O homem-borracha está de volta

divulgação
Fiorini encara o desafio de produzir objetos utilitários como jogos americanos
1
Gilberto de Abreu · Rio de Janeiro, RJ
5/4/2010 · 0 · 0
 

Há cinco anos dividido entre o Brasil e a Espanha, o designer ítalo-brasileiro Marzio Fiorini encara um novo desafio: desenvolver, além de jóias, objetos utilitários em PVC com textura de borracha.
Oferecer um novo olhar sobre a beleza e a versatilidade das coisas que fazem parte do nosso dia-a-dia sempre foi, e ainda é, um dos principais motores criativos do designer ítalo-brasileiro Marzio Fiorini.
Reconhecido internacionalmente por suas jóias em PVC com textura de borracha, ele agora quer investir no desenvolvimento de objetos utilitários. “As pessoas costumam receber seus amigos em casa. E não há nada melhor do que surpreendê-los com acessórios que fogem do lugar-comum”, diz.
A expertise na criação de jóias em borracha – aprimorada em cinco anos de pesquisa por novas soluções durante a temporada na Espanha -, e a possibilidade de expandir o horizonte criativo é o que leva o designer a buscar novos parceiros, brasileiros e internacionais, para a ampliação do seu mix de produtos: jogos americanos, objetos decorativos de parede, além de mobiliário.
Com representantes comerciais em países como Austrália, Bélgica, Canadá, Chile e Espanha, Marzio Fiorini vem participando dos principais salões internacionais de design, experiência que ajuda a projetar seu nome no mercado internacional.
Exposições em lojas de museus como o MoMA de São Francisco, o Museu de Arte Contemporânea de Chicago, o Centre George Pompidou, em Paris, o Whitney Museum e o American Art Museum de Nova Iorque, além dos Museus de Arte Moderna do Rio de Janeiro e de São Paulo são alguns marcos na carreira deste criador, cujas peças são hoje vendidas em multimarcas de diversos países, dentre eles Portugal, Itália, França, Grécia e Rússia, isto sem falar no Brasil.
Instalado em um charmoso apartamento no Leblon, bairro nobre da Zona sul, carioca Marzio Fiorini diz que viver na ponte-aérea Brasil - Espanha é enriquecedor em todos os sentidos. “São países que absorvem as coisas de forma muito distinta. O Brasil vive hoje um renascimento do design. Algo que a Espanha já vivenciou. Cada vez mais os brasileiros estão atentos aos objetos que os cercam, e esse é um excelente desafio para mim. Reafirmar o nome do design brasileiro, dentro e fora do país”, diz o designer.

Exposição Internacional
Repetindo o sucesso de 2009, a SEDEIS e o SEBAE-RJ promovem dia 13 de abril a abertura da exposição Rio+Design Milão 2010, com produtos de designers do Estado do Rio de Janeiro, dentre eles Marzio Fiorini. A curadoria fica por conta de membros do Conselho de Design da SEDEIS - Ricardo Leite, Guto Indio da Costa e Cláudio Magalhães. O local será o mesmo de 2009, o Palazzo Affari ai Giureconsulti, ao lado da Duomo di Milano.

Um flerte com a paixão nacional
No Ano em que a África sedia a Copa do Mundo de 2010, as cores da bandeira brasileira serviram de ponto de partida para o desenvolvimento de colares que tem tudo para virar febre durante os jogos.
“Perceber que você alcançou o universo coletivo é uma delícia! Ocorre quando suas idéias seguem seu próprio curso, e que cada vez menos você tem controle absoluto sobre o que você criou. É quando identifica que seu trabalho está em várias partes do mundo e ao mesmo tempo sendo usado por milhares de pessoas e de maneiras diferentes. É maravilhoso!”, diz Marzio.
Um feito inédito na trajetória do artista foi a sua associação ao Clube de Regatas do Flamengo, para quem desenvolveu um conjunto de acessórios nas cores vermelho e preto. “Além de peças com forte vocação contemporânea, investimos em uma linha mais vintage, em que resgatamos toda a tradição do time”, conta Marzio. O sucesso foi grande. Tanto que outros times brasileiros já demonstram interesse.
Marzio trabalha ainda para o mercado corporativo, usando sua expertise a serviço de marcas como Nokia, Coca-Cola, L'Oréal, Café del Mar, Rede Globo, Embratel, Brahma, Warner Bros. e Always. “As possibilidades de emprego do PVC com textura de borracha são infinitas. E as empresas estão se dando conta do potencial desse material em suas estratégias de relacionamento com seus consumidores”.

Confira as mais recentes coleções do designer no site www.marziofiorini.com.br

compartilhe

comentários feed

+ comentar

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados