Campanha fotográfica África em Nós

Divulgação
Campanha Fotográfica África em Nós
1
Assessoria de Cultura para Gêneros e Etnias · São Paulo, SP
26/6/2009 · 4 · 1
 

A Secretaria de Estado da Cultura lança neste mês de junho a Campanha Fotográfica África em Nós. Aberta a amadores, fotógrafos profissionais e estudantes, a ação convoca a população paulista a mostrar, por intermédio da fotografia, a influência africana no cotidiano do povo brasileiro.

As 100 melhores fotos, escolhidas por uma comissão julgadora liderada por Walter Firmo – premiado fotógrafo brasileiro que deu início à sua trajetória profissional em 1957, no jornal “Última Hora”, e sempre se dedicou a imagens com temática social –, serão publicadas em um livro/catálogo e vão também integrar uma exposição, dentro da programação cultural do Mês da Consciência Negra, celebrado em novembro.

Serão aceitas imagens em qualquer formato, tamanho e mídia entre 9 de junho a 15 de setembro. Cada participante pode mandar até 10 fotos para o site da campanha www.africaemnos.com.br, junto com o termo de autorização de uso de imagem. Já as fotos em papel devem ser encaminhadas para a Caixa Postal 13888, CEP: 01216-970, São Paulo/SP.

Para o Secretário de Estado da Cultura, João Sayad, a ação vai valorizar a importância da herança africana para os brasileiros. “Ao enviar suas fotos, os participantes vão demonstrar como essa cultura está presente e faz parte do nosso dia-a-dia”, explica.

Todas as fotografias enviadas à Secretaria ficarão expostas no site da campanha e, após o encerramento do prazo, serão avaliadas pela curadoria da campanha, com apoio da Assessoria de Cultura para Gêneros e Etnias da Secretaria de Estado da Cultura. Para a seleção das melhores fotos, serão utilizados critérios como: concordância com o tema definido na campanha; criatividade; originalidade; estética; qualidade fotográfica (técnica); relevância da mensagem de prevenção e qualidade informativa.

“Esta é a chance de mostrarmos toda a nossa diversidade, valorizar a nossa herança africana e todas as outras que hoje estão junto a ela”, afirma Leandro Rosa, assessor de Cultura para Gêneros e Etnias da Secretaria. “Acho que esta campanha é um grande exercício, e esperamos receber cerca de 50 mil fotos”, diz.

Para divulgar a campanha, a SEC distribuirá 30 mil cartazes, ilustrados com fotos de autoria de Walter Firmo, além de 200 mil folders que trazem o regulamento da campanha e a ficha de inscrição para o envio de fotos pelo Correios. As peças serão distribuídas em diversos pontos da capital, como estações do Metrô e CPTM, agências do Poupatempo, museus, Sabesp, Secretaria de Estado da Saúde, da Fazenda e Educação, EMTU, unidades do PROCON e agências da Nossa Caixa e do Acessa SP.

Outra novidade na campanha deste ano é a proposta de interatividade. O site www.africaemnos.com.br terá uma construção evolutiva, apresentando novidades e funcionalidades ao longo da ação. Ao entrar na página, o internauta poderá se atualizar sobre a campanha e conferir notícias sobre Brasil e África no “Blog Baobá”. Além disso, a campanha será divulgada em diversas comunidades sociais da Internet, como Twitter, Orkut, Flicker entre outros.

“Participar da campanha África em Nós significa que eu vou semear aquilo que o meu trabalho mostrou ao longo desses anos, que nada mais é do que apresentar a África no Brasil. Essa campanha é o reencontro do que somos, todos os brasileiros são marcados pela africanidade – seja na música, na gastronomia, no jeito alegre de ser. Cada um tem uma África dentro de si. E o mais importante é que todos podem participar dessa campanha, independente da cor dos olhos ou do quanto liso é o seu cabelo. Buscamos o congraçamento, a aglutinação de todos os brasileiros em torno do tema”, finaliza o curador da campanha, Walter Firmo.

Mês da Consciência Negra
O Governo do Estado de São Paulo, por meio da Assessoria de Cultura para Gêneros e Etnias da Secretaria de Estado da Cultura, realiza, desde 2007, em novembro, o Mês da Consciência Negra. Todas as ações compõem uma vasta programação cultural em como objetivo promover uma reflexão sobre as relações raciais na cultura paulista.

Entre as ações previstas para 2009, está o lançamento do livro com as imagens selecionadas durante a campanha África em Nós e a exposição com as fotos vencedoras. Além disso, outra atividade é o “3º Encontro Paulista de Hip Hop”, evento que busca reunir, como nas edições anteriores, integrantes do movimento hip-hop, assim como representantes e apreciadores das diversas formas de arte e comunicação que o integram, incluindo música, dança, poesia e grafite.

Para marcar a data de 20 de novembro, está prevista ainda a realização de um grande show na Praça da Sé, com a presença de artistas e personalidades representativos da cultura afro-brasileira, para uma grande celebração.

“A cada ano desenvolvemos uma campanha estadual que culmina com a programação cultural do Mês da Consciência Negra. Em 2007, realizamos uma homenagem a 20 personalidades negras que fazem parte da história do Brasil; em 2008, desenvolvemos a campanha cultural “Racismo: Se você não fala, quem vai falar?”, para marcar os 120 anos de Abolição da Escravatura. Neste ano queremos mostrar quanto os sinais africanos estão nos nossos gestos, fala, nomes, cabelos, pele e feição”, diz Leandro Rosa.



Fonte: ASSESSORIA DE IMPRENSA SEC
Data: 15/06/2009

compartilhe

comentários feed

+ comentar
Ornella Maria
 

Maravilha de iniciativa.
Abraços e Beijos

Ornella Maria · São Vicente, SP 28/7/2009 19:52
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados