Cachecól

1
Alex èrza · São Paulo, SP
19/5/2010 · 0 · 0
 

O cachecol (ou manta) é uma peça de vestuário que consiste em uma faixa longa de tecido, muitas vezes tricotadas em lã. Utilizada em volta do pescoço quando faz frio, para aquecer. A palavra é de origem francesa: "cacher" com o significado de esconder ou ocultar; e "col" colo ou pescoço. O cachecol é o pai da gravata, e segundo a história surgiu em Roma. Nos dias mais quentes os soldados romanos, I a.C., com o intuito de se refrescar usavam um pano molhado chamado "focale", amarrado ao pescoço. Os franceses aderiram a moda e passaram a utilizar lenços no pescoço chamados de "cravate". A gravata moderna passou a ser utilizada pelos homens no século XIX. Fonte: Wikipédia

Vamos arejar xales, cachecóis, echarpes; deixar os armários abertos para curcular ar, então, abra janelas. Vamos usar nossos CACHECÓIS e XALES neste OUTONO INVERNO 2010

Segue umas dicas de como cuidar melhor das suas peças em todas estações.
Para facilitar sua vida quando inverno chegar, a cada 30 a 40 dias, no máximo, aproveite o frescor da manhã e renove o ar da casa, abra armários, guarda-roupa, cômodas. Úmidade e escuridão fazem as peças ficar com cheiro ruim.
Lavagem. Quando? Antes de acabar o verão, sempre que achar muito necessário ou quando primavera despontar... para depois guardá-las.
Lã só pode ser lavada com água, detergente neutro, próprio para roupa, senão a peça encolhe ou endurece. Nunca use sacos que vede ventilação, prefira os de TNT.
Cachecóis, xales, echarpes não devem ser lavados em máquinas para não ficarem deformados. Lave manualmente numa bacia. Com cuidado. Por exemplo, não tire a peça várias vezes, o tecido ficará muito úmido, pesado podendo estirar.
Na hora de secar, pegue uma toalha e enrole na peça para tirar o excesso de água. O de lã pode ser pendurado para secar, o de tricô não. Na verdade, tudo depende da composição de fibras que sua peça tenha.
Lãs acrilica e de políéster exije cuidados e conservação da seguinte maneira: lavagem à mão, não alvejar, não secar em tambor, não passar a ferro e vaporizar, prefira limpeza a seco, secagem na horizontal sobre toalha à sombra. Temperatura máxima de 30º C e não torcer. O sabão em pó está liberado, mas não se engane, mesmo assim a peça exije atenção. Elas estiram com mais facilidade do que a de origem animal, por isso não lave em máquinas, não pendure no varal para secar, depois de seca na horizontal, dobre ao invés de por em cabides.
Se o cachecól for de tecido, vale lavar dentro da máquina, com água, detergente liquido neutro. Ferro na temperatura de lã, liberado.


Cheiro de mofo e peças deformadas nnguém merece. Faça sua parte.

Sobre a obra

Como cuidar dos seus cachecóis

compartilhe



informações

Autoria
Alexandre Heberte
Ficha técnica
Fontes: Wikipédia, Dinah Bueno, Maria Rita Webster, Ricardo Monteiro
Downloads
249 downloads

comentários feed

+ comentar

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
pdf, 4 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados