XICO CHAVES expõe no Oi Futuro

Foto: Wilton Montenegro
Série Luzz – 1980
1
Júnia Azevedo · Rio de Janeiro, RJ
6/8/2011 · 0 · 0
 

Órbita – Poética – Xico Chaves é uma panorâmica da produção do artista que, desde a década de 70, vem trabalhando com diversas mídias simultaneamente. O evento celebra a obra de Xico Chaves em duas iniciativas que se complementam: uma exposição multimídia no Oi Futuro Flamengo, de 12 de julho a 4 de setembro de 2011, e a edição de um livro. Trata-se de um merecido destaque a um dos personagens mais importantes e atuantes da cultura contemporânea brasileira.

O projeto visa resgatar uma das obras mais ecléticas e instigantes da recente produção artística do país, enfocando as diversas possibilidades de linguagem utilizadas por Xico Chaves. A proposta é apresentar ao público, e em especial às novas gerações, a obra e o pensamento de um artista cuja tônica sempre foi o experimentalismo em diversas áreas, entre elas as artes visuais contemporâneas, a poesia e a música.

A exposição reúne imagens e sonoridades marcantes na trajetória do artista. A proposta é que o visitante se depare com um caleidoscópio virtual sem começo nem fim. A integração de som e imagem proporcionará a criação de um ambiente multidimensional de memórias e atualidades, num diálogo entre o cosmos (referência básica na produção visual do artista) e a realidade (presente em suas intervenções poéticas).

Xico Chaves não é um artista convencional, daqueles que se restringem à construção pontual de uma obra, na medida em que a ele próprio, com sua personalidade eclética, intensa e instigante, se configura como eixo central desta construção artística. Assim, no dia a dia, a qualquer momento e lugar, ele desenvolve e expressa a sua aguçada percepção do mundo, seja através de performances urbanas que se apresentam de maneira sutil e, muitas vezes, invisíveis para a maioria das pessoas; seja através de elucubrações poéticas com tudo e todos. Xico é um desses casos raros de artista que se mantém na vanguarda há mais de quatro décadas. Ele trabalha de maneira lúcida e engajada diversas linguagens – pintura, criação de objetos, instalações, performances, intervenções, fotografia, vídeo e poesia, música etc. O livro, que também faz parte do projeto, suprirá uma lacuna, na medida em que o artista, até hoje, não teve sua obra organizada em uma publicação.

Com essa exposição, o Oi Futuro além de simplesmente trazer para o público a obra de um importante artista multimeios, busca apresentar uma visão holística do fazer artístico, materializada não só através das músicas experimentais inéditas realizadas por Xico na década de 80, como por um único poema visual trabalhado em computação gráfica que se movimenta por entre galáxias. Este trabalho em computação gráfica foi realizado por alunos da Oi Kabum, escola de arte e tecnologia criada e mantida pelo Oi Futuro e ONGS em diversas capitais brasileiras. No Rio de Janeiro a parceria se dá com o CECIP (Centro de Criação de Imagem Popular).

compartilhe

comentários feed

+ comentar

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados