Grotescos, tipógrafos

1
Paulo Avelino · Fortaleza, CE
28/1/2012 · 1 · 1
 

Amostra do texto

Em 1898 Hermann Berthold Akzidenz-Grotesk estilhaçou o pequeno mundo das gráficas com sua apresentação das 210 tábuas de um novo tipo de letra. Suas letras não tinham serifas – os rabinhos que ajudam o leitor a não se cansar. Considerada um Frankenstein tipográfico, seus colegas tomaram parte do seu sobrenome para criar uma palavra, a qual depois transcendeu o fechado mundo dos que trabalham em impressão de livros e jornais. Ironia das ironias, e para mostrar que os homens mais úteis são o mais das vezes invisíveis, no Google imagens não há nenhuma imagem de Akzidenz-Grotesk. O adjetivo derivado de seu nome no entanto continua – grotesco.

Sobre a obra

Uma crônica sobre as letras em que gente escreve - a Times New Roman, a Garamond, a Helvetica, todas tiveram pessoas por trás delas.

compartilhe



informações

Autoria
Paulo Avelino
Downloads
144 downloads

comentários feed

+ comentar
Rosangela Ataíde
 

Interessante!

Rosangela Ataíde · Niterói, RJ 28/1/2012 18:41
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
rtf, 40 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados