Brasileiros e Americanos: algumas considerações

1
Adriano · Macapá, AP
17/4/2007 · 30 · 2
 

Primeiramente, são apenas observações do ‘senso comum’ e impressões aleatórias sem profundidade.
No que diz respeito ao sobrenatural, ao extraordinário, os americanos parecem negar, sem problema, o que não podem compreender. Isto lhes proporciona pouca fé nas coisas sobrenaturais, enquanto que nós brasileiros tendemos a escolher ter fé em tudo o que escapa ao nosso entendimento. Somos um povo que acredita profundamente num outro mundo. Lá, não haveria mais sofrimento, miséria e impessoalidades desumanas. Uma outra impressão é que, na América, se examinarmos bem veremos que o que prevalece é a fé direcionada à opinião comum do povo, sendo esta mais respeitada do que no Brasil, ou seja, a opinião comum se torna uma espécie de religião. Assim, quem determina, de fato, é a maioria. É o espírito democrático.
Sobre a arte, vemos que os americanos demonstram trocar o ‘belo’ pelo ‘útil’, ou exigem que o belo seja útil. A meta, então, seria fazer da obra de arte a melhor possível, e não a mais prática ou a mais barata. Há um gosto maior ao que é muito bem feito e duradouro. Esforçam-se para dar ao seu produto qualidades brilhantes, se possível, sempre a frente dos demais, enquanto que no Brasil as obras produzidas são quase sempre efêmeras e descartáveis.
Na América as uniões precoces parecem ser mais raras. Percebe-se que as americanas só se casam quando sua razão está bem madura e exercitada, ao passo que a maioria das mulheres do Brasil só começa a exercitar e a amadurecer sua razão no casamento. Portanto, sem a educação suficiente, não é de se espantar que elas façam mal uso do seu livre-arbítrio da primeira vez que o usam.
Nos Estados Unidos, as regras ou são obedecidas ou não existem. As brechas nas leis que abrem o caminho para a corrupção burocrática são mínimas. Desta forma, há mais confiança do povo no poder público. Lá, a lei é um instrumento que faz a sociedade funcionar bem. No Brasil, porém, entre o ‘pode’ e o ‘não pode’, encontra-se um jeito. É o famoso ‘jeitinho brasileiro’. Solicita-se precisamente isso: um jeitinho que possa conciliar todos os interesses. Isto é lei universal por aqui.
As impressões e hipóteses aqui colocadas necessitariam, é claro, de uma averiguação in loco. Enfim, de fato, nós brasileiros somos um povo singular que tem um estilo bem original de viver.

compartilhe

comentrios feed

+ comentar
Jan Moura
 

Aqui no Brasil é mais fácil acreditar em OVNIS que na POLÍTICA.

Jan Moura · Cuiabá, MT 18/4/2007 18:48
1 pessoa achou til · sua opinio: subir
Alexcrex
 

Poxa, mas lá tem outras complicações que aparecem menos aqui. Lá o racismo/xenofobismo é mais acirrado, por exemplo. Mas claro, dentro do mundo globalizado, portanto capitalista e neoliberal, eles estão mais "desenvolvidos", afinal neste quesito são os mais "avançados".
Abraços, amigão!

Alexcrex · Macapá, AP 20/4/2007 03:02
sua opinio: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faa primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Voc conhece a Revista Overmundo? Baixe j no seu iPad ou em formato PDF -- grtis!

+conhea agora

overmixter

feed

No Overmixter voc encontra samples, vocais e remixes em licenas livres. Confira os mais votados, ou envie seu prprio remix!

+conhea o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados