VAIA DE BEBO não vale!

1
Isis Rost · São Luís, MA
6/4/2019 · 0 · 0
 

Amostra do texto

“Meus senhores, vou lhes apresentar/ A figura do homem popular/ Esse tipo idiota e muquirana/ Que imita a raça humana...” Nascido por volta de 1936, na cidade de Irará (BA), Antônio José Santana Martins (vulgo Tom Zé), surge no cenário musical brasileiro no torvelinho do tempo proclamado pelo abecedário tropi-pós-qualquer-coisa. Revela-se surpreendendo a todos, “não por ser exótico/ mas pelo fato de poder ter sempre/ estado oculto quando (talvez) terá sido o óbvio”. Morre algumas vezes, porém renasce “mais avexado”, com todos seus “Defeitos de fabricação” ee passa a cultuar nas vísceras do retro-pós-tropicalismo todos os traumas impostos pelas “verdades tropicaetanianas”, as imagens de um passado “que relampeja irreversivelmente no momento que é reconhecido”. “Ah, puta que pariu” esse complexo “bicho que imita a raça humana”.

Sobre a obra

Tom Zé é um capítulo especial quase extraído dos anais da música popular brasileira. Autor inventivo, afeito a experimentos sonoros, prolífico e extremamente irreverente, foi “enterrado vivo”, como ele mesmo diz, após a explosão do tropicalismo, na virada para os anos 70.
(...)

compartilhe



informações

Autoria
Helen Lopes
Ficha técnica
Diagramação, projeto gráfico: Isis Rost

comentários feed

+ comentar

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados