A Ponta do Iceberg só começou a derreter

Divulgação
Derretimento de geleiras
1
Luiz Gustavo Pacete · Osasco, SP
18/1/2007 · 17 · 0
 

"Quando a última árvore for derrubada, o último rio secar, o último peixe for morto, é que o homem branco vai saber que dinheiro não se come..." (Pensamento indígena)

O ano de 2007 se inicia e promete ser um dos mais quentes da história do planeta, a média ficará em + 0,54 ºC, temperatura mais alta dos últimos 150 anos, os dados são do Instituto de Meteorologia Britânico (Met Office). Isso irá refletir no Brasil por duas consequências distintas, secas nas regiões norte e nordeste e pancadas de chuvas intensas no sul e sudeste do país, que acompanhará a tendência mundial das alterações no clima.De séculos em séculos, o planeta terra sofre alterações climáticas, por influência astronômica e também por motivos simplesmente naturais, porém essas alterações têm sido aceleradas e modificadas pela atuação do homem.

Fenômenos como o furacão Katrina, que foi responsável por cerca de mil mortes e causou um prejuízo de dois bilhões de dólares para o sul da florida. A evacuação de mais de um milhão de pessoas na cidade de Nova Orleans. O início do descongelamento das geleiras polares. A inundação de inúmeras cidades litorâneas. O verão mais quente da Europa em 2004 e a seca na Amazônia, são alguns dos inúmeros acontecimentos que estão ligados entre si e já podem ser considerados consequências que segundo pesquisadores marcam o início da ofensiva da natureza em resposta à agressão humana.Tempo instável, calor excessivo, inundações por consequência de tempestades, extinção de animais como os ursos polares que já vêm sendo prejudicados pelo derretimento das geleiras e também a inundação de cidades litorâneas, furacões e tornados em regiões que jamais tiveram fenômenos são alguns dos eventos climáticos que já podemos esperar.

Essa é a ponta do iceberg que está derretendo, a influência do homem no clima terrestre começa a gerar sérios transtornos, e muitos deles irreversíveis. O Protocolo de Quioto, um dos principais acordos ambientais desenvolvido entre nações que trata com rigidez a redução da emissão de gases que causam o efeito estufa, já alertam para o problema. O Protocolo de Quioto foi rejeitado pelos Estados Unidos, o país considerado maior emissor de gases poluentes do mundo e que se recusa a prejudicar sua economia, adotando programas que reduzam a emissão desses poluentes.

A grande causa de tudo isso está na negligência e falta de consciência, em que o homem obcecado pelo seu suposto "desenvolvimento" está causando no único lugar que dispõe para viver. Porém não basta somente tentar reparar e se adaptar aos estragos que já estão sendo realizados, mas mudar e com urgência as atitudes perante o meio-ambiente . O planeta sempre forneceu ao homem aquilo de que ele necessitou para sobreviver, água, ar, alimentos, minérios, petróleo e inúmeras outras coisas, porém o não aproveitamento de todos esses recursos de forma consciente e inteligente está destruindo o planeta e se revertendo contra a própria raça humana.

O consumismo e a produção de lixo em demasia, a emissão desenfreada de poluentes no ar, as indústrias que também contribuem com a poluição do ar e dos rios lançando seus dejetos que quase ninguém consegue ver além de causar alterações climáticas comprometem a produção de alimentos devido à ameaça da escassez de água, onde milhares de milhares morrerão em consequência de uma futura crise social e econômica.

Seremos nós responsáveis pela extinção da nossa raça? ou conseguiremos reverter esta situação?, são perguntas que só serão respondidas conforme o passar do tempo, mas cabe a cada um de nós minimizar essas macro-complexidades e assumirmos nossa "culpa".Como brasileiros que somos e pelo fato de vivermos num dos paises de maior biodiversidade do mundo, temos todos os motivos para preservar nosso Brasil, o Brasil que deve ser conhecido pelas cores de sua bandeira, o verde das matas, o amarelo do ouro e o azul do céu limpo.

Texto: Luiz Gustavo Pacete de Lima - gustavo.pacete@revistanucleo.com.br

compartilhe

comentrios feed

+ comentar

Para comentar é preciso estar logado no site. Faa primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Voc conhece a Revista Overmundo? Baixe j no seu iPad ou em formato PDF -- grtis!

+conhea agora

overmixter

feed

No Overmixter voc encontra samples, vocais e remixes em licenas livres. Confira os mais votados, ou envie seu prprio remix!

+conhea o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados