Ser ou não ser Músico? Eis a questão...

1
Tallentus Midas · João Pessoa, PB
22/12/2011 · 1 · 0
 

A intenção desse artigo não é a de mostrar o segredo do sucesso, mas dar sugestões para que o profissional possa se posicionar no mercado tão competitivo como é o da música.
Hoje várias artistas que estão começando a carreira como cantor, compositor, produtor, instrumentistas, ou em qualquer área da música tem sempre uma dúvida. Por onde Começar?
O que você tem que entender é que a música, assim como qualquer outra profissão, tem passos a serem seguidos que podem te levar ao sucesso ou ao fracasso profissional e deve ser encarado com seriedade e como um negócio. Definir o que você realmente pretende com sua carreira é o primeiro passo. Foco é a palavra adequada para defini-la seja qual for a área.
Um segundo seria estudar a música em si, fazer bons cursos com bons professores. “Supere o medo com o conhecimento” Jamey Aebersold. Quanto mais conhecimento musical você possuir melhor seu esclarecimento com relação a seus objetivos. Hoje só talento não é suficiente tem que inovar e ser criativo.
Terceiro passo seria planejar como você quer chegar onde você pretende. Estudar o mercado e as tendências dos consumidores é um começo, procurar fazer cursos que possibilitem o entendimento para administração da carreira é importante. Tendo em vista que o artista com poucos recursos tem que fazer também o papel de empresário. Se você já possui um, parabéns.
O SEBRAE é uma boa opção para se aperfeiçoar como empreendedor da música. Você vai utilizar tempo e dinheiro investindo num negócio que tem que te dar retorno. Já passou o tempo em que artista vivia só de amor pela arte e não obtinha retorno financeiro. O mercado mudou e as coisas mudaram. Não existe tempo como agora. “A melhor maneira de prevê o futuro é criá-lo” Peter Drucker. Se quiser viver de música tem que se profissionalizar, pois na atualidade não há espaço para amadorismo, os clientes estão cada vez mais exigentes.
Após definir sua carreira o próximo passos seria gravar um cd, fazer um portfólio e correr atrás e não buscar uma única alternativa na música. Você pode fazer, shows, transcrever partituras, produzir CDs, fazer arranjos e Leciona.
É possível viver de música sim, mas tem que se organizar como empresa e levar o trabalho a sério.

compartilhe

comentários feed

+ comentar

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados