Tudo igual

Instale o Flash Player para ver o player.
1
Jorge Verlindo · Brasília, DF
18/10/2007 · 32 · 1
 

Tudo igual
Tudo igual
Eu quero primavera de prazer
E quiessa paisagem possa derreter
Já chega de carnaval

D’Água e sal
D’Água e sal
Deixesse teu sorriso perverter
Derrama na minha boca um pouco de você
Me afoga nesse teu mal.

Temporal
Tempo ral
Navega e me carrega com você
Me leva pronde a terra já cansou de ver
Teu tédio morno e mortal

tudo igual
tudo igual
sem essa de querer se arrepender
Que a vida é pouco, o tudo é nada
Deu pra ver
Como vai ser afinal?

compartilhe



Embutir



informações

Autoria
Jorge Verlindo
Downloads
285 downloads

comentários feed

+ comentar
Andre Pessego
 

Jorge, muito bons os versos, não deu pra ouvir agora,
mas a poesia bacana, um abraço, andre.

Andre Pessego · São Paulo, SP 19/10/2007 18:05
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados