O Olho Elétrico do Lince Raimundo Rodriguez

foto: Sandra Moraes
Raimundo Rodriguez e Jorge Salomão na Caza Arte Contemporânea
1
luisa gomes cardoso · Rio de Janeiro, RJ
21/1/2012 · 9 · 0
 

'Quem vê só o visivel, vê pouco. Uma das qualidades mais impressionantes num artista é a capacidade de surpreender a qualquer um com sua linguagem. No caso de Raimundo Rodriguez é em alta voltagem a sua ligação com a invenção, a criação diária, o tempo todo. “Dentro da minha proposta de trabalho só me interessa aquilo que não interessa a mais ninguém. Não tem disputa, não gosto de disputas, então pego o que ninguém quer mais.”

Transformando os materiais (seja o que for), dando-lhes um conceito novo, um jeito artístico. Sua arte está no espirito maior onde as possibilidades ficam infinitas. Ou como conceitua Amélia Zaluar : “Um artista talentoso que se interessa pelo rejeito, pelo material desprezado, pelas sobras...”Raimundo Rodriguez passa isso na concepção e realização do seu trabalho e espalha uma capacidade incrivel do fazer, que é a essência da poesia, da arte em si. Seu jeito de movimentar, seu olhar transformador, seus passos de dançarino, onde o que era opaco vira luminoso. O construir, o exercitar, o nominar as coisas em si é tarefa embriônica da sua via como artista. Sua via de luz: saber que a arte existe é para fazer transformações na sensibilidade, no meio ambiente, no todo cultural. A curadora Renata Gesomino diz: “Esses objetos – todo tipo de material rejeitado, gasto, descartado etc. – ganha nova vida através da ressignificação – com uma técnica de abrir latas encontradas no entorno da Baixada fluminense, o artista cria painéis coloridos, onde as latas são pregadas umas as outras, e as cores são resultantes da fixação da tinta no interior das latas que foram abertas.”

Esse é o seu experimental: não deixar que o vácuo, o vazio nos tome por inteiro levando a vida por caminhos baixos. Não. Ele é um lutador, um guerreiro do conhecimento. O seu exercitar funciona como o felino que vê através das paredes. Que vê mais, que vê e faz a visão se abrir para outros, muitos. “Meu trabalho é criar um pouco de fantasia e levar poesia ao cotidiano, a vida das pessoas.”

Raimundo Rodriguez traz em si uma imaginação curtida de vivências pelo imaginário brasileiro: vindo de terras do interior do Brasil cheio de estórias fantásticas e malabarismos ricos de sobrevivência ele coloca na sua arte esse aprendizado aliado as novas experiências de cidades, locações, temperamentos. Ou como fala Renata Gesomino: “Existe um efeito onírico e transformador que emana da obra de Raimundo Rodriguez.”

O jato de luz que ele injeta na cena das artes plásticas brasileira contemporânea é paralelo aos grandes artistas que o Brasil tem e fomenta – são explosões, diamantes, flores enormes que nos coloca na vanguarda das maiores expressões planetárias atuais. Perguntado pelo seu trilhar, ele responde: “Luta, luta, luta, sem fim.” '


texto de JORGE SALOMÃO
poeta, escritor e compositor.
Acaba de lançar dois livros : A Estrada do Pensamento (ficção ) e Conversa de Mosquitos (poesia/filosofia)



**Exposição Raimundo Rodriguez - Obras Inéditas

até dia 03 de Março de 2012
de segunda a sexta, das 14 às 19 horas.

Caza Arte Contemporânea
Rua do Resende, 52
Lapa - Rio de Janeiro - RJ

cazaartecontemporanea.blogspot.com
facebook.com/cazartecontemporanea

compartilhe

comentários feed

+ comentar

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados