Dança e Música na Fundação Ema Klabin

Ballet Afro Koteban: seu trabalho de pesquisa é baseado na cultura mandingue.
1
MidiaBrazil · São Paulo, SP
8/5/2010 · 10 · 0
 

No mês de maio, a Fundação Ema Gordon Klabin, no Jardim Europa, realiza uma série de atividades culturais, com entrada franca. No sábado, dia 22, haverá uma apresentação especial do Ballet Afro Koteban em comemoração à 8ª Semana Nacional de Museus, promovida pelo Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM), do Ministério da Cultura. No dia 29, o público pode conferir apresentação de chorinho com o Trio Mbaraká, pelo programa Tardes Musicais, que acontece todos os últimos sábados do mês. Os eventos ocorrem sempre às 16h30.



O trabalho de pesquisa do Ballet Afro Koteban é baseado na cultura mandingue, de povos do oeste da África. Formado por músicos, dançarinos e atores, tem como foco a manifestação e resgate da cultura africana, proporcionando uma leitura real e cultural desses povos. Essa região inclui cinco países: Guiné, Mali, Senegal, Burquina Faso e Costa do Marfim. Possui uma música forte, de arranjos e andamentos complexos, que tem como base alguns dos vários instrumentos dessa cultura como o djembe, dununs e balafon. Além de instrumentos conhecidos do povo brasileiro como o berimbau, cuica, congas, caxixis, xequeres, entre outros.



Já o programa Tardes Musicais vem se tornando tradição na cultura paulistana. Todos os últimos sábados de cada mês, a Fundação Ema Gordon Klabin promove recital de música, com entrada franca, no jardim da entidade. No dia 29 de maio, o Trio de choro Mbaraká apresentará músicas dos repertórios de Jacob do Bandolim, Ernesto Nazareth, Radamés Gnattali, Joaquim Callado, Benedito Lacerda, Dilermando Reis, Pixinguinha e composições próprias. Formado em 2007, no departamento de música da ECA-USP, o trio é composto pelos violonistas Felipe Fachini, Giovanni Matarazzo e Julian Palmute, orientado pelo professor Doutor Edelton Gloeden.



A Fundação oferece ainda, no segundo sábado de cada mês, à partir das 14h, visitas temáticas ao acervo seguidas de oficinas de criação artística. As oficinas são orientadas pela artista plástica Caroline Gonzaga e este semestre terão como tema a paisagem. As vagas são limitadas, custam R$20,00 (incluindo oficina, material e visita a casa-museu) e devem ser agendadas pelo site da Fundação. Pais com filhos ganham 50% de desconto. A próxima acontecerá dia 8 de maio.



onde fica
Visitas monitoradas à Fundação Ema Gordon Klabin



A Fundação Ema Klabin abriga um valioso acervo de 1.545 obras, entre pinturas do russo Marc Chagall e do holandês Frans Post, talhas do mineiro Mestre Valentim, mobiliário, peças arqueológicas e decorativas. A coleção foi adquirida por Ema Klabin ao longo de mais de quatro décadas em galerias e antiquários no mundo inteiro e possui obras que não são encontradas em nenhum grande museu brasileiro.


Inspirada no Palácio de Sanssouci, em Potsdam, Alemanha, a casa-museu de 900 m², construída na década de 50 pelo engenheiro-arquiteto Ernesto Becker especialmente para abrigar as obras da colecionadora, é uma atração à parte. Até o jardim do museu, projetado por Burle Marx, é uma obra de arte. Endereço: Rua Portugal, 43, Jardim Europ
quando ir
Quando:

Dia 22 de maio (sábado) : Ballet Afro Koteban

Dia 29 de maio (sábado): chorinho com o Trio Mbaraká
Horário: 16h30, sem necessidade de reserva.

quanto custa
Grátis
website
www.emaklabin.org.br
contato
Mais informações: 011 3062-5245

comentários feed

+ comentar

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados