Favor não jogar lixo

1
Jefferson de Anglesorath · Duque de Caxias, RJ
17/2/2011 · 0 · 0
 


Eu venho aqui assim como a garça
vem a cloaca para comer.
E eu tenho fome de tudo que é sujo,
estamos eu e os ratos em par nesse momento na boca de lobo
esperando o esgoto descer a estepe através da manilha.
Dou um "oi" aos ácaros do sofá imundo que bóia em águas turvas
e durmo até a hora de perder o emprego
de novo.

Amanheço, enfim, cuspido por uma língua negra
na areia marfim de Copacabana.
O sol me avulta espelhado nos grãos de cada sorriso
feio e barulhento do mar,
e uma placa irónica faz sombra à pintura surreal que agora faço parte.
"Favor não jogar lixo!" diz ela, como se dissesse: "Lixo, favor jogar!"

Sobre a obra

Um poema sobre o uso de drogas

compartilhe



informações

Autoria
Jefferson de anglesorath
Downloads
335 downloads

comentários feed

+ comentar

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
pdf, 2 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados