O papel da poesia na internet

De: http://blog.pentagram.com/book-design/
1
Filipe Torres · Niterói, RJ
17/7/2008 · 69 · 2
 

Convenhamos: o hábito da leitura no Brasil é cada vez mais raro. Principalmente entre os jovens. Entre familiares mesmo eu encontro exemplos de primos em idade escolar que simplesmente lêem livros quando são obrigados pela escola, para um trabalho extra-classe ou para melhorar suas notas em português. Quando muito, a leitura exercida pela maioria das pessoas são assuntos de gosto pessoal, geralmente por meio de revistas, semanários e quadrinhos. Quem opta pelos romances, mais uma vez segue pela linha de assuntos que despertem seu interesse. E de todos os estilos literários, o mais preterido pela massa é a poesia.

Rubem Fonseca escreveu a respeito de quantas vezes na história críticos e especialistas previram a derrocada da publicação e divulgação de novos romances (e aqui também pode-se incluir a publicação dos escritos poéticos) em O Romance Morreu. Um amigo blogueiro também escreveu a respeito (leia aqui). Inspirado por estas leituras vasculhei a internet e encontrei alguns bons blogs dedicados exclusivamente a poemas - o que me levou a concluir que a "salvação" da poesia está justamente na web, uma vez que a proximidade entre autor e leitor é muito compensadora. Num país onde poucos são aqueles que conseguem sobreviver de literatura, a divulgação pelos meios alternativos (internet incluída) é sempre bem-vinda. E muitos dos novos escritores aclamados pela crítica iniciaram suas publicações em blogs.

O blog em si é um mecanismo que traz o leitor até o autor, de forma que uma boa divulgação pode aproximar novos leitores ávidos por novidades. Junte-se a isso o fato de que a internet é o veículo mais rápido de acesso a informação que a humanidade tem conhecimento. E também o fato de a poesia se encaixar muito bem nos moldes da velocidade da informação que o mundo moderno impõe como ritmo: a síntese, a correta colocação das palavras, a musicalidade - tudo isso contribui para que a poesia seja uma grande "arma literária" para conquistar as pessoas internet afora. Cabe aos poetas se aventurarem pelas novas mídias, afim de alcançar novas fronteiras (o novas cabeças) para a poesia.

compartilhe

comentários feed

+ comentar
MarcilioMedeiros
 

Filipe,
Valeu o post.
A internet é uma aliada. Estou nesse batalha com dois blogs.
Precisamos também de iniciativas simples e eficazes para aproximar a literatura das pessoas. Um exemplo disso é a Recitata que acontece pelo sexto ano consecutivo no Recife.
Veja aqui.
Além disso, é necessário ações de formação de novos leitores.
Abs,

MarcilioMedeiros · Aracaju, SE 17/7/2008 17:54
sua opinião: subir
Kaléu Caminha
 

Considero a poesia, algo como a arte da alma, que coloca de forma que outros possam entender o que sentimos.

Poder ler, e compartilhar o que sentiu com outras pessoas é o máximo que podemos querer, e sem dúvida o BLOG faz isso muito bem..

Achei muito boa a percepção que eu não havia pensado na relação poesia/internet e bem, não há como não concordar..

Quem sabe, logo logo não existirão redes sociais inteiramente voltada a poesia?? acho que é só questão de tempo..

Parabéns Filipe.
Marcílio, já declamei poesia e a iniciativa que você nos mostrou é fantástica..muito bom mesmo..não esqueça de nos dizer pelo overmundo como foi esse evento.

Abraços.

Kaléu Caminha · Florianópolis, SC 17/7/2008 20:48
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados