Festa para Gonzagão a R$ 1 na Tijuca

Burburinho Cultural
Marcelo Caldi em show na Sala Funarte Rio, 2012
1
Fernando Gasparini · Rio de Janeiro, RJ
14/3/2012 · 0 · 0
 

Depois do sucesso da estreia na Sala Funarte Sidney Müller, Marcelo Caldi sobe novamente ao palco para festejar – na sanfona e no piano – o centenário de nascimento de Luiz Gonzaga, mostrando o lado carioca do rei do baião. O show está marcado para sábado, 31 de março, às 19h30, no Centro Municipal de Referência da Música Carioca, na Tijuca. Os ingressos custam R$ 1,00 e devem ser retirados uma hora antes na bilheteria.

Além de sucessos como “Asa Branca” e “Forró no Escuro”, o jovem compositor e instrumentista apresenta um repertório de choros compostos e gravados por Gonzagão na década de 1940, um material ainda pouco conhecido mas que revela a proximidade e o diálogo entre os gêneros carioca e nordestino. “Dá pra sentir o baião despontando nesses choros”, revela Marcelo.

Em homenagem à sanfona brasileira de inspiração nordestina, o espetáculo mostra ainda os choros de dois grandes discípulos de Gonzagão: Dominguinhos, em “Princesinha no Choro”, e Sivuca, em “Cada um Torce como Pode”.
Sotaque nordestino

O espetáculo é um passeio pelo cancioneiro gonzagueano e que realça matizes até então insuspeitos. No piano, Caldi toca músicas próprias como “Forró da Olívia” e “Baião da Bebel”, ambas inspiradas no sotaque nordestino.

O diferencial do show está na riqueza e diversidade dos arranjos musicais feitos por Marcelo, além da potência de dois grandes músicos, Fábio Luna (percussão e flauta) e Nando Duarte (violão de 7). De forma compacta mas não minimalista, o trio revela uma sonoridade tipicamente popular e requintada, tendo a sanfona como carro-chefe.

Luna e Marcelo já se reuniram para gravação do disco “Forró e Choro” (Delira, 2008), indicado ao Prêmio de Música Brasileira na categoria instrumental.

Sanfoneiro

“Sou sanfoneiro graças a Luiz Gonzaga”, resume Marcelo. “Creio que é assim com todo sanfoneiro brasileiro. O encontro com o mestre me fez mergulhar no imenso manancial da música brasileira com sotaque nordestino, o que para mim foi uma descoberta, já que venho de uma família ligada à música clássica”. O artista reúne dessa forma uma formação erudita e uma aprendizagem autodidata no instrumento ícone da cultura popular.

Informações: data – 31/03, sábado, às 19h30, no Centro Municipal de Referência da Música Carioca (CMRMC), na Rua Conde de Bonfim, 824, Tijuca, Rio de Janeiro. Ingressos a R$ 1,00, disponíveis a partir das 18h30 na bilheteria do local. Lotação: 200 lugares. Informações: (21) 3238-3831 e www.marcelocaldi.com.

compartilhe

comentários feed

+ comentar

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados