Primavera Eterna

Carla Arte do Cerrado
Arranjo Natural Desidratado, feito por Carla arte do cerrado
1
CarlaartedoCerrado · Jaraguá, GO
14/11/2011 · 0 · 0
 

Os arranjos naturais desidratados leva aos lares e aos olhares os encantos de nossa flora, O cerrado principalmente fornece matéria prima em abundancia para as artesãs que usam a criatividade na hora de usálos, a quem com os olhos ja finaliza seu trabalho a imaginação aflora, e belíssimos arranjos decorativos vão encantando pessoas mundo afora. Se quiser-mos tudo vira flor, cascas de frutos, palha de milho, folhas desidratadas, sementes. Arranjos sem vasos de puro cipós, e vasos tambem de cipós. a ornamentação dos arranjos vão se completando com ramos, plumas de capim, cipós retorcidos.
Tudo parece simples, más a jornada da artesã, começa pela manhã, ao sair de casa preparada para passar o dia nos cerrados e matas, tudo é lindo más nem tudo serve, as folhas a serem desidratadas devem ser rigidas e de formato de pétalas, as plumas de capim devem ser resistentes e permanecer no seu formato após desidratados, enfim todo material deve ser realmente resistente ao tempo e aceitar trabalhos, as flores em sua maioria são criadas, inventadas, más devem ficarem lindas e combinando com cada tipo de arranjo. Nessa jornada, as veses a artesã passa por muitos perigos,Uma queda,picadas de cobras, de abelhas, marimbondos, todo cuidado é pouco. No final da tarde de volta para casa é hora de separar os materiais e estes não podem secar antes de ser trabalhados pricipalmente as folhas e os cipós. vários dias são contados para que estes materiais se tornem aptos a fazerem parte dos belíssimos arranjos, más depois de montados é uma satisfação enorme o preço é a felicidade do dever cumprido, pelo menos daquele. Depois vem as vendas, as feiras, outra jornada enfrentada pelas artesãs, que buscam a valorização dos seus trabalhos, o reconhecimento das dificuldades dos trabalhos. que nem sempre tem esse valor. porém nada as desanimam, só a ocupação, o prazer , já compensa para elas, é raro elas se estressarem, se deprimirem, o contato com a natureza faz bém a elas, que além de trabalhar ainda se divertem em cachoeiras, córregos, rios, Este trabalho divertido, também exige certas responsabilidade com a sustentabilidade, as artesãs tem essa consciência, que preservar significa trabalhos para as futuras gerações, a continuidade de futuras artesãs. com isso elas semeiam, protegem, cuidam para que o Cerrado permaneça lindo e frutífero.
O cerrado Goiano é rico em diversidades, nas regiões de Jaraguá, Pirenópolis, é possivel encontrar milhares de hectares de cerrado virgem,más em muitos os fazendeiros semeiam capim e estes impedem que muitas plantas brote, principalmente as sempre vivas, plantas rasteiras, e até mesmo outras qualidades de capim nativo que pendoam e dão lindas plumas. É preciso união de todos na preservação, para garantirmos essa eterna primavera ornamentando e decorando os lares, e principalmente mostrar a quem não conhece as belezas de nosso cerrado.

compartilhe

comentários feed

+ comentar

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados