Brasil.gov.br Petrobras Ministério da Cultura
 
 

Olha a Abesni aí, gente!

Marcos Brito/Divulgação
O charme da porta-bandeira e do mestre-sala do GRES Esperança do Amanhã
1
Tetê Oliveira · Nova Iguaçu, RJ
4/7/2007 · 152 · 0
 

Pouca gente sabe, mas Neguinho da Beija-Flor já foi Neguinho da Leão de Nova Iguaçu e da Independentes de Nova América. É isso mesmo: um dos maiores puxadores de samba do carnaval do Rio de Janeiro começou sua bem-sucedida carreira nos desfiles das escolas de samba iguaçuanas. Antes de ecoar seu vozeirão pela Marquês de Sapucaí, Luís Antonio Feliciano Marcondes (nome de batismo do artista) fez um estágio, digamos assim, em plena Avenida Marechal Floriano Peixoto – uma prima pobre da Apoteose carioca.

A Leão e a Independentes de Nova América são apenas duas das 17 escolas de samba afiliadas à Associação dos Blocos e Escolas de Samba de Nova Iguaçu – 15 desfilam na cidade e duas no Rio (o GRES Imperial está no grupo E e a própria Leão, que já representou a cidade no Grupo Especial, elite do carnaval carioca, nos anos 90, está atualmente no grupo C). A Independentes também é o berço de outro sambista de sucesso, Nininho Simpatia, que hoje divide seu talento entre a escola de origem e a Estação Primeira de Mangueira, na qual integra a Ala dos Compositores.

Segundo o diretor de Comunicação da Abesni, Miroval Santos, a associação existe há uns 30 anos e é responsável pela organização do carnaval iguaçuano, incluindo desfiles das agremiações e eventos momescos em diferentes bairros da cidade.

Em sua sede no bairro Califórnia, a Abesni não se restringe a eventos ligados ao samba e ao carnaval. Ela cede sua “quadra” (um galpão, na verdade) para que alunos de escolas municipais da comunidade tenham aulas de capoeira e dança, além de recreação em geral. A iniciativa faz parte do Bairro-Escola, projeto da prefeitura local, que oferece atividades esportivas, culturais e cursos de informática aos alunos das escolas da rede pública. A programação extracurricular é desenvolvida em locais cedidos por instituições civis dos bairros, como a piscina ou a quadra de um clube, a sala de uma igreja, a sala de informática de uma ONG.

No segundo semestre, o ritmo na Abesni vai esquentar. Dirigentes das escolas de samba de Nova Iguaçu vão definir os enredos para o próximo carnaval – e correr atrás de verbas para “colocar o desfile na rua”. E já existe uma preocupação: a prefeitura destinou R$ 400 mil para o Império da Tijuca, escola do Rio de Janeiro, que vai defender o enredo “De Iguassú a Iguaçu – o Império da Tijuca é Baixada”, pelo Grupo A (Acesso), em 2008. “Sem dúvida, esse investimento vai ser bom para divulgar a cidade. Por outro lado, espero que não prejudique o patrocínio do carnaval local. É preciso privilegiar a folia iguaçuana”, diz Miroval, explicando que o valor dado à escola da Tijuca (Zona Norte do Rio) é quase igual ao que a prefeitura destinou para as agremiações iguaçuanas, no total, em 2007 (R$ 450 mil). Ele estima que 30 mil pessoas assistam, por dia, aos desfiles nas arquibancadas gratuitas na Marechal Floriano Peixoto, além dos foliões que se divertem com os shows nos bairros.

Para ajudar na divulgação das agremiações e do samba na cidade, a associação tem, em parceria com a prefeitura, um programa na Rádio Tropical AM 830. “Samba, cultura e lazer” vai ao ar aos sábados, das 11h às 12h, com apresentação de Reginaldo Barbosa, Edinelson Serra e Miroval (que revelou a ligação entre Neguinho da Beija-Flor e a Independentes de Nova Iguaçu). O programa é mais um canal para a Abesni soltar seu grito de guerra e esquentar os tamborins para a folia.

onde fica
Abesni - Associação dos Blocos e Escolas de Samba de Nova Iguaçu
Rua da Liberdade 20, Bairro Califórnia (perto do Prontonil - Hospital de Clínicas Infantil, que fica na Estrada Dr. Plínio Casado 515).
por que ir
Pra conhecer a folia iguaçuana.
Pra descobrir o calendário das rodas de samba e ensaios carnavalescos nas quadras das escolas.
Pra saber quem está por trás - e à frente - dos batuques na sua comunidade e não deixa você dormir no período pré-carnavalesco (aqui perto de casa fica a quadra da Leão de Nova Iguaçu!).
quando ir
Na Abesni, é melhor ligar e agendar uma visita. A galera não fica lá o tempo todo. Na Rádio Tropical, aos sábados, das 11h às 12h (Praça Procópio Ferreira 22, nos fundos da Prefeitura).
quem vai
Carnavalescos e sambistas em geral.
contato
(21) 9791-5228 - Wilson Santos, presidente da Abesni.

comentários feed

+ comentar

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

imagens clique para ampliar

Império do Cabuçu, atual campeã, mas em foto de 2006! zoom
Império do Cabuçu, atual campeã, mas em foto de 2006!
Unidos do Bandeirantes zoom
Unidos do Bandeirantes
Folia na praça de Miguel Couto zoom
Folia na praça de Miguel Couto

filtro por estado

busca por tag

observatório

feed
Nova jornada para o Overmundo

O poema de Murilo Mendes que inspirou o batismo do Overmundo ecoa o "grito eletrônico" de um “cavaleiro do mundo”, que “anda, voa, está em... +leia

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados