O Mar de Sérgio Lucena

1
Seven Star Marketing · Rio de Janeiro, RJ
27/6/2011 · 0 · 0
 

O Centro Cultural Correios apresenta de 14 de julho a 27 de agosto de 2011, com entrada franca, a exposição “O Mar de Sérgio Lucena”. A mostra, que reúne as principais obras da série marinha do pintor Sérgio Lucena, tem o mar como importante figura de reflexão.

O mar de Lucena transborda e acalma a alma permitindo várias outras sensações simultâneas. A luz que emana de suas pinturas traduz a dualidade das marés: “depois da tempestade, vem sempre a calmaria”. Nesta série de elegante leveza e forte expressão pictórica, o belo é sentido de forma natural e profunda proporcionando enxergar o mar em várias formas.

A exposição tem como objetivo a reflexão. Uma estrofe de um poema de Vanildo Brito, poeta paraibano, resume o conceito central da mostra: “descobrimos um mar oculto e profundo que o líquido e familiar oceano”. Neste universo é possível contrapor a energia fluída nos dias tranqüilos com as tempestades que as superfícies escondem. É um encontro marcado com a calma em dias agitados.

Para a curadora da exposição, Cláudia Lopes, Lucena é um pintor do mundo, um tradutor de almas. “Sua obra nos leva a espaços interiores que nem sempre nos atrevemos a pisar”, relata Cláudia.

Sérgio Lucena, com sua obra atual, faz com que a luz - elemento visto e sentido na série “Deuses do céu – permaneça. O que se constata nas pinturas é que a forma praticamente desaparece e a cor, inevitavelmente, se transforma em luz permitindo a visualização do mar em diversas cores.

O crítico de arte Enock Sacramento define a exposição como sendo um mar particular do pintor. “Um mar muitas vezes azul, de um azul profundo, cinza, chumbo, violáceo, verde, dourado, fúcsia, de uma cor obtida por várias camadas de tinta e que, não raro, não está na superfície, mas vem do fundo”, relata Enock.

Desde as primeiras obras surgidas de suas vivências paraibanas e da cultura nordestina brasileira, Sérgio Lucena, em “O Mar de Lucena” demonstra o longo caminho percorrido por ele durante sua trajetória profissional. Pode-se perceber que, através da luminosidade, o universo do artista transformou-se em um mar de cores e sensações.

A exposição “O Mar de Sérgio Lucena” no Centro Cultural Correios é um patrocínio da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos.

onde fica
Centro Cultural Correios BA (Salvador)
por que ir
Exposição
quando ir
14 de julho até 27 de agosto. De segunda a sexta-feira, das 10h às 18h e aos sábados, das 08h às 12h.
quem vai
Exposição
quanto custa
Entrada Franca
contato
Telefone: (71)3321-6665

comentários feed

+ comentar

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados