O de Andrade Alemanha , WW

O de Andrade

sobre o colaborador

Quem é este louco a gritar versos pela madrugada afora?" De fato não o sei exatamente, apenas sei que não estou disposto a me calar.
Por existir o direito ao grito (Clarice Lispector) e por este ser digno (Joan Brossa) não hesito em bradar minhas loucas palavras pelo ar irritando os ouvidos já moucos de tanto silêncio.
Não pretendo ser a sombra de ninguém, muito menos do meu próprio nome! Por isso decidi ser apenas esse o, a letra, a vogal, o fonema labial arredondado e fechado, o indíviduo, o ser humano por trás de seu nome, o poeta de origem suburbana que se deu o luxo de se exilar voluntariamente na Europa. Euro-brasileiro, Brasileuropeu com os pés e o coração ancorados na senzala. Assim como o Brasil, me sinto como um filho apartado da África criado pela madrasta Europa distante de ambas sonhando com Cabinda; mas a imaginária, a terra ancestral situada em algum recanto entre o Eldorado nunca encontrado e o paraíso para sempre perdido. A terra oposta em perambulagem, deambulada e sonâmbula de Mia Couto!

colaborações recentes

Projeto "verseiros" - versos em fevereiro banco
12/2/2011 08:09 · 1

Desde o início do mês, estou "publicando" via minhas contas no Twitter , Orkut e Facebook uns versos concisos ornados com fotos do meu arquivo pessoal do Flickr. No dia 1° de março apresentarei eles todos por aqui.Confiram e comentem! Até mais! +

Será mesmo? overblog
29/12/2009 12:16 · 0

“Cultura não é mero luxo! É um artigo de primeira necessidade!” assim com essa máxima, que beira o dizer de alguém marcado por um latente desespero, poderia ter iniciado este breve texto. Mas tais palavras que soam bem, ecoam na imensidão, se fazem ouvir e retornam quase sempre vazias ao seu autor, não me ajudariam.

Para evitar uma discussão inane, gostaria de deixar claro que... +

Meras considerações sobre a sociedade brasileira overblog
30/4/2009 13:46 · 2

Meras considerações sobre a sociedade brasileira contemporânea ou simplesmente; discordo!

Cada vez mais me vejo lendo mensagens de pessoas ditas “esclarecidas” de inegável eloqüência – diga-se de passagem, que me espantam!Todas com um ar de sarcasmo perante acontecimentos sociais ou políticos e uma linha de raciocínio, que culpa o povo brasileiro pela situação sempre “lastimável”... +

Mortuum est! banco
25/4/2009 13:00 · 1

Trata-se aqui de um questionamento de cunho puramente filosófico sobre o papel das religiões na sociedade contemporânea. +

Parceria ímpar overblog
18/4/2009 17:22 · 27

Ela: Ex-professora de língua portuguesa pesqueirense cinquentenária. Poetisa ativa e ávida do cotidiano. Narradora sagaz e voraz do Mundo ao seu redor.

Ele: Linguista despodurado belorizontino trintenário. Poeta exótico e desconexo do contemporâneo. Observador sagaz e voraz do Mundo ao seu redor.

Enquanto ela pesa cuidadosamente as palavras, ele tenta desesperadamente desintegrá-las.

O... +
+listar todas

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados