Festan anuncia os espetáculos de 2011

Fábio Brandi Torres
O Festival acontece de 21 a 28 de maio em quatro municípios do Sul Fluminense
1
P. Paralelo · Rio de Janeiro, RJ
16/5/2011 · 4 · 0
 

O Festival de Teatro das Agulhas Negras, Festan, acaba de anunciar os espetáculos selecionados para a edição de 2011, que será realizada entre 21 e 28 de maio. Serão dez peças do Rio de Janeiro, São Paulo e Belo Horizonte: As Noivas de Nelson, Ciranda das Flores, Cobrindo a Megera de Olho na Fera, A folia no terreiro do seu Mané Pacaru, Nada na Cartola, Igreja do Diabo, Cidade das Donzelas, Travessia, A Incelença, Faz de conta que tem...história, e Concessa Tecendo Prosa. “Esta última é a única apresentada em edições anteriores, mas o sucesso é sempre tão grande, que não poderíamos deixar de fora”, explica o curador José Leon.

As apresentações serão realizadas nos municípios de Quatis, Itatiaia, Resende e Porto Real, e a programação é inteiramente gratuita. Este ano, o Festival contará com três grandes novidades: o Circuito Terceira Idade, a Oficina de Mamulengos e o Troféu Amir Haddad.

O Circuito Terceira Idade incentivará grupos de idosos a assistirem ao espetáculo Concessa Tecendo Prosa no Porto Real Country Clube, em Porto Real, terça-feira, dia 24, no Cine Vitória, em Resende, quarta-feira, dia 25, e no Teatro Orlando Mota, em Itatiaia, quinta-feira, dia 26. Em Penedo e no Centro de Itatiaia, por exemplo, será disponibilizado transporte para levar os idosos ao teatro.

A Oficina de Mamulengos será ministrada dias 23, 24 e 25, das 16h às 19h, no Ciep de Quatis.

Já os troféus Amir Haddad serão entregues para o melhor espetáculo, diretor, ator, atriz, cenário, figurino, ator e atriz coadjuvante. A premiação será realizada no último dia do evento, em Quatis, cidade base do Festival, onde ficará montado um caminhão-palco na Arena Cultural. O juri será composto pelo diretor de teatro Antônio do Vale e pelos produtores culturais Orlando Moreno e Luciana Marques.Também haverá votação popular para o melhor espetáculo.

O Festival de Teatro das Agulhas Negras é uma realização do Instituto Cultural Cidade Viva (ICCV) em parceria com a Prefeitura de Quatis, tem o incentivo do Ministério da Cultura através da Lei Rouanet, patrocínio da MAN Latin América, e apoio das prefeituras de Itatiaia, Porto Real da câmara municipal e prefeitura de Resende.

Programação:

21/05/2011 (Sábado):
20h30: As Noivas de Nelson - Quatis - Arena Cultural

22/05/2011 (Domingo):
11h:
Ciranda das Flores - Itatiaia - Penedo
16h: Cobrindo a Megera de Olho na Fera - Resende - Itapuca (Igreja Sagrado Coração de Jesus)
20h30: Ciranda das Flores - Quatis - Arena Cultural

23/5/2011 (Segunda):

12h: Concessa Tecendo Prosa (Circuito terceira idade) - Resende - MAN Latin America (exclusivo para funcionários)
14h: A folia no terreiro de seu Mané Pacaru - Porto Real - Escola Cruz e Souza
20h30: Nada na Cartola - Quatis - Arena Cultural

24/05/2011 (Terça):

14h30: Concessa Tecendo Prosa (Circuito terceira idade) - Porto Real - Porto Real Country Clube
20h30: A folia no terreiro de seu Mané Pacaru - Quatis - Arena Cultural

25/05/2011 (Quarta):
17h: Concessa Tecendo Prosa (Circuito terceira idade) - Resende - Cine Vitória
20h30: A Igreja do Diabo - Quatis - Arena Cultural

26/05/2011 (Quinta):
11h: Concessa Tecendo Prosa (Circuito terceira idade) - Itatiaia - Teatro Orlando Mota
20h30: Cidade das Donzelas - Quatis - Arena Cultural

27/05/2011 (Sexta):
20h30:
Travessia - Quatis - Arena Cultural

28/05/2011 (Sábado):
15h: Faz de Conta - Quatis - São Joaquim
20h30: A Incelença - Quatis - Arena Cultural

Sinopses das peças:

Ciranda das Flores (Cia. Prosa dos Ventos / SP / 45 min.)

Dois atores e um músico, com a ajuda de diversas canções folclóricas e brincadeiras, contam a história de uma Jardineira e um Semeador, que trabalham juntos, sem coragem de declarar seu amor um para outro. Um dia, acabam brigando por causa de um cacto. A partir daí, muitas surpresas e muitos mistérios acontecem, misturando sonho e realidade.

Cobrindo a Megera, de Olho na Fera (Cia. Paulista de Artes / SP)

A família Bundião vive feliz sob o mesmo teto. Até o dia em que eles descobrem que um dos casais é portador do vírus HIV e o outro tem uma doença sexualmente transmissível. O desespero toma conta da família e a mais nova das irmãs decide ajudá-los a enfrentar as doenças, desde como usar corretamente a camisinha até inscrevê-los num programa popular de tevê.

Concessa Tecendo Prosa (Grupo Tripetrepe/ BH / 55 min.)
Comédia sobre o cotidiano de uma dona de casa simples e contestadora, que leva o público a refletir sobre a simplicidade da vida, mesmo num mundo globalizado.

A Folia no Terreiro de Seu Mané Pacaru (Cia Mamulengo da Folia/ SP/ 50 min.)
Seu Mané Pacaru celebra o casamento de sua filha Marieta com o vaqueiro Benedito. Para o acontecimento, uma grande festa será realizada. E eis que o conflito se estabelece: o coisa ruim, como é chamado o diabo, invade a festa impedindo o casamento e obrigando a Marieta casar com ele. A brincadeira segue um roteiro estabelecido, porém o desfecho é sempre compartilhado com o público que opina e participa da brincadeira, dando mais sabor e colorido ao espetáculo.

A Igreja do Diabo (Cia Teatral Boccaccione / SP / 60 min)
A peça é uma adaptação livre deste conto bem-humorado de Machado de Assis. Cansado de ser desorganizado, de ficar com as circunstancias sobras das diferentes manifestações de fé, o Diabo tem a idéia de fundar uma Igreja e organizar o seu rebanho. Após comunicar Deus de seu futuro ato, volta à Terra e com muito sucesso faz a Igreja que idolatra os defeitos humanos.

Nada na cartola (Patrik, O Mágico / RJ / 50 min)

A apresentação utiliza os recursos teatrais e cômicos integrados à arte da ilusão para desvendar uma maneira inusitada de se fazer mágica, levando o público a uma viagem pelas diversas facetas desta arte milenar. O espetáculo celebra a vida, a alegria e até os eventos esportivos de 2014 e 2016.

As Noivas de Nelson (Cia. Paulista de Artes / SP)

Uma radiografia patética do ser humano e seus encontros e desencontros a procura do amor. Da exibição de pequenas falhas que ganham dimensões trágicas, reflete, com muito humor a dicotomia Amor X Morte, elemento fundamental da ficção e do teatro de Nelson Rodrigues.

Travessia (Grupo Tecelagem / SP / 60 minutos)
Baseado nos contos reunidos em Sagarana e Primeiras Estórias, de Guimarães Rosa, “Travessia é um monólogo que se desenvolve a partir da narrativa de um contado de causos. A estória se ambienta no sertão de Minas Gerais, de onde um grupo de vaqueiros parte conduzindo a sua boiada. O espetáculo transita na força da oralidade, dos ritos, das cantigas e tradições, encontrando nesses elementos a força do sagrado.

Cidade das Donzelas (Troupppasdargent / RJ / 60 min)
Franzilino Sertanejo Peregrino conta a história de Carolino, que sem lenço, documento ou certidão, chega à cidade das Donzelas, no meio do Sertão. E se espanta ao ouvir falar que não existe nem homem ou mulher bonita naquele lugar. E que as moças feias que habitam por lá matam qualquer um que arrisca se aproximar. Tentando desviar esse mistério acolá a gente embarca nessa história, temendo nunca mais voltar...

A Incelença (Grupo Chegança / RJ / 60 min)

Nesta comédia dramática, contrariando o espírito trágico de um velório, o autor cria situações hilariantes durante o enterro de um homem que parece ter morrido de epilepsia. Entre rezas, cantos, bebedeiras e anedotas, se descobre que o pobre não era lá todo aquele poço de virtude que a família pregava. Tinha uma amante que dele se engravidara. Razão mais do que suficiente para participar da partilha: um relógio e uma rês.

Faz de conta que tem...história (Cia. Abaréteatro / SP / 50 min)
Lelé & Belinha querem ser palhaços de um circo que está fechando as portas. Para tentar salvar o circo, decidem contar uma última história: “A História do Brasil – De Cabral a Republica Virtual”. Só que desta vez tudo pode ser diferente, pois está em jogo o palhaço, o circo, e tudo poderá ser como antigamente, pois o espetáculo tem... que... continuar....

compartilhe

comentários feed

+ comentar

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados