’. A minha estava silenciosa há mais de um ano. Agora voltou a incomodar! A próstata problemática tira a beleza de quem ama.

Em 2015, eu me perguntava: meu Deus, eu mereço isso? Aprendi com as dores que Deus tem coisas mais importantes para fazer do que se preocupar com o gozo de alguém. Sou meio burro!

Para terminar, SALÃO DE BELEZA, cujo MP3 vai abaixo, destinada aos caros amigos, foi composta e gravada por Zeca Baleiro em 1997.

Em 2019, Almério, esse artista nascido em Altinho e tal como eu, crescido em Caruaru, deu-lhe uma nova vestimenta e a regravou de uma maneira que ficou emocionante. Dizem até que ele é o novo Ney Matogrosso do agreste, mas que nada, ele só quer ser ele mesmo. Constatem como a bela voz desse rapaz faz dele uma pessoa perigosa!

compartilhe

comentários feed

+ comentar

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados