Marco Altberg lança DVD do filme Panair do Brasil

Divulgação
Documentário tenta desvendar os mistérios do fechamento da companhia aérea
1
Marcelle Braga · Rio de Janeiro, RJ
2/12/2010 · 6 · 0
 

A história da Panair do Brasil, empresa pioneira na aviação comercial brasileira, fechada misteriosamente durante o governo militar, poderá ser vista no DVD que será lançado dia 6 de dezembro, às 19h, na livraria Fnac do Barrashopping. Com narração de Paulo Betti e música de Milton Nascimento e Fernando Brant, na voz de Elis Regina, o documentário mostra porque a empresa se transformou hoje em verdadeira lenda, cercada de mistério pelas circunstâncias em que levaram ao final de suas operações. Na ocasião do lançamento, estarão presentes o diretor do filme, Marco Altberg, e o Comandante Lucas, comandante mor da extinta companhia.

Com farto material de pesquisa e registros de época, o documentário aborda a época da criação da empresa no início da década de 30, seu crescimento e sua relação com o processo desenvolvimentista brasileiro, bem como sua importância no estabelecimento de bases sólidas para a aviação comercial brasileira.

A Panair do Brasil cresceu junto com o país. De uma pequena empresa que operava a rota internacional Nova Iorque-Rio-Buenos Aires nos anos 30, expandiu-se incrivelmente em rotas nacionais e internacionais, abrindo agências no exterior, aeroportos e hangares no Brasil, além de empresas de manutenção e controle de tráfego aéreo e meteorologia, apoiada por sólidos empresários nacionais.

A empresa viveu o seu auge na era JK. Um dos símbolos do nosso país, a Panair do Brasil transportava desde artistas a políticos e personalidades brasileiras e estrangeiras até as seleções brasileiras campeãs e bi-campeãs. Também desenvolvia um trabalho comunitário, transportando ajuda para as localidades mais distantes do país.

A companhia era um verdadeiro acontecimento social. A lista de passageiros da aeronave Constelation, por exemplo, era até publicada nos jornais. “Eu achava tudo muito bonito, muito elegante e ficava com vontade de entrar naquele avião”, conta Milton Nascimento.

Chegando ao poder, o regime militar passa a perseguir a Panair do Brasil, atingindo mortalmente a empresa, chegando a decretar leis especiais para a aviação comercial em uma manobra que provoca a falência da empresa em 68. “A Panair foi impedida de voar por ordem do ministro da aeronáutica, Brigadeiro Eduardo Gomes, - cumprindo a decisão do Presidente da República, Marechal Castelo Branco - , que tinha acabado de chegar de Brasília com o decreto de cassação de suas linhas”, lembra o comandante Lucas. O jornalista Arthur da Távola completa “É preciso que se reconheça que pessoas jurídicas também foram perseguidas pela ditadura”.

O documentário mostra como a Panair do Brasil vive ainda hoje no coração e na esperança da chamada Família Panair, composta por antigos funcionários e seus descendentes, de vê-la voltar a voar pelos céus brasileiros.

O DVD é uma coprodução do BNDES, Labocine e TV Cultura e está sendo lançado pelo selo Coleção Canal Brasil, com distribuição do canal em parceria com a RioFilme.

2007 - Brasil – 70 min – Vídeo digital – JANELA 1.66

FICHA TÉCNICA
Direção..................................................................................MARCO ALTBERG
Produção Executiva............................................................MAIZA FIGUEIRA DE MELLO ALTBERG
Colaboração de Roteiro......................................................DANIEL SASAKI
Edição....................................................................................LUIS CASTRO GUIMARÃES
Fotografia e Câmera...........................................................TOTA PAIVA
Narração................................................................................. PAULO BETTI
Música tema...................................”SAUDADES DOS AVIÕES DA PANAIR” , DE MILTON NASCIMENTO E FERNANDO BRANT – INTERPRETADA POR ELIS REGINA
Trilha musical........................................................................TUNINHO GALANTE
Produção................................................................................ INDIANA/M.ALTBERG CINEMA & VÍDEO
Co-produção...........................................................................BNDES, LABOCINE E TV CULTURA
Distribuição............................................................................... RIOFILME E CANAL BRASIL

SOBRE O DIRETOR

MARCO ALTBERG
é carioca, 57 anos, e começou a trabalhar em cinema aos 16, como assistente de
direção de diretores do Cinema Novo e realizando filmes experimentais em 16mm. Foi montador, roteirista, continuísta, diretor de produção e produtor executivo em vários filmes, antes de realizar seus primeiros longas-metragens, Prova de Fogo (1980) e Aventuras de um paraíba (1982), ambos produzidos por Lucy e Luis Carlos Barreto. Em 1986 produziu e dirigiu Fonte da Saudade, inspirado na obra de Trilogia do Assombro, de Helena Jobim, com trilha sonora de Tom Jobim, prêmio de música e de som no Festival de Gramado e de direção e de roteiro no Festival de Brasília. Seu quarto longa-metragem, Sombras de Julho (1994), foi produzido em parceria com a TV Cultura de São Paulo. Antes de ser exibido nas salas de cinema, virou minissérie. Nos últimos anos, vem trabalhando como diretor e produtor independente de TV, mantendo programas regulares e especiais nas TVs Públicas e TVs a cabo com conteúdo voltado para a Cultura, Meio Ambiente e Povos Tradicionais, entre eles a série de programas semanais Revista do Cinema Brasileiro, há quinze anos no ar, na TV Brasil. Foi um dos fundadores do Canal Brasil e da ABPITV - Associação Brasileira de Produtores Independentes de TV, da qual foi presidente até 2006.

COMANDANTE LUCAS: nascido em 1924, em Petrópolis, no Rio de Janeiro, serviu a Força Aérea Brasileira de 1943 a 1946. Em 1943, serviu no Texas (EUA), onde se formou como Oficial Aviador da Força Aérea dos Estados Unidos Ingressou na Panair do Brasil em 1946, após o final da Segunda Guerra Mundial, onde foi admitido como piloto aprendiz chegan ao posto de comandante mor 10 anos depois. Em 1957, foi nomeado como um dos primeiros diretores da empresa CELMA, projeto pioneiro da PAB e responsável pelas revisões dos motores de suas aeronaves. Em 1965, com aproximadamente 23 mil horas de vôo, afastou-se da aviação após o encerramento das operações da Panair.

COLEÇÃO CANAL BRASIL - foi criada com o intuito de resgatar e fortalecer a distribuição de filmes nacionais, abrindo espaço para produções com orçamentos menores. O selo permite que os programas e shows da grade da emissora e filmes produzidos ou coproduzidos pelo Canal Brasil sejam lançados em DVD.

SOBRE A RIOFILME: A RioFilme é uma empresa da Prefeitura do Rio de Janeiro vinculada à Secretaria Municipal de Cultura e atua nas áreas de distribuição, apoio à expansão do mercado exibidor, estímulo à formação de público e fomento à produção audiovisual, visando o efetivo desenvolvimento da indústria audiovisual carioca. A empresa também apóia eventos, como festivais, mostras e feiras ligadas ao mercado audiovisual. como o Festival do Rio, o Curta Cinema e a mostra de documentários É Tudo Verdade.

Lançamento na Fnac Barrashopping

Data: segunda-feira, dia 6 de dezembro, às 19h

compartilhe

comentários feed

+ comentar

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados